Abrir menu principal
Maria Aparecida Baxter
Nome completo Maria Aparecida de Oliveira Baxter
Outros nomes Aparecida Báxter ;

Aparecida de Oliveira Báxter

Nascimento 3 de dezembro de 1918
Carmo de Paranaíba, MG
Morte 12 de setembro de 1999 (80 anos)
São Paulo, SP
Ocupação atriz
Cônjuge Jarbas Savala Baxter (1918-2018)

Maria Aparecida de Oliveira Baxter (Carmo de Paranaíba, 3 de dezembro de 1918São Paulo, 12 de setembro de 1999) foi uma atriz brasileira de teatro, televisão, circo e cinema.

HistóriaEditar

Lembrada por sua personagem a fofoqueira dona Marocas da novela Redenção , a mais longa novela da televisão brasileira.

A atriz era de família circense, sua mãe Floripes era a rainha do copofone aparelho montado com diversos copos de cristal com água de onde se tiravam notas musicas ; chegou a trabalhar em circo e já adolescente foi interna do Colégio de Santa Inês. Começou a carreira na televisão pela TV Paulista , onde se apresentou e foi aprovada como extra , e começou a apresentar o programa " Quando a Vovó Tinha 20 anos ", transferindo se para a Rede Record foi garota propaganda da Companhia União de Refinadores, do açúcar união. Passou pela TV Cultura , canal 2 aonde apresentou o Programa " Você é o Campeão ", e pela TV Excelsior aonde esteve em várias novelas até a falência e onde novamente teve um programa seu " Quem quiser que conte outra " e " Titia Recebe " que era patrocinado pelo Doce bela Vista. Ficou também conhecida como a enfermeira que pedia silêncio nos cartazes colados nas paredes dos hospitais.

Também atuou em peças de teatro no famoso Teatro Brasileiro de Comédia e na TV Excelsior, Tupi , SBT e Band [1] . Nos últimos anos dedicou-se a presidência de uma associação de um bairro da cidade de São Paulo , Cidade Domitila (Associação da Comunidade Domitila) , aonde foi presidente por 10 anos ; e conseguiu trazer para o bairro vários projetos como escolas, luz , asfalto e organizou anualmente desfiles cívicos para a comunidade.

Maria Aparecida Báxter faleceu em 1999 , com 80 anos de idade.

TelevisãoEditar

Ano Título Papel
1994 Éramos Seis Madre Superiora
1991 Grande Pai Teresa
1983 Sombras do Passado Dona Joana
1982 A Leoa Tereza
1981 O Resto É Silêncio
Os Imigrantes Giselda
1979 O Todo Poderoso Aparecida
1978 Solar Paraíso Eufrasina
1975 Um dia, o Amor Mariana
1973 As Divinas... e Maravilhosas Honorina
1972 Na Idade do Lobo Wilma
Dom Camilo e os Cabeludos
1971 Hospital Altamira
1970 Mais Forte que o Ódio Magnólia
1969 A Menina do Veleiro Azul Irmã Clotilde
1968 Legião dos Esquecidos
1966 Redenção Dona Marocas
1965 O Caminho das Estrelas
Ontem, Hoje e Sempre Marta
A Indomável Violeta
1964 A Moça Que Veio de Longe
Mãe
Eu e Você
1963 2-5499 Ocupado Carcereira
1962 A Fugitiva
1958 Anos de Ternura
Aqueles Olhos
Éramos Seis Olga
1957 A Mansão dos Daltons

CinemaEditar

Ano Título Papel
1979 A Banda das Velhas Virgens Mulher de Gerôncio
1976 Traídas pelo Desejo [2]
1975 O Poema do Amor Maior
1971 Enquanto Houver Esperança
1967 A Vida Quis Assim Mãe de Carlos
1957 Cara de Fogo
Rebelião em Vila Rica
1955 Carnaval em Lá Maior Aparecida
1954 Mulher de Verdade

Referências

  1. «MARIA APARECIDA BAXTER - PRÓ-TV». www.museudatv.com.br. Consultado em 7 de fevereiro de 2018 
  2. «Traídas pelo Desejo». Cinemateca Brasileira. Consultado em 16 de março de 2017 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.