Maria Antonieta (1938)

Maria Antonieta
Marie Antoinette
Norma Shearer como Maria Antonieta, em cena do trailer do filme
 Estados Unidos
1938 •  pb •  149 min 
Direção W. S. Van Dyke
Produção Hunt Stromberg
Roteiro
Baseado em Marie Antoinette. Bildnis eines mittleren Charakters, de
Stefan Zweig
Elenco
  • Norma Shearer
  • Tyrone Power
  • John Barrymore
Gênero drama romântico-histórico-biográfico
Música Herbert Stothart
Direção de fotografia William H. Daniels
Direção de arte Cedric Gibbons
Efeitos especiais Slavko Vorkapich
Figurino Adrian
Gile Steele
Edição Robert Kerns
Companhia(s) produtora(s) MGM
Distribuição MGM
Idioma língua inglesa
Página no IMDb (em inglês)

Marie Antoinette (bra/prt: Maria Antonieta)[1][2] é um filme norte-americano de 1938, do gênero drama romântico-histórico-biográfico, dirigido por W. S. Van Dyke, com roteiro de Claudine West, Donald Ogden Stewart, Ernest Vajda e Samuel Hoffenstein baseado no livro Marie Antoinette. Bildnis eines mittleren Charakters, de Stefan Zweig.[1]

ProduçãoEditar

 
Norma Shearer em cena do trailer do filme

Maria Antonieta é o último projeto de Irving Thalberg a se tornar realidade. Agendado desde 1933 como veículo para sua esposa Norma Shearer,[3] a produção começou somente no final de 1937,[4] mais de um ano após sua morte, ocorrida em setembro de 1936.

Luxuoso, o filme utilizou mais de 400 m de cetim branco na confecção do vestido de noiva[3] do casamento com Luís 16. Elaborados figurinos vestiram 151 outros personagens e uma miríade de extras.[3] Lojas de antiguidades francesas forneceram objetos de cena para os enormes cenários projetados por Cedric Gibbons,[3] indicado ao Oscar de Melhor Direção de Arte.

A MGM buscou Tyrone Power na 20th Century Fox para fazer par com Norma, mas ele acabou ofuscado por Robert Morley,[3][4][5] ator do teatro inglês que interpreta o Rei Luís XVI. Thalberg pensara em Charles Laughton, mas ele pareceu velho demais para o papel.[3] Norma Shearer, afastada das telas desde o passamento do marido, recebeu sua sexta e última indicação ao Oscar, como a malfadada rainha que teria mandado o povo comer brioches, na falta de pão. John Barrymore, por sua vez, como o Rei Luís XV, disse adeus à MGM.

Sidney Franklin (creditado por "contribuições") foi substituído à última hora pelo diretor W. S. Van Dyke. Uma medida de economia tomada por Louis B. Mayer e pelo produtor Hunt Stromberg que causou consternação entre os puristas.[3]

 
Outra cena do trailer do filme, desta vez com Norma Shearer e Tyrone Power em momento romântico

Para o historiador Ken Wlaschin, Maria Antonieta é um dos dez melhores filmes de Norma Shearer.[6]

SinopseEditar

Ao casar-se com o delfim da França, Luís XVI, a arquiduquesa austríaca Maria Antonieta -- agora delfina -- acaba por envolver-se nas intrigas da corte, urdidas pelo Rei Luís XV e seu primo, o Duque de Orleans. Como o marido não a procura, ela passa o tempo entre festas e mesas de jogo. Nesse ambiente, Maria Antonieta conhece e tem um caso com o Conde sueco Axel de Fersen.

Com o falecimento do pai, Luís XVI torna-se rei e Maria Antonieta abandona a vida dissipada e procura ser digna de sua posição. Porém, o Duque de Orleans conspira contra a Coroa e financia os revolucionários que desejam tomar o poder. Rei e Rainha são presos e aguardam execução. Ao tomar conhecimento dos fatos, o Conde Axel de Fersen retorna à França, na tentativa de salvar Maria Antonieta.[4]

PremiaçõesEditar

Prêmio Categoria Recipiente Situação
Oscar 1939 Melhor atriz Norma Shearer Indicado[7]
Melhor ator coadjuvante Robert Morley Indicado[7]
Melhor direção de arte Cedric Gibbons Indicado[7]
Melhor trilha sonora Herbert Stothart Indicado[7]
Festival de Veneza[quando?] Melhor filme estrangeiro (Coppa Mussolini) Indicado[carece de fontes?]
Melhor Atriz (Copa Volpi) Norma Shearer Venceu[carece de fontes?]
Film Daily Dez melhores filmes de 1938 Escolhido[carece de fontes?]

ElencoEditar

Ator/Atriz Personagem
Norma Shearer Maria Antonieta
Tyrone Power conde Axel de Fersen
John Barrymore rei Luís 15
Robert Morley rei Luís 16
Anita Louise Princesa de Lamballe
Joseph Schildkraut Duque de Orleans
Gladys George Madame Du Barry
Henry Stephenson Conde de Mercey
Cora Witherspoon Condessa de Noailles
Barnett Parker Príncipe de Rohan
Reginald Gardiner Conde de Artois
Henry Daniell La Motte
Leonard Penn Toulan
Albert Dekker Conde de Provence
Alma Kruger Imperatriz Maria Theresa


Referências

  1. a b Maria Antonieta no CinePlayers (Brasil)
  2. Maria Antonieta (em português) no CineCartaz (Portugal)
  3. a b c d e f g EAMES, John Douglas, The MGM Story, Londres: Octopus Books, 1982 (em inglês)
  4. a b c BRENNER, Paul e WOLLSTEIN, Hans J. «Marie Antoinette». AllMovie. Consultado em 6 de agosto de 2014 
  5. MALTIN, Leonard, Classic Movie Guide, segunda edição, Nova Iorque: Plume, 2010 (em inglês)
  6. WLASCHIN, Ken, The World's Great Movie Stars and Their Films, Londres: Peerage Books, 1985 (em inglês)
  7. a b c d «11.º Oscar - 1939». CinePlayers. Consultado em 3 de março de 2020 
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.