Abrir menu principal
Martin Luther
Niall MacGinnis (Lutero), em cena do filme
No Brasil Martinho Lutero
 Alemanha Ocidental
 Estados Unidos

1953 •  pb •  105 min 
Direção Irving Pichel
Produção Lothar Wolff
Louis De Rochemont
Produção executiva Robert E.A. Lee
Roteiro Allan Sloane
Lothar Wolff
Theodore G. Tappert
Jaroslav Pelikan
Elenco Niall MacGinnis
John Ruddock
Pierre Lefevre
Gênero drama histórico-biográfico
Música Mark Lothar
Direção de fotografia Joseph C. Brun
Direção de arte Paul Markwitz
Fritz Maurischat
Figurino Herbert Ploberger
Edição Fritz Stapenhorst
Lançamento Estados Unidos 8 de maio de 1953
Alemanha 4 de março de 1954
Idioma inglês
Orçamento US$ 500 000
Receita US$ 3 000 000 (EUA)

Martin Luther (bra: Martinho Lutero[1]) é um filme teuto-norte-americano de 1953, do gênero drama histórico-biográfico, dirigido por Irving Pichel, com roteiro baseado na vida do reformador Martinho Lutero.[2]

Notas sobre a produçãoEditar

O elenco é formado tanto por atores profissionais, quanto por clérigos e exegetas.[3] O próprio diretor Pichel faz um pequeno papel.

Em 1956, ao estrear na televisão em Chicago, o filme enfrentou um bem-sucedido boicote organizado pela arquidiocese da cidade.[3]

SinopseEditar

 
Kurt Grigoleit, Joseph C. Brun e Irving Pichel na filmagem de Martin Luther.

O filme narra os principais fatos da vida de Lutero, como sua ruptura do catolicismo, a divulgação das 95 teses e a criação do protestantismo. O ponto alto é seu discurso na Dieta de Worms, em 1521, conhecido como "Aqui Estou", de sua famosa frase "Hier stehe ich. Ich kann nicht anders" ("Aqui estou. Não posso renunciar").[3]

PremiaçõesEditar

ElencoEditar

Ator/Atriz Personagem
Niall MacGinnis Martinho Lutero
John Ruddock Vigário von Staupitz
Pierre Lefevre Spalatin
Guy Verney Melanchthon
Alastair Hunter Carlstadt
David Horne Duque Frederick
Fred Johnson Prior
Philip Leaver papa Leão 10.º
Heinz Piper Eck
Leonard White Emissário
Egon Strohm Cardeal Alexander
Annette Carell Katherine von Bora
Alexander Gauge Tetzel
Irving Pichel Brueck

Referências

  1. «Martinho Lutero». Brasil: CinePlayers. Consultado em 4 de março de 2019 
  2. «Martin Luther» (em alemão). Filmportal.de. Consultado em 21 de dezembro de 2016 
  3. a b c Erickson, Hal. «Martin Luther» (em inglês). AllMovie. Consultado em 20 de dezembro de 2016 
  4. a b «26.º Oscar - 1954». CinePlayers. Consultado em 4 de março de 2019 
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.