Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde janeiro de 2010). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Marco Rodrigo
Nome completo Marco Rodrigo Aguiar da Silva
Nascimento 19 de novembro de 1971 (47 anos)
Rio de Janeiro,  Rio de Janeiro
 Brasil
Ocupação ator, diretor e músico

Marco Rodrigo Aguiar da Silva (Rio de Janeiro, 19 de novembro de 1971) é um ator, diretor e músico brasileiro.

Índice

BiografiaEditar

Filho de Mário Alberto e Maria da Conceição, Marco Rodrigo é o primeiro artista da família.

Foi o encanto adolescente pela música de João Gilberto e os shows de Ney Matogrosso, Cazuza, Rod Stewart e Freddie Mercury, no Rock in Rio de 1985, que despertaram nele o desejo de causar nas pessoas aquela mesma sensação que esses artistas causavam em si, fosse na na área da música ou da representação.

Aos 16 anos, já estudava teatro na escola, quando foi convidado para o grupo de teatro amador de seu professor, Almir Telles.

Aprendeu, inicialmente, a tocar violão com amigos. Mais tarde, estudou técnica musical, aprofundando, assim, seus conhecimentos.

Ainda muito jovem, sustentava seus estudos artísticos com um salário bolsa do Clube do Flamengo, onde era jogador de pólo aquático, e tocando violão, à noite, nos bares cariocas.

Já trabalhava como ator profissional, quando se formou pela CAL – Casa de Arte das Laranjeiras, em 1992, ano da estréia de seu primeiro trabalho de maior projeção, no musical “Ali Baba e os Quarenta Ladrões”. Estudou voz com Pedro Bloch, o mesmo professor de João Gilberto e fez também aulas de dança.

Sua carreira como diretor começou por acaso, substituindo, por um dia, a diretora de uma peça na marcação de cenas. Daí em diante, Marco Rodrigo não mais parou de dirigir, atividade que rapidamente estendeu para a telinha, onde já tinha experiência como ator. Novamente, o destino dava sua cartada: Marco estava estagiando nos bastidores do seriado “Mulher” (Rede Globo, 1998/99), quando o assistente de direção ficou doente e ele assumiu o cargo.

Paralelamente, nunca deixou de apresentar seus shows musicais, que ultrapassam, atualmente, a marca de 500.

Em 2010, Marco Rodrigo lança seu primeiro disco, intitulado “Rock’n Bossa”, que mistura a sua paixão pela bossa nova de João Gilberto e pelo rock dos anos 80.


Trabalhos na TV como diretorEditar

NOVELAS

SÉRIES

MINISSÉRIES

OUTROS PROGRAMAS

Trabalhos na TV como atorEditar

Trabalhos no Teatro como diretorEditar

  • Bailei na Curva
  • Somos Irmãs
  • Saltimbancos
  • Beijo no Asfalto, Nelson Rodrigues
  • Pinter in Pedaços
  • Sonho de Uma Noite de Verão, Shakespeare


Trabalhos no Teatro como atorEditar

  • Ali Baba e os Quarenta Ladrões
  • O Embarque de Noé – Prêmio de Melhor Ator
  • A Volta Chico Mau
  • Somos Irmãs
  • Família do Cão