Mariana de la noche (2003)

(Redirecionado de Mariana de la noche)
Disambig grey.svg Nota: "Mariana de la noche" redireciona para este artigo. Para versão original, veja Mariana de la noche (1976).
Mariana de la noche
Mariana da Noite (BR)
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 45 minutos
País de origem México
Idioma original espanhol
Produção
Diretor(es) Miguel Córcega
Produtor(es) Salvador Mejía Alejandre
Elenco Alejandra Barros
Jorge Salinas
Angélica Rivera
César Évora
Alma Muriel
Patricia Navidad
René Strickler
Adriana Fonseca
María Rojo
Patricia Reyes Spíndola
Sérgio Acosta
José Carlos Ruiz
Roberto Blandón
Valentino Lanus
Marjorie de Sousa
ver mais
Tema de abertura Yo Te Recuerdo por Juan Gabriel
Empresa(s) produtora(s) Televisa
Exibição
Emissora original Canal de las Estrellas
Transmissão original 20 de outubro de 2003 – 23 de abril de 2004
Episódios 135
Cronologia
Programas relacionados Mariana de la noche (1976)
Selva María

Mariana de la noche (no Brasil, Mariana da Noite) é um telenovela mexicana produzida por Salvador Mejía Alejandre para a Televisa e exibida pelo El Canal de las Estrellas entre 20 de outubro de 2003 a 23 de abril de 2004, substituindo Amor real e sendo substituída por Mujer de madera, em 135 capítulos. Escrita por Delia Fiallo, é um remake das telenovelas venezuelanas Mariana de la noche e Selva María, produzidas respectivamente em 1976 e 1987.

A trama foi protagonizada por Alejandra Barros e Jorge Salinas, com atuações estelares das primeiras atrizes Alma Muriel e Patrícia Reyes Spíndola e antagonizada por César Évora e Angélica Rivera, com Patricia Navidad, René Strickler e Adriana Fonseca nos demais papeis principais.

AntecedentesEditar

 Ver artigo principal: Telenovelas da Televisa

EnredoEditar

Mariana vive com seu pai, Atílio (César Évora), e é órfã de mãe. Ele é um homem muito poderoso, e guarda consigo um grande segredo: Mariana não é sua filha biológica.

Atílio tem duas irmãs: Isabel (Alma Muriel), a mais velha, uma mulher boa e carinhosa, que criou Mariana e a ama como se fosse sua própria filha; Márcia (Angélica Rivera), a mais nova, arrogante e muito vaidosa, possui um coração frio, nunca se apaixonou por ninguém e sempre maltratou Mariana, até que chega na cidade um rapaz chamado Inácio Lugo Navarro (Jorge Salinas), muito atraente, que usa um nome falso e está em busca de suas raízes.

Quando conhece Mariana, Inácio sabe que nunca poderá amar outra mulher. Márcia, no entanto, também se apaixona por Inácio; o ciúme por Inácio e a inveja por Mariana a consome, quando descobre que ele e Mariana se casaram em segredo, já que ninguém da família de Mariana queria que ela se casasse tão cedo. Márcia fica furiosa, e vai correndo contar ao irmão que Mariana está casada.

Atílio, por sua vez, decide mandar matar Inácio, sem saber que está sentenciando à morte seu próprio filho, que nasceu de um romance que teve com Lucrécia, mãe de Inácio. Mariana acaba descobrindo que Atílio não é seu pai biológico e fica horrorizada, ao saber que ele está loucamente apaixonado por ela e que a criou com intenções maldosas. Desesperada, acreditando que na realidade ela é amaldiçoada, por ter despertado a paixão doentia do homem que a criou como filha, foge da cidade, levando em seu ventre um filho de Inácio - que a procura, mais nunca mais a acha e se enche de culpa, achando que a culpa foi dele por ela ter fugido. Mariana tinha medo de fazê-lo infeliz, por isso também foi embora. Márcia aproveita a situação para casar-se com um homem que não ama, por dinheiro e para ter um filho, pois sente inveja de Mariana estar grávida de Inacio.

ElencoEditar

Ator Personagem
Alejandra Barros Mariana Montenegro Madrigal
Elisa Madrigal de Montenegro
Jorge Salinas Inácio Lugo-Navarro Vargas / Falcão Luna
Angélica Rivera Márcia Montenegro / Márcia Montenegro de Lugo-Navarro
César Évora Atílio Montenegro
Alma Muriel Isabel Montenegro
René Strickler Dr. Camilo Guerreiro
Patricia Navidad Jandira de Guerreiro
Adriana Fonseca Tatiana Montenegro "Tati"
María Rojo Lucrécia Vargas
Sérgio Acosta Cupincha
Patricia Reyes Spíndola Maria Dolores "Maria Lola"
José Carlos Ruiz Isidro Valtierra
Raúl Ramírez Padre Pedro
Rafael Rojas Eng. Geraldo Montiel
Roberto Blandón Iván Lugo-Navarro
Aurora Clavel Lupe
Ignacio Guadalupe Meiomundo Páramo
Verónika con K Ruth Samanéz
Patricia Romero Dóris
Jaime Lozano Eládio Gonzales
Esther Barroso Cândida Chaves
Valentino Lanus Xavier Mendieta
Arturo Muñoz Max Moraje
Esperanza Rendón Vilma Oliveira
Aleida Nuñez Miguelina de Páramo
Daniel Continente João Paulo Guerreiro
Benjamín Islas Libório Hernández
Gabriel Roustand Zamora
Manuel Raviela Benito
Agustín Arana Oropo

Participações especiaisEditar

Ator Personagem
Marcelo Buquet Eng. José Ramón Martínez #1
Miguel de León Eng. José Ramón Martínez #2
Marjorie de Sousa Carol
Salvador Garcini Lauro
Liza Willert Joaninha Lopes e Fuster
Socorro Bonilla Nelly
Carlos de la Mota Damião
Eduardo Noriega Sr. Noriega
Alexandra Graña Jimena
Diana Molinari Alma Madrigal
Carlos Amador Sergio Lopes
Sandra Montoya Itzel
Roberto Ruy Miztli
José Luis Aveldaño Francisco
Joustein Roustand Gonçalinho Gonzales
Xorge Noble Comandante Aragão
Ricardo Vera Comandante Romo
Ileana Montserrat Teresinha
Roberto Vander Ángel
Sergio Jurado Jorge Souto Moreno
Antonio Salaberry Manuel Rivero
Gerardo Klein Médico
Jorge Pascual Rubio Advogado

TransmisãoEditar

MéxicoEditar

Em 20 de outubro de 2003, segunda-feira, o Canal de las Estrellas começou a transmitir Mariana de la noche em seu horário nobre, das 21 às 22 horas, substituindo Amor real. Seu último capítulo foi exibido em 23 de abril de 2004, sexta-feira, tendo Mujer de madera como substituta no horário.

Foi reprisada pelo seu canal original entre 4 de janeiro e 30 de abril de 2010.[1]

BrasilEditar

Foi exibida pelo SBT entre 16 de janeiro a 2 de junho de 2006, em 100 capítulos, substituindo Os Ricos também Choram e sendo substituída por Cristal.[2] No Brasil, a trama sofreu com cortes devido à baixa audiência da trama.

Será exibida pela terceira vez no canal TLN Network a partir de 17 de agosto de 2020, substituindo A Força do Destino.[3]A novela já foi exibida pelo canal em duas ocasiões em 2011 e 2014.

AudiênciaEditar

No MéxicoEditar

Em sua exibição original, obteve média de 25.9 pontos, índice considerado mediano visto que sua antecessora, Amor real, alcançou 29 pontos de média, um grande sucesso. [4]

No BrasilEditar

No Brasil, a trama teve média de 4 pontos, e foi considerada um grande fracasso. [5]

Exibição InternacionalEditar

Prêmios e IndicaçõesEditar

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado
2004 Prêmio TVyNovelas Melhor Telenovela Indicado
Melor Ator Protagônico Jorge Salinas Indicado
Melhor Vilã Angélica Rivera Venceu
Melor Vilão César Évora Venceu
Melhor Primeira Atriz Patricia Reyes Spíndola Indicada
Melhor Primeiro Ator José Carlos Ruiz Indicado
Melhor Atriz Coadjuvante Adriana Fonseca Indicada
2004 Prêmios Bravo[6] Melhor Atriz Patricia Reyes Spíndola Venceu
2004 Prêmio Las Palmas de Oro[7][8] Melhor Telenovela Venceu
Melhor Atriz Alejandra Barros Venceu
Melhor Ator Jorge Salinas Venceu
Melhor Atriz Antagônica Angélica Rivera Venceu
Melhor Ator Antagônico César Évora Venceu
Melhor Atriz Coadjuvante Patricia Navidad Indicada
Adriana Fonseca Venceu
Melhor Primeira Atriz Patricia Reyes Spíndola[6] Venceu
2005 Prêmios ACE de Nova York[9] Rosto Feminino do Ano Angélica Rivera Indicada
Melhor Co-Atuação Masculina César Évora Indicado

Referências

Ligações externasEditar