Maria das Mercedes de Bourbon-Duas Sicílias

Maria das Mercês
Princesa das Duas Sicílias
Infanta de Espanha
Condessa de Barcelona
Cônjuge João de Bourbon, Conde de Barcelona
Descendência Pilar
João Carlos
Margarida
Afonso, Infante de Espanha
Casa Bourbon-Duas Sicílias (por nascimento)
Bourbon (por casamento)
Nome completo em português: Maria das Mercês Cristina Genera Isabel Luísa Carolina Vitória de Bourbon-Duas Sicílias e Orleães
em castelhano: María de las Mercedes Cristina Genara Isabel Luisa Carolina Victoria de Todos los Santos
Nascimento 23 de dezembro de 1910
  Madrid, Espanha
Morte 2 de janeiro de 2000 (89 anos)
  Lanzarote, Espanha
Enterro Mosteiro e Sítio do Escorial, Madrid, Espanha
Pai Carlos de Bourbon-Duas Sicílias
Mãe Luísa de Orléans
Religião Catolicismo
Assinatura Assinatura de Maria das Mercês

Maria das Mercês de Bourbon-Duas Sicílias e Orléans (Madrid, 23 de dezembro de 1910Lanzarote, 2 de janeiro de 2000), foi considerada a rainha-mãe de Espanha de 1975 até sua morte em 2000. Ela é mãe de Juan Carlos da Espanha, e avó de Filipe VI da Espanha, atual rei de Espanha.

BiografiaEditar

Maria nasceu em Madrid, filha de Carlos de Bourbon-Duas Sicílias, Infante da Espanha, e neto de Fernando II das Duas Sicílias, e sua segunda esposa, Luísa de Orléans, filha de Luís Filipe, Conde de Paris, um pretendente ao trono francês. Ela recebeu no nascimento, a patente e o título de Infanta da Espanha, embora não seja o uso real do título, sendo ela própria Princesa de Borbón-Duas Sicílias. Sua família se mudou para Sevilha, quando seu pai se tornou Capitão Geral daquela província. Quando se promulgou a Segunda República Espanhola foram forçados a irem para o exílio, eles viveram em Cannes e depois em Paris, onde ela estudou arte no Museu do Louvre.

Em 14 de janeiro de 1935, ela compareceu ao casamento, em Roma, de Beatriz de Espanha, filha de Afonso XIII de Espanha. Lá conheceu o irmão da noiva, seu primo segundo e futuro marido, João, Conde de Barcelona, quarto filho e herdeiro designado de Afonso XIII de Espanha.

CasamentoEditar

Em 1935, a princesa Maria casou-se com seu primo o infante João de Bourbon, Conde de Barcelona, herdeiro do trono de Espanha, filho de Vitória Eugénia de Battenberg e de Afonso XIII de Espanha, durante a Segunda República Espanhola. A esse casamento compareceram os pais da noiva e do noivo, os irmãos dos noivos e a avó materna de Juan, a princesa Beatriz do Reino Unido.[1]

DescendênciaEditar

Vida posteriorEditar

Após o casamento viveram em Cannes e Roma, e, com o início da Segunda Guerra Mundial, eles mudaram-se para Lausana para morar com Vitória Eugénia de Battenberg, a mãe do Infante Juan. Depois, eles residiram em Estoril, na Riviera Portuguesa.

Em 1953, a Condessa representou a Família real espanhola na coroação de Isabel II do Reino Unido.[2]

Em 1976, um ano depois da monarquia ser restaurada na Espanha, na pessoa de seu filho, Juan Carlos da Espanha, eles retornaram para a Espanha. Ela era a mediadora entre o filho e seu marido, desde o conflito quando Juan Carlos foi designado herdeiro de Francisco Franco. Em 1977, Juan renunciou seus direitos em favor de seu filho, que oficialmente lhe permitiu usar o título de Conde de Barcelona.

Ela quebrou seu quadril em 1982 e o fêmur esquerdo em 1985, o que a forçou a usar uma cadeira de rodas pelo resto de sua vida. Tornou-se viúva em 1993.

Ela era uma fã fervorosa de touros e da cultura andaluza. Em 1995, sua neta Elena, Duquesa de Lugo casou-se em Sevilha devido ao amor da Condessa pela cidade.

Ela foi a 1.171ª Dama da Ordem Real da Rainha Maria Luísa.

Ela morreu de ataque cardíaco na Residência Real de La Mareta, em Lanzarote, onde a família real se reuniu para celebrar o Ano Novo. Ela foi enterrada com honras de uma rainha na Cripta Real no monastério de São Lorenzo de El Escorial, perto de Madrid.[3]

AscendênciaEditar

Títulos, estilos e armasEditar

Títulos e estilosEditar

  • 23 de outubro de 1910 - 11 de outubro 1935: Sua Alteza Real princesa Maria das Mercês de Bourbon-Duas Sicílias.
  • 12 de outubro 1935 - 7 de março de 1941: Sua Alteza Real infanta Maria das Mercês de Espanha
  • 8 de março de 1941 - 30 de março 1993: Sua Alteza Real a Condessa de Barcelona
  • 1 de abril de 1993 - 2 de janeiro de 2000: Sua Alteza Real a Condessa Viúva de Barcelona

Desde o seu casamento até a morte de seu marido, o seu tratamento completo foi: Sua Alteza Real a princesa Maria das Mercês das Duas Sicílias, Infanta de Espanha, Condessa de Barcelona. Depois da morte de seu marido o seu tratamento real ficou: Sua Alteza Real a Princesa Maria das Mercês das Duas Sicílias, Condessa-viúva de Barcelona

Brasões de armasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Maria das Mercedes de Bourbon-Duas Sicílias
  1. ENACHE, Nicolas (1996). La Descendance de Marie-Therese de Habsburg. Paris: [s.n.] pp. 458, 532 
  2. «The Royal Order of Sartorial Splendor: Flashback Friday: Coronation Guests and Their Jewels». The Royal Order of Sartorial Splendor. 2 de março de 2012. Consultado em 5 de dezembro de 2019 
  3. Press, The Associated (3 de janeiro de 2000). «Maria de Borbon, 89, Mother of Spain's King». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  4. «Margaret II, Queen of Denmark > Ancestors». RoyaList. Consultado em 15 de novembro de 2014