Margarida de Anhalt-Köthen

Margarida de Anhalt-Köthen (em alemão: Margarete; Köthen, 12 de novembro de 1494 – Weimar, 7 de outubro de 1521) foi um membro da Casa de Ascania, uma princesa de Anhalt por nascimento e duquesa da Saxónia por casamento.

Margarida
Duquesa da Saxónia
Princesa de Anhalt-Köthen
Margarida em 1526 retratada por Lucas Cranach, o Velho.
Duquesa da Saxónia
Reinado 13 de novembro de 1513
a 7 de outubro de 1521
Antecessor(a) Sofia de Mecklemburgo (1481–1503)
Sucessor(a) Sibila de Cleves
 
Nascimento 12 de novembro de 1494
  Köthen, Principado de Anhalt-Köthen, Sacro Império Romano-Germânico
Morte 7 de outubro de 1521 (26 anos)
  Weimar, Eleitorado da Saxónia, Sacro Império Romano-Germânico
Marido João, Eleitor da Saxónia
Descendência Maria da Saxónia
Margarida da Saxónia
João da Saxónia
João Ernesto, Duque de Saxe-Cobrugo
Casa Wettin
Ascânia
Pai Valdemar VI, Príncipe de Anhalt-Köthen
Mãe Margarida de Schwarzburg-Blankenburg

VidaEditar

Margarida era filha do príncipe Valdemar VI e da sua esposa, a princesa Margarida de Schwarzburg-Blankenburg (1464–1539), filha do conde Günther XXXVI de Schwarzburg-Blankenburg.

A 13 de Novembro de 1513, Margarida casou-se em Torgau, com o futuro príncipe-eleitor John, o Firme da Saxónia (1468–1532). Foi a sua segunda esposa. O irmão dele, o príncipe-eleitor Frederico III não ficou satisfeito com este casamento do irmão, uma vez que Margarida vinha de uma família da baixa nobreza.[1] Foi por este motivo que Frederico insistiu em manter o governo conjunto do estado. O irmão de Margarida, Wolfgang, foi o segundo príncipe do Sacro Império Romano, depois de Frederico III, a converter-se ao Luteranismo. O poeta Philip Engelbrecht dedicou um epitalâmio a João e Margarida em 1514.[2] João era muito dedicado e apaixonado pela sua esposa.[3]

Margarida morreu em 1521 na sua residência em Weimar, quatro anos antes de o marido se tornar príncipe-eleitor da Saxónia. Foi enterrada na igreja de São Pedro e São Paulo em Weimar.[4]

DescendênciaEditar

Do seu casamento com João, Margarida teve os seguintes filhos:

  1. Maria da Saxónia (15 de Dezembro de 1515 – 7 de Janeiro de 1583), casada com Filipe I, Duque da Pomerânia; com descendência.
  2. Margarida da Saxónia (25 de Abril de 1518 – 10 de Março de 1545), casada com Hans Buser, Freiherr de Liestal.
  3. João da Saxónia (nascido e morto a 26 de Setembro de 1519)
  4. João Ernesto, Duque de Saxe-Coburgo (10 de Maio de 1521 – 8 de Fevereiro de 1553), nunca se casou nem deixou descendentes.

GenealogiaEditar

Os antepassados de Margarida de Anhalt-Köthen em três gerações
Margarida de Anhalt-Köthen Pai:
Valdemar VI, Príncipe de Anhalt-Köthen
Avô paterno:
Jorge I, Príncipe de Anhalt-Dessau
Bisavô paterno:
Segismundo I, Príncipe de Anhalt-Dessau
Bisavó paterna:
Judite de Querfurt
Avó paterna:
Sofia de Hohnstein
Bisavô paterno:
?
Bisavó paterna:
?
Mãe:
Margarida de Schwarzburg-Blankenburg
Avô materno:
Günther XXXVI, Conde de Schwarzburg-Blankenburg
Bisavô materno:
Henrique XXVI, Conde de Schwarzburg-Blankenburg
Bisavó materna:
Isabel de Cleves, Condessa de Schwarzburg-Blankenburg
Avó materna:
Catarina de Querfurt
Bisavô materno:
?
Bisavó materna:
?

NotasEditar

  1. Ingetraut Ludolphy: Friedrich der Weise: Kurfürst von Sachsen 1463–1525, Leipziger Universitätsverlag, Leipzig, 2007, p. 241.
  2. Hans Rupprich, Hedwig Heger: Die deutsche Literatur vom späten Mittelalter bis zum Barock vol. 4.
  3. Johann Jakob Herzog: Real-Encyklopädie für protestantische Theologie und Kirche: In Verbindung mit vielen protestantischen Theologen und Gelehrten, vol. 6, Besser, 1856, p. 775
  4. «Cópia arquivada». Consultado em 25 de maio de 2016. Arquivado do original em 2 de março de 2010