Marie Louise Lachapelle

Marie-Louise Lachapelle (Paris, 1 de janeiro de 1769 — Paris, 4 de outubro de 1821) foi a parteira chefe do serviço de obstetrícia do Hotel-Dieu, o mais antigo hospital de Paris. Defendia a não utilização de fórceps nos partos e escreveu, em colaboração com o seu sobrinho Antoine Louis Dugès, um tratado de obstetrícia[1] que durante muito tempo foi o manual padrão para a condução do trabalho de parto. É considerada a fundadora da moderna obstetrícia.

Marie Louise Lachapelle
Nascimento 1 de janeiro de 1769
Paris
Morte 4 de outubro de 1821 (52 anos)
Sepultamento cemitério do Père-Lachaise
Cidadania França
Ocupação obstetriz
Causa da morte cancro do estômago

BiografiaEditar

Marie-Louise Lachapelle nasceu em Paris, filha de Louis Dugès, oficial de saúde na administração municipal. A sua mãe, conhecida por Madame Dugès, era parteira no bairro de Châtelet, em Paris, exercendo a partir de 1775 as funções de parteira-chefe no hospital de Hôtel-Dieu.

Notas

  1. Pratique des accouchemens ou Mémoires et observations choisies, sur les points les plus importants de l'art. Paris: J.B. Baillière. 1821  : vol. 1 ; vol. 2 ; vol. 3

Ligações externasEditar