Maria Helena Spínola

Maria Helena Martin Monteiro de Barros Spínola ComB (Anjos, Lisboa, 14 de Janeiro de 1913 - Ajuda, Lisboa, 23 de Maio de 2002) foi a esposa do general e Presidente da República Portuguesa António de Spínola, e por inerência Primeira-dama de Portugal.

Maria Helena Martin
Monteiro de Barros Spínola
D. Maria Helena Spínola no Palácio da Ajuda em 9 de Maio de 1985.
Portugal Primeira-Dama de Portugal
Período de 15 de maio de 1974 a 30 de setembro de 1974
Antecessor(a) Gertrudes Rodrigues
Sucessor(a) Estela Costa Gomes
Dados pessoais
Nome completo Maria Helena Martin Monteiro de Barros Spínola
Nascimento 14 de janeiro de 1913
Anjos, Lisboa, Portugal
Morte 23 de maio de 2002 (89 anos)
Ajuda, Lisboa, Portugal
Progenitores Mãe: Gertrud Elisabeth Martin Moerder
Pai: João de Azevedo Monteiro de Barros
Marido António de Spínola

BiografiaEditar

Filha do brigadeiro João de Azevedo Monteiro de Barros e da alemã Gertrud Elisabeth Martin Moerder Monteiro de Barros, e irmã de José Monteiro de Barros, antigo colega de Spínola no Colégio Militar.

Casou-se aos 19 anos António de Spínola. O casamento com ela acabaria por se traduzir numa ainda maior aproximação de Spínola aos meios militares e a Oliveira Salazar.

Helena acompanhou sempre o seu marido quando ele esteve colocado em várias das colónias portuguesas existentes naquela época. A 5 de Julho de 1968 foi feita Comendadora da Ordem de Benemerência.[1]

Referências

  1. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Maria Helena Monteiro de Barros de Spínola". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 22 de fevereiro de 2015 



Ver tambémEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.