Abrir menu principal
Maria Carolina Ribeiro
Nome completo Maria Carolina de Araújo Ribeiro Alvares[1]
Nascimento 21 de maio de 1978 (41 anos)
Porto Alegre, RS
Ocupação Atriz
Atividade 2000–presente

Maria Carolina Ribeiro (Porto Alegre, 21 de maio de 1978) é uma atriz e cantora brasileira.[1]

Índice

BiografiaEditar

Maria Carolina começou sua carreira como atriz infantil, aos nove anos de idade, no musical A Noviça Rebelde, que percorreu o Rio Grande do Sul em 1987. Interrompeu sua carreira por dez anos para terminar os estudos regulares, mas não deixou de fazer cursos de teatro durante a adolescência. Prestou vestibular para Medicina mas, aos vinte anos, entrou no Departamento de Arte Drámatica da UFRGS e passou a se dedicar exclusivamente à carreira de atriz. Em 1999 foi para Londres, onde matriculou-se na Theatre School de Philippe Gaulier, que cursou enquanto estudava inglês e trabalhava para se manter.

Voltou ao Brasil em 2000 e começou carreira na tevê, fazendo séries regionais na RBS TV, afiliada da Globo no Rio Grande do Sul e Santa Catarina.[1] Fez especiais para a RBS TV de Porto Alegre, destacando-se a série Contos de Inverno nos episódios "Jogos do Amor e do Acaso", onde contracenou com Werner Schünemann[2] e protagonizando "Faustina"[3], além de participações no teatro e em curtas-metragens como João, Mãe Coragem e Lótus.[4] em 2002, estabelecendo-se no Rio de Janeiro, onde em seguida fez um teste e foi aprovada para o musical Ópera do Malandro, de Chico Buarque, fazendo o papel de Catarina Blue.[1]

Em 2005 foi chamada para a versão brasileira da telenovela Floribella[5] , da Rede Bandeirantes, na qual, além de fazer o papel da vilã Delfina Torres Bettencourt, também participou como cantora, gravando uma faixa do CD da trilha sonora.[6] Por este trabalho, Maria Carolina foi eleita atriz revelação do ano de 2005 pelos leitores do UOL Televisão. Na segunda temporada de Floribella, que foi ao ar em 2006, Maria Carolina voltou a interpretar Delfina, e gravou duas faixas no CD da trilha sonora: Meu e Caprichos.[1] No final de 2006, começou a gravar a telenovela Paixões Proibidas, interpretando Eugênia Valente. Em 2008 foi contratada pela RecordTV, participou de Caminhos do Coração e logo em seguida foi escalada para o elenco de Poder Paralelo, onde interpretou Neide, uma das assassinas ocultas principais da trama.[7] Em 2018, rodou o filme Mudança de Fabiano de Souza.[8]

FilmografiaEditar

TelevisãoEditar

Ano Título Papel Notas
2001 Histórias Curtas Empregada 1 Episódio: "Pois é, Vizinha"
2001
2002
Contos de Inverno Alícia
Faustina
Episódio: "Jogos do Amor e do Acaso"
Episódio: "Faustina"
2005 Floribella Delfina Torres Bittencourt
2006 Floribella 2 Delfina Torres Bittencourt
2007 Paixões Proibidas Eugênia Valente
2008 Faça Sua História Episódio: "Sob as Ordens de Mamãe"
2008 Caminhos do Coração Silvana Madiano Episódios: "14 de fev. 11 de abril"
2009 Poder Paralelo Neide Queiroz (Guri nº2)
2011 Insensato Coração Vivian Episódios: "15–23 de março de 2011"
2013 Para que Servem os Homens Paula[9]
2014 Oxigênio Helena[10]
2015 Notas de Amor Cláudia da Costa

CinemaEditar

Ano Título Papel Nota
2001 Veneno da Lata Curta-metragem
2002 A Paixão de Jacobina Carolina[11]
2003 João Curta-metragem
2003 Mãe Coruja Curta-metragem
2006 Lótus Curta-metragem
2015 #garotas: O Filme Cassandra[12]
2015 Real Beleza Mulher
2019 Mudança

TeatroEditar

Ano Título Personagem
1987 A Noviça Rebelde
2003 Ópera do Malandro Catarina Blue
2006 Floribella: O Musical Delfina Torres Bittencourt

DiscografiaEditar

SinglesEditar

Ano Canção Disco Videoclipe
2005 "Você Vai me Querer" Floribella
2006 "Caprichos" Floribella 2: É pra Você Meu Coração
2006 "Meu" Floribella: O Musical
2006 "Pobre dos Pobres"

Prêmios e indicaçõesEditar

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado Ref
2005 Melhores do Ano Uol PopTevê Melhor Atriz Revelação Floribella Venceu [13]
2006 Prêmio Contigo! de TV Melhor Atriz Revelação Indicado [14]
Troféu Leão Lobo Melhor Atriz Revelação Venceu [15]

Referências

  1. a b c d e «Maria Carolina Ribeiro aprova ser vilã em "Floribella"». Terra. Consultado em 20 de julho de 2018 
  2. «Jogos do amor e do acaso». Casa de Cinema de Porto Alegre. Consultado em 20 de julho de 2018 
  3. «Faustina». Casa de Cinema de Porto Alegre. Consultado em 20 de julho de 2018 
  4. «Curtas com Maria Carolina Ribeiro». Porta Curta 
  5. «Maria Carolina Ribeiro destaca papel em Floribella». Ofuxico. 31 de dezembro de 2005. Consultado em 8 de dezembro de 2013 
  6. André Bernardo (31 de julho de 2005). «"Floribella é uma terapia", diz Maria Carolina». Terra (em português). Gente & TV. 1 páginas. Consultado em 11 de setembro de 2011. Arquivado do original em 16 de fevereiro de 2007 
  7. «Elenco de "Poder Paralelo", da Record, migra para a Globo». Folha Uol 
  8. «Diretor gaúcho filma longa com redemocratização dos anos 1980 como pano de fundo». GauchaZH. Consultado em 20 de julho de 2018 
  9. «Para que Servem os Homens foi ao ar na RBS TV». Globo. 2014 
  10. «Oxigênio: a luta entre o bem e o mal está apenas no começo». Globo. 2014 
  11. Cinemateca Brasileira A Paixão de Jacobina [em linha]
  12. «Garotas: O Filme». CinePlayer 
  13. «Christine Fernandes, da Record, é eleita a melhor do ano; veja os vencedores». Uol. 26 de dezembro de 2005. Consultado em 21 de agosto de 2018 
  14. «Floribella concorre em 10 categorias do Prêmio Contigo». Ofuxico. 6 de março de 2006. Consultado em 21 de agosto de 2018 
  15. «Prêmio de Leão Lobo conta com participação de dubladores». Uol. 25 de abril de 2006. Consultado em 21 de agosto de 2018 

Ligações externasEditar