Abrir menu principal

Markinhos Moura

Cantor brasileiro
(Redirecionado de Marquinhos Moura)
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita referências, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2017). Ajude a inserir fontes confiáveis e independentes. Material controverso que esteja sem fontes deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Markinhos Moura
Informação geral
Nome completo Marcus Antônio Sampaio Moura
Nascimento 13 de junho de 1967 (52 anos)
Origem Fortaleza
País Brasil
Gênero(s) MPB
Instrumento(s) voz
Período em atividade 1979 - presente

Marcus Antônio Sampaio Moura (Fortaleza, 13 de junho de 1967), mais conhecido como Markinhos Moura, é um cantor brasileiro que fez grande sucesso na década de 1980[1][2][3][4].

Índice

BiografiaEditar

Iniciou sua carreira artística em Fortaleza, como ator, protagonizando musicais como "Os Saltimbancos" e o "Reino da Liminúria" na TV Ceará[5]. Logo Markinhos foi convidado a participar como atração fixa no programa de televisão Augusto Borges, líder de audiência regional. Lá, interpretaria canções que eram sucesso na voz de Elis Regina, Milton Nascimento, Caetano Veloso e Ney Matogrosso.

Mudou-se para o Rio de Janeiro em 1980[6]. Consagrou-se com o sucesso Meu Mel em 1986[3][4][6]. Em 1983 lançou um compacto que vendeu mais de 100 mil cópias[7]. Foi eleito o melhor intérprete no Festival Lubrax[8]. Frequentou o samba da zona norte carioca junto com outros artistas como Jair Rodrigues e Djavan[9]. Teve apresentações nos programas de TV Cassino do Chacrinha e Globo de Ouro, da Rede Globo[10]. Fez apresentações no Brasil e nos Estados Unidos, além de alguns países da Ásia.[6] Participou freqüentemente de vários programas de televisão e atualmente reside em São Paulo e se apresenta no Bar do Nelson Gonçalves.

CuriosidadesEditar

O sucesso "Meu Mel" interpretado por Markinhos Moura é uma versão da música "Music", de F. R. David, da banda francesa Les Variations[11][12].

Referências

  1. «Markinhos Moura, sucesso nos anos 1980, é host em bar». O Estado de S. Paulo, caderno Cultura. 14 de maio de 2012. Consultado em 19 de agosto de 2018 
  2. «Por onde anda Markinhos Moura? Ídolo dos anos 80 está em leitura de roteirista da Globo - Telepadi». Telepadi. 5 de setembro de 2017 
  3. a b «Entrevista EXCLUSIVA: Markinhos Moura, muito além do 'Meu Mel'». www.emneon.com.br. Consultado em 1 de setembro de 2018 
  4. a b «Longe da mídia, Markinhos Moura garante que não deixou de ser artista - Vídeo Show». Vídeo Show 
  5. Jornal O Globo - 23 de Setembro de 1991, Matutina, Jornais de Bairro, página 37
  6. a b c Dicionário Cravo Albin de MPB
  7. http://memoria.bn.br/pdf/386030/per386030_1983_10949.pdf Jornal Última Hora do Rio de Janeiro, 1983
  8. Jornal O Globo - 23 de Setembro de 1991, Matutina, Jornais de Bairro, página 37
  9. Jornal O Globo - 10 de Fevereiro de 1988, Matutina, Jornais de Bairro, página 20
  10. http://gshow.globo.com/programas/video-show/O-Programa/noticia/2013/02/longe-da-midia-markinhos-moura-garante-que-nao-deixou-de-ser-artista.html GSHOW - Rede Globo
  11. http://www.mundonovelas.com.br/2016/01/roda-de-fogo-trilha-sonora.html Mundo Novelas
  12. http://tvdiario.verdesmares.com.br/entretenimento/musica/relembre-10-artistas-que-fizeram-sucesso-com-apenas-uma-musica-1.1099140 TV Diário

Ligações externasEditar