Mario Frick

futebolista listenstainiano

Mario Frick (Chur, 7 de setembro de 1974) é um ex-futebolista e treinador de futebol liechtensteinense nascido na Suíça. É considerado o melhor jogador da história do principado.

Mario Frick
Mario Frick
Informações pessoais
Nome completo Mario Frick
Data de nasc. 7 de setembro de 1974 (46 anos)
Local de nasc. Chur, Suíça
Nacionalidade listenstainiano / suíço
Altura 1,82 m
79 kg
Apelido Super-Mario
Informações profissionais
Período em atividade 1990–2016
Equipa atual Liechtenstein Vaduz
Posição Treinador (Ex-atacante/zagueiro)
Clubes de juventude
1982–1990 Liechtenstein Balzers
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1990–1994
1994–1996
1996–1999
1999–2000
2000–2001
2001–2002
2002–2006
2006–2009
2009-2011
2011
2011–2016
Liechtenstein Balzers
Flag of Switzerland (Pantone).svg St. Gallen
Flag of Switzerland (Pantone).svg Basel
Suíça FC Zürich
Itália Arezzo
Itália Verona
Itália Ternana
Itália Siena
Flag of Switzerland (Pantone).svg St. Gallen
Flag of Switzerland (Pantone).svg Grasshopper
Liechtenstein Balzers
97 (49)
60 (11)
80 (30)
41 (7)
23 (16)
24 (7)
133 (44)
88 (13)
41 (5)
8 (1)
69 (7)
Seleção nacional
1993–2015 Flag of Liechtenstein.svg Liechtenstein 125 (16)
Times/Equipas que treinou
2012–2017
2017–2018
2017–2018
2017–2018
2018–
Liechtenstein Balzers
Liechtenstein Vaduz Sub-18
Flag of Liechtenstein.svg Liechtenstein Sub-18
Flag of Liechtenstein.svg Liechtenstein Sub-19
Liechtenstein Vaduz




CarreiraEditar

Iniciou a carreira no Balzers, em 1990. Em 4 anos no clube, foram 97 jogos e 49 gols marcados. Em 1994, voltou ao país natal para defender o St. Gallen, seu primeiro time como jogador profissional. Em 2 temporadas, atuou em 60 partidas e marcou 11 gols.

Frick ainda jogou por Basel e FC Zürich, jogando 121 partidas e marcando 37 gols pelos dois clubes. Destacou-se, também, no futebol italiano, onde atuou por Arezzo, Verona, Ternana e Siena. Em 9 anos na "Bota", o atacante jogou 268 partidas e marcou 80 gols. Voltou ao St. Gallen em 2009, participando de 41 partidas e marcando 5 gols. Teve ainda uma curta passagem pelo Grasshopper, que durou apenas 8 jogos.

No mesmo ano, volta ao Balzers para exercer funções de jogador e técnico da equipe, que disputa a quarta divisão suíça (não há campeonato nacional em Liechtenstein). Chegou a encerrar a carreira em outubro de 2015, mas voltou atrás e seguiu jogando o restante da temporada, até sua aposentadoria definitiva como atleta em julho de 2016, permanecendo apenas como treinador por mais um ano. Entre 2017 e 2018, acumulou os cargos de técnico do time Sub-18 do Vaduz com as seleções de base de Liechtenstein (Sub-18 e Sub-19). Em 2018, com a saída do alemão Roland Vrabec, foi promovido ao comando técnico da equipe principal.

Seleção de LiechtensteinEditar

Nascido na Suíça, Frick foi criado em Liechtenstein, o que tornou o atacante elegível para representar a Seleção do principado, pela qual estreou em outubro de 1993, numa partida contra a Estônia.[1] Seu primeiro gol, no entanto, foi marcado apenas em 1997, contra a Romênia, que venceria por 8 a 1. Pela Seleção, marcou 16 gols - o último deles, marcado em 2010, na partida frente à Estônia, o mesmo adversário que enfrentara em 1993.

Com a idade avançada, Frick passou a atuar como zagueiro, mantendo a braçadeira de capitão e a camisa 10. A última de suas 125 partidas pela Seleção de Liechtenstein (e também de sua carreira) foi pelas Eliminatórias para a Eurocopa de 2016, contra a Áustria,[2] aos 41 anos de idade[1] - além de ser o maior artilheiro da equipe, é o segundo jogador com mais partidas disputadas.

Vida pessoalEditar

Seus dois filhos, Yanik e Noah, também seguem carreira no futebol e na mesma posição (atacante): Yanik atua no Rapperswil-Jona, enquanto Noah é treinado por Super-Mario no Vaduz

TítulosEditar

  • Futebolista do ano do Liechtenstein: 1993/94, 1998/99, 2001/02, 2006/07[3]

LinksEditar

Referências

  1. a b Sabino Palermo (13 de outubro de 2015). «Frick, il "10" dei record si ritira: il Liechtenstein saluta il capitano» (em italiano). La Gazzetta dello Sport. Consultado em 13 de outubro de 2015 
  2. «Austria ease past Liechtenstein to finish unbeaten». UEFA.com. 12 de outubro de 2015. Consultado em 13 de outubro de 2015 
  3. «Die Bisherigen Fussballer des Jahres» (em alemão). Fussballer des Jahres. Consultado em 4 de dezembro de 2008. Arquivado do original em 9 de outubro de 2007 
   Este artigo sobre Futebolistas liechtensteinenses é um esboço relacionado ao projeto desporto. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.