Maria (bolacha)

A bolacha Maria é um tipo muito popular de doce feito com farinha de trigo, açúcar, óleo e essência de baunilha.

Bolacha Maria.

O nome "Maria" (ou "Marie" em outras línguas) está gravado na superfície, com desenhos intrincados na orla. Enquanto o Rich Tea, um tipo de biscoito inglês, é o mais popular no Reino Unido, é a bolacha Maria em outros países, em particular, Portugal, México, Austrália, Brasil, Índia, África do Sul e Espanha.

Esta bolacha pode ser consumida como um sanduíche com manteiga ou leite condensado, ou cobri-las com mel, geleia ou marmelada. A bolacha Maria é muito popular entre as crianças, sendo especialmente dada a bebés, depois de desfeita em leite. É também um ingrediente utilizado na confecção de receitas de sobremesas.

HistóriaEditar

A bolacha Maria foi criada em 1874 por um padeiro inglês para comemorar o casamento da grã-duquesa Maria Alexandrovna da Rússia com o Duque de Edimburgo.[1]

Foi muito popular na Guerra Civil Espanhola, durante a qual foi considerada símbolo da prosperidade da economia ao ser produzida com os excedentes de trigo.[2]

Referências

  1. «Marie Biscuits - biscuit people». web.archive.org. 22 de março de 2016. Consultado em 16 de dezembro de 2020 
  2. La Tienda. «2-Pack Maria Cookies by Cuetera»  Parâmetro desconhecido |data de acesso= ignorado (ajuda)
  Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.