Marcos Vinícius

Marcos Vinícius Borges Pancini, também conhecido como Marcos Vina ou somente Marcos Vinícius (São José dos Pinhais, 5 de dezembro de 1979) é um lutador brasileiro de MMA. Atualmente compete no peso pena. Vina foi participante do The Ultimate Fighter: Brasil

Marcos Vinícius
Informações
Nome de
nascimento
Marcos Vinícius Borges Pancini
Nascimento 5 de dezembro de 1979 (42 anos)
Brasil São José dos Pinhais, PR
Nacionalidade brasileira
Outros nomes Vina
Altura 1.73 m
Peso 61 kg
Divisão peso pena
Envergadura 178 cm
Luta por Bandeira do Paraná.svg Curitiba
Equipe Striker's House
Período em
atividade
2008-presente
Cartel nas artes marciais mistas
Total 33
Vitórias 23
Por nocaute 9
Por finalização 14
Derrotas 9
Por nocaute 6
Por decisão 3
Empates 1
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog
editar

Carreira no MMAEditar

The Ultimate FighterEditar

Em Março de 2012 foi anunciado que Vina disputaria uma vaga na casa. Ele venceu Pedro Nobre por TKO no primeiro round e garantiu a vaga na casa do TUF.

Vina foi a quinta escolha de Wanderlei Silva para o Time Wanderlei. Em sua primeira luta, Marcos lutou contra o membro do Time Vitor, Hugo Wolverine, Vina perdeu por Decisão Unânime após dois rounds.

Após o Time Vitor ganhar 7 das 8 lutas, Dana White ordenou que Vitor mandasse quatro lutadores classificados para o Time Wanderlei, e o Wanderlei mandou mais quatro, entre eles Vina.

Na semifinal, Godofredo Pepey era esperado para enfrentar Rodrigo Damm, porém Damm não pode lutar devido uma lesão, e para seu lugar foi colocado Vina. Vina perdeu no segundo round por Finalização.[1]

Ultimate Fighting ChampionshipEditar

Marcos Vinícius fez sua estréia no UFC 147 contra seu ex-companheiro de TUF, Wagner Galeto. Vina venceu por nocaute técnico no terceiro round e venceu o bônus de Nocaute da Noite.[2]

Vina lutou contra Johnny Bedford em 15 de dezembro de 2012 no The Ultimate Fighter 16 Finale,[3] porém Vina foi nocauteado por Bredford.

Era esperado pra enfrentar Iuri Alcântara em 18 de maio de 2013 no UFC on FX: Belfort vs. Rockhold, porém ele se machucou.[4]

Vina fez sua estréia no Peso Mosca contra o russo Ali Bagautinov em 4 de Setembro de 2013 no UFC Fight Night: Teixeira vs. Bader e perdeu por nocaute técnico. Após a derrota, Vina foi demitido do UFC.

Pós UFCEditar

Dias após ser demitido do UFC, assinou com o evento asiático Rebel FC e estreou contra o japonês Taiyo Nakahara em 21 de Dezembro de 2013, retornando a categoria dos Galos. Ele foi derrotado por nocaute no primeiro round.

Cartel no MMAEditar

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Derrota 23-9-1   Sidney Lessa Decisão (unânime) Frontline Fight Series 19/09/2015 3 5:00   São José dos Pinhais
Vitória 23-8-1   Eneas Gonçalves TKO (socos) Imortal FC 1 13/06/2015 1 0:51   São José dos Pinhais
Vitória 22-8-1   Luiz Antonio Finalização Curitiba Top Fight 9 01/03/2015 2 4:32   Curitiba
Vitória 21-8-1   Jorge Yahari TKO (socos) Striker's House Cup 42 27/09/2014 2 0:52   Cascavel, Paraná
Derrota 20-8-1   Jae Hoon Moon KO (chute no corpo) Road FC 18 30/08/2014 1 2:30   Seoul
Derrota 20-7-1   Anderson Berlingeri dos Santos KO (soco) Talent MMA Circuit 6: Curitiba 22/02/2014 1 3:43   Curitiba, Paraná
Derrota 20-6-1   Taiyo Nakahara KO (socos) Rebel FC 1: Into The Lion's Den 21/12/2013 1 3:21   Kallang
Derrota 20-5-1   Ali Bagautinov TKO (socos) UFC Fight Night: Teixeira vs. Bader 04/09/2013 3 3:28   Belo Horizonte, Minas Gerais Estréia nos Moscas.
Derrota 20–4–1   Johnny Bedford KO (Socos) The Ultimate Fighter 16 Finale 15/12/2012 2 1:00   Las Vegas, Nevada Estréia nos Galos.
Vitória 20–3–1   Wagner Campos TKO (joelhadas e socos) UFC 147 23/06/2012 3 1:04   Belo Horizonte Nocaute da Noite
Vitória 19–3–1   Francisco Cylderlan Lima da Silva TKO (socos) WFE 10 16/09/2011 2 2:04   Salvador, Bahia
Vitória 18–3–1   Rafael Mello TKO (socos) Brazilian Fight League 12 13/08/2011 3 0:58   Curitiba
Vitória 17–3–1   Jose Borrome Finalização (triângulo) Octagono Espartano 3 15/12/2010 2 2:55   Pampatar
Derrota 16–3–1   Fernando Duarte Guerra Decisão (unânime) Brave FC: Challenge 26/09/2010 3 5:00   Curitiba
Vitória 16–2–1   Diego Santos Finalização (mata leão) Power Fight Extreme 3 07/08/2010 1 2:12   Curitiba
Vitória 15–2–1   Rafael Fagundes Machado Finalização (mata leão) Samurai FC 3 25/04/2010 1 2:34   Curitiba
Vitória 14–2–1   Andre Luis TKO (socos) Samurai FC 3 25/04/2010 1 3:40   Curitiba
Vitória 13–2–1   Andre Luis Finalização (guilhotina) Power Fight Extreme 2 13/03/2010 1 2:23   Curitiba
Vitória 12–2–1   Rafael Fagundes Machado Finalização (chave de braço) Brazilian Fight League 5 19/12/2009 1 N/A   Curitiba
Vitória 11–2–1   Edmilson Souza Finalização (mata leão) Samurai FC 2 12/12/2009 1 1:26   Curitiba
Empate 10–2–1   Rogelson Henrique Silveira Empate Torneio Estimulo 20/11/2009 3 5:00   Curitiba
Derrota 10–2   Erick Carlos Silva Decisão (unânime) Brazilian Fight League 4 07/11/2009 3 5:00   Curitiba
Vitória 10–1   Diego Marlon Finalização (mata leão) Brazilian Fight League 3 26/09/2009 1 3:10   São José dos Pinhais
Vitória 9–1   Laerte Laio Finalização (chave de braço) Samurai FC 12/09/2009 1 1:44   Curitiba
Vitória 8–1   Diego Bataglia TKO (socos) Torneio Estimulo: First Round 07/06/2009 1 2:54   São Paulo
Vitória 7–1   Kamikase Kamikase TKO (interrupção do córner) Brazilian Fight League 1 17/05/2009 1 5:00   Curitiba
Derrota 6–1   Wagner Gavea KO (slam) Brave FC 1 06/12/2008 1 2:25   Curitiba
Vitória 6–0   Diego Mercurio Finalização (triângulo) Fight Planet 2 18/11/2008 1 1:48   São Mateus do Sul
Vitória 5–0   Jose Carlos Soares Finalização (chave de braço) Champions Fight Grand Prix 16/08/2008 1 N/A   Curitiba
Vitória 4–0   Marcos Oliveira Finalização Champions Fight Grand Prix 16/08/2008 2 N/A   Curitiba
Vitória 3–0   Alexandre Jacare Finalização (chave de braço) Champions Fight Grand Prix 16/08/2008 2 N/A   Curitiba
Vitória 2–0   Alexandre Jacare Finalização (rear naked choke) Curitiba Top Fight 6 19/07/2008 1 N/A   Curitiba
Vitória 1–0   Orestes Betran TKO (socos) Champions Fight 14/06/2008 1 N/A   Curitiba

Referências