Marcos Pezão

(Redirecionado de Marcos Lima (lutador))

Marcos Rogério Lima, mais conhecido como Marcos "Pezão" (Ribeirão Pires, 25 de junho de 1985), é um lutador brasileiro de MMA. Em 2014, disputou o reality show do UFC, o The Ultimate Fighter: Brasil 3. Oriundo do kickboxing, teve extensa carreira na modalidade, com cartel de 89 lutas (80 vitórias - 37 por KO - 8 derrotas e 1 empate).

Marcos Rogério Lima
Informações
Nascimento 25 de junho de 1985 (38 anos)
Brasil Ribeirão Pires, SP
Nacionalidade brasileira
Outros nomes Pezão
Altura 1,88 m
Peso 93 kg
Divisão Peso-meio-pesado
Envergadura 1,96 cm
Modalidade Kickboxing
Equipe Brasil 'American Top Team
Graduação Faixa Preta de Kickboxing (WAKO)

Faixa Preta de Jiu-jítsu (Cicero Costha)

Período em
atividade
2009 -presente
Cartel profissional no kickboxing
Total 89
Vitórias 80
Por nocaute 37
Derrotas 8
Empates 1
Cartel nas artes marciais mistas
Total 20
Vitórias 15
Por nocaute 11
Por finalização 3
Por decisão 1
Derrotas 4
Por nocaute 1
Por finalização 3
Por decisão 1
Empates 1
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog
editar
última atualização: 23 de abril de 2016

Principais títulos no kickboxing editar

  • Tetracampeão pan-americano de kickboxing WAKO
  • Tricampeão Sul-americano de kickboxing WAKO
  • Bicampeão mundial de kickboxing UIAMA
  • Hexacampeão brasileiro de kickboxing WAKO
  • Detentor do cinturão paulista, brasileiro, continental e intercontinental de kickboxing WAKO
  • Detentor do cinturão mundial UIAMA

Carreira no MMA editar

Início editar

Pezão iniciou sua carreira no MMA em 2009 disputando campeonatos profissionais ao redor do Brasil chegando a ficar invicto durante oito lutas profissionais, vencendo também Paulo Filho (ex-lutador do Pride e WEC).

Strikeforce editar

Pezão lutou somente uma vez no Strikeforce contra o estadunidense Mike Kyle. Pezão perdeu por decisão unânime, obtendo sua primeira derrota no MMA profissional.

The Ultimate Fighter: Brasil 3 editar

Pezão foi um dos 32 selecionados para fazer a luta preliminar que definiria os participantes do The Ultimate Fighter: Brasil 3.

Marcos venceu Thiago Santos por finalização (guilhotina) no primeiro round, conseguindo assim ingressar no reality show.

Pezão fez sua luta de estreia na casa contra Jollyson Francino. Pezão venceu por decisão (unânime) após dois rounds.[1]

Pezão enfrentou Antonio Cara de Sapato nas semi-finais do programa. Anteriormente ele declarou para Dana White que gostaria de enfrentá-lo pois não aprovava suas brincadeiras na casa. Marcos Pezão perdeu por finalização (mata-leão) no primeiro round.[2]

Ultimate Fighting Championship editar

Sua estréia no UFC foi na final do TUF Brasil 3, contra Richardson Moreira em 31 de Maio de 2014 no UFC Fight Night: Miocic vs. Maldonado. Ele venceu a luta por nocaute em apenas 20 segundos de luta.

Ele voltou aos Meio Pesados contra o veterano Igor Pokrajac em 20 de Dezembro de 2014 no UFC Fight Night: Machida vs. Dollaway e venceu a luta por nocaute técnico com menos de dois minutos.

Lima era esperado para enfrentar o ucraniano Nikita Krylov em 20 de Junho de 2015 no UFC Fight Night: Jędrzejczyk vs. Penne, em Berlim. No entanto, a organização moveu a luta para 27 de Junho de 2015 no The Ultimate Fighter Brasil 4 Finale: Machida vs. Romero. A luta foi cancelada após alguns lutadores do card sofrerem problemas com o visto.[3] A luta foi remarcada para 23 de Agosto de 2015 no UFC Fight Night: Holloway vs. Oliveira e Lima perdeu por finalização com um mata leão no primeiro round.

Marcos Lima lutou contra o Americano Clint Hester em 23 de abril de 2016 no UFC 197. Lima venceu a luta no primeiro round após encaixar um Katagatame.

Lutou com o Russo Gadzhimurad Antigulov em 19 de novembro de 2016 no UFC Fight Night: Bader vs. Nogueira 2, perdendo a luta por finalização no primeiro round.

Lutou com Jeremy Kimball no UFC on Fox: Shevchenko vs Peña, vencendo por nocaute técnico no primeiro round.

Enfrentou Ovince St. Preux no UFC Fight Night: Swanson vs Lobov, sendo derrotado por um estrangulamento Von Flue no segundo round

Lutou com o Polonês Adam Wieczorek no UFC 230: Cormier vs Lewis, vencendo por decisão unânime.

Enfrentou o holandês Stefan Struve no UFC Fight Night: Blachowicz vs Santos, quase nocauteando seu adversário no primeiro round, mas sendo finalizado por um katagatame no segundo. Após a luta, Struve se aposentou devido a problemas cardíacos.[4]

Cartel no MMA editar

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Vitória 19-7-1   Ben Rothwell Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: Holloway vs. Rodriguez 13/11/2021 1 0:32   Las Vegas, Nevada
Vitória 18-7-1   Maurice Greene Decisão (unânime) UFC on ESPN: Rodriguez vs. Waterson 08/05/2021 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Derrota 17-7-1   Alexander Romanov Finalização Técnica (pressão no pescoço) UFC Fight Night: Santos vs. Teixeira 07/11/2020 1 4:48   Las Vegas, Nevada
Vitória 17-6-1   Ben Sosoli Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: Felder vs. Hooker 22/02/2020 1 1:28   Auckland
Derrota 16-6-1   Stefan Struve Finalização (katagatame) UFC Fight Night: Blachowicz vs. Santos 23/02/2019 2 2:21   Praga
Vitória 16-5-1   Adam Wieczorek Decisão (unânime) UFC 230: Cormier vs. Lewis 03/11/2018 3 5:00   Nova Iorque, Nova Iorque Retorno aos pesados.
Derrota 15-5-1   Ovince St. Preux Finalização (estrangulamento von flue) UFC Fight Night: Swanson vs. Lobov 22/04/2017 2 2:11   Nashville, Tennessee
Vitória 15-4-1   Jeremy Kimball Nocaute Técnico (socos) UFC on Fox: Shevchenko vs. Peña 28/01/2017 1 2:27   Denver, Colorado
Derrota 14-4-1   Gadzhimurad Antigulov Finalização (guilhotina) UFC Fight Night: Nogueira vs. Bader II 19/11/2016 1 1:07   São Paulo
Vitória 14-3-1   Clint Hester Finalização (katagatame) UFC 197: Jones vs. St. Preux 23/04/2016 1 4:35   Las Vegas, Nevada
Derrota 13-3-1   Nikita Krylov Finalização (mata leão) UFC Fight Night: Holloway vs. Oliveira 23/08/2015 1 2:29   Saskatoon, Saskatchewan
Vitória 13-2-1   Igor Pokrajac Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: Machida vs. Dollaway 20/12/2014 1 1:59   Barueri
Vitória 12-2-1   Richardson Moreira Nocaute (socos) UFC Fight Night: Miocic vs. Maldonado 31/05/2014 1 0:20   São Paulo Estreia no UFC; Luta nos Pesados.
Empate 11-2-1   Ben Reiter Empate Inka FC 22 29/08/2013 3 5:00   Lima
Vitória 11-2   Antonio Sales Silva Jr. Nocaute Técnico (socos) Fair Fight - MMA Edition 16/12/2012 1 3:46   São Paulo
Vitória 10-2   Valter Luiz da Silva Nocaute Técnico (socos) Max Sport 3.1 10/11/2012 1 4:20   São Paulo
Vitória 9-2   Fabiano Adams Finalização (katagatame) Shooto Brazil 31 29/06/2012 1 3:33   Brasília
Derrota 8-2   Carlos Eduardo Nocaute (socos) Shooto Brazil 29 26/04/2012 2 0:17   Rio de Janeiro
Derrota 8-1   Mike Kyle Decisão (unânime) Strikeforce: Barnett vs. Kharitonov 10/09/2011 3 5:00   Cincinnati, Ohio
Vitória 8-0   Paulo Filho Decisão (unânime) First Class Fight 5 23/10/2010 3 5:00   São Paulo
Vitória 7-0   Daniel Villegas Nocaute Técnico (socos) MFC 4: Chile vs. The World 04/09/2010 N/A N/A   Santiago
Vitória 6-0   Leonardo Nascimento Nocaute Técnico (socos) First Class Fight 4 30/06/2010 2 N/A   São Paulo
Vitória 5-0   Nelson Martins Finalização (golpes) Nitrix Champion Fight 5 15/05/2010 2 0:48   Balneário Camboriú
Vitória 4-0   Rafael Navas Nocaute Técnico (socos) Full Fight 2 24/10/2009 1 3:49   São Paulo
Vitória 3-0   Silvério Bueno Nocaute (soco) Ares Chaos MMA 17/10/2009 1 0:39   São Paulo
Vitória 2-0   Antonio Conceição Nocaute (soco) Renegade Fight Championship 3 19/09/2009 1 1:55   Bebedouro
Vitória 1-0   Amauri Gumz Nocaute Técnico (socos) Renegade Fight Championship 1 14/03/2009 1 N/A   Bebedouro

Cartel no TUF Brasil 3 editar

Referências