Martin Whitmarsh

Martin Whitmarsh (29 de abril de 1958) é um empresário britânico e, desde março de 2015, o CEO da equipe Ineos Team UK America's Cup.[1][2]

Martin Whitmarsh
Nascimento 29 de abril de 1958 (63 anos)
Reino Unido
Cidadania Reino Unido
Alma mater Universidade de Portsmouth

Whitmarsh foi o CEO da McLaren Racing, uma empresa subsidiária do Grupo McLaren e Diretor de Operações desse grupo, além de ser o chefe da equipe da McLaren Mercedes. Whitmarsh também era o presidente da Associação de Equipes de Fórmula 1 e, portanto, tinha a responsabilidade de representar os interesses das equipes de F1, até que a organização foi dissolvida em 2014. Em 2014, Whitmarsh foi removido de seu cargo de CEO do Grupo McLaren, CEO da McLaren Racing e também removido do comando da equipe McLaren Mercedes. Ron Dennis o substituiu nos dois cargos de CEO e Eric Boullier substituiu-o como chefe da equipe de F1.[3][4]

ReferênciasEditar

  1. «In Ainslie's hi-tech HQ, experts perfect a craft fit to bring America's Cup home». the Guardian (em inglês). 25 de julho de 2015. Consultado em 29 de abril de 2021 
  2. Majendie, Matt. «Ex-McLaren boss plots America's Cup triumph». CNN. Consultado em 29 de abril de 2021 
  3. «Dennis to make changes at McLaren after being appointed Group CEO». www.autosport.com (em inglês). Consultado em 29 de abril de 2021 
  4. «Latest Formula 1 Breaking News - Grandprix.com». www.grandprix.com. Consultado em 29 de abril de 2021 


  Este artigo sobre Automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.