Martim Afonso Chichorro

político português

Martim Afonso "O Chichorro" (1250 - 1313), teve este epíteto por ser de pequena estatura. Era meio irmão do rei Dinis I de Portugal, e segundo as crónicas era tido por este rei em elevada consideração facto que levou o rei a fazê-lo ocupar o 4.º lugar no quadro reservado aos Ricos-homens, sendo que os outros três lugares eram ocupados pelo infante D. Afonso Dinis (1260 - 1310), irmão-pleno do rei, pelo Conde Gonçalo Garcia de Sousa, cunhado do rei e por Nuno Martins de Chacim, o mordomo-mór real e teve a tenência de Bragança entre 1265 e 1284.

Martim Afonso Chichorro
Nascimento 1250
Reino de Portugal
Morte 1313
Reino de Portugal
Cidadania Portugal
Progenitores
Filho(s) Martim Afonso Chichorro II
Irmão(s) Urraca Afonso de Portugal, Branca de Portugal, Dinis I de Portugal, Constança de Portugal, Sancha de Portugal, Afonso de Portugal, Maria de Portugal, Leonor Afonso de Portugal, Afonso Dinis
Ocupação político

Do rei D. Afonso III de Portugal, seu pai, recebeu o couto e a Torre de Santo Estêvão, que era propriedade pertencente a família real localizada no termo da Vila Santo Estêvão, e ainda o Senhorio de Santarém, que passaria a ser seu e de sua descendência.

Brasão da Família Souza-Prado

Na corte do seu irmão, D. Dinis I de Portugal e com o título de rico-homem, confirmou vários diplomas reais entre os anos de 1288 e de 1300. Foi senhor de vários bens no termo de Torres Vedras, que no entanto veio a vender por 1.500 libras de ouro. Pelo seu casamento com Inês Lourenço de Valadares, veio a entrar o nome Sousa na sua descendência.

Relações familiaresEditar

Foi filho bastardo do rei D. Afonso III de Portugal e de Madragana Ben Aloandro, filha de Aloandro Ben Bakr. Casou com Inês Lourenço de Valadares, filha de Lourenço Soares de Valadares e de Maria Mendes de Sousa, de quem teve:

  1. Martim Afonso Chichorro II ou Martin Afonso de Sousa Chichorro (1280 -?), teve filhos com Aldonça Anes de Briteiros, sendo um deles Vasco Martins de Sousa Chichorro, que foi o 1.º Senhor de Mortágua.
  2. Maria Afonso Chichorro (c. 1280 - 1379), casou com D. Gonçalo Anes de Briteiros (1270 - ?).
  3. Constança Afonso Chichorro foi freira (? + 1341), sua irmã Margarida foi sua testamenteira sendo indicada numa inquirição mandada fazer aos seus bens para a instituição de uma capela no Mosteiro de Santa Clara de Santarém em 11 de Novembro de 1341.
  4. Margarida Afonso de Sousa (? – depois de 1341).
  5. Vasco Afonso de Sousa (1270 - ?).

TítulosEditar

  • Senhor de Santarém,
  • D. Martim Afonso de Portugal
  • Senhor da torre de Stº Estêvão

ReferênciasEditar

  • D. António Caetano de Sousa, História Genealógica da Casa Real Portuguesa, Atlântida-Livraria Editora, Lda, 2ª Edição, Coimbra, 1946. Tomo I-pg. 113 e Tomo XII-P. II-pg. 1.
  • José Augusto de Sotto Mayor Pizarro, Linhagens Medievais Portuguesas - 3 vols, Universidade Moderna, 1ª Edição, Porto, 1999. vol. 1-pg. 174.
  • José Augusto Sotto Mayor Pizarro, Os Patronos do Mosteiro de Grijó, Carvalhos de Basto, 1ª Edição, Ponte de Lima, 1995, pág. 203.
  • Anselmo Braamcamp Freire, Brasões da Sala de Sintra-3 vols. Imprensa Nacional-Casa de Moeda, 2ª Edição, Lisboa, 1973, pág. 206.
  • Manuel José da Costa Felgueiras Gayo, Nobiliário das Famílias de Portugal, Carvalhos de Basto, 2ª Edição, Braga, 1989, Vol. X. pág. 369.