Abrir menu principal
Mason Ryan
Mason Ryan Cropped.png
Griffiths como Campeão Floridense dos Pesos-Pesados em outubro de 2010.
Informações pessoais
Nascimento 13 de janeiro de 1982  (37 anos)
Tremadog, País de Gales
Carreira na luta livre profissional
Nome(s)
de ringue
Barri Griffiths
Mason Ryan
Smackdown Warrior
Altura
anunciada
1 98 m
Peso
anunciado
313 lb (142 kg)[1]
Anunciado
de
Cardiff, País de Gales[2]
Treinado
por
Orig Williams
Brian Dixon
Treinadores da FCW
Estreia 2007

Barri Griffiths (Tremadog, 13 de janeiro de 1982) é um lutador de wrestling profissional galês, também conhecido como Goliath e como Mason Ryan. Ele trabalhava para a WWE, lutando na divisão WWE NXT.[1] Ele já fez parte do grupo Nexus.

Índice

GladiatorsEditar

Griffiths apareceu na segunda série Gladiators em 2009, competindo sob o nome de "Goliath".[3] Enquanto participava de um programa de televisão no País de Gales onde dizia querer ser um lutador profissional, foi-lhe dito pelos produtores que estavam procurando novos gladiadores, e ele passou a treinar com Orig Williams.[4][5]

Carreira no wrestling profissionalEditar

Griffiths começou a treinar para ser um lutador profissional em 2006, após assistir a um evento de um amigo seu, que lhe recomendou começar a lutar.[4][6][7] Ele começou seu treinamento em Birkenhead.[4][6] Antes de aparecer em Gladiators, Griffiths lutou sob os nomes de "Celtic Warrior" e "Smackdown Warrior" desde 2007, competindo em quase 100 lutas em países como Egito e Venezuela.[4] Ele representou o Reino Unido em uma luta de trios com o tema de "Batalha das Nações", entre Reino Unido e Áustria, junto com Drew McDonald e Sheamus O'Shaunessy, sendo derrotados por Chris Raaber, Michael Kovac e Robert Ray Kreuzer no Night of Gladiators da European Wrestlng Association em junho de 2007.[8] Após ser contratado pela World Wrestling Entertainment (WWE), Griffiths lutou sua última luta no País de Gales, em outubro de 2008, quando ganhou uma luta individual e uma Battle Royal.[9]

World Wrestling Entertainment / WWEEditar

Florida Championship Wrestling (2009—2011)Editar

Na metade de 2009, Griffiths assinou um contrato de cinco anos com a WWE.[10] Ele foi mandado para o território de desenvolvimento Florida Championship Wrestling (FCW) em janeiro do ano seguinte.[11] Sob o nome "Mason Ryan", ele enfrentou lutadores como Johnny Curtis, Tyler Reks, Johnny Prime e Hunico em suas primeira lutas.[12]

Em 22 de julho, Ryan ganhou uma luta Triple Threat, derrotando Alex Riley e Johnny Curtis, se tornando Campeão Floridense dos Pesos-Pesados pela primeira vez.[6][11][13] Durante os próximos meses, Ryan defendeu o título contra lutadores como Bo Rotundo, Richie Steamboat e Eli Cottonwood.[14] Em 2 de setembro, Ryan derrotou Curtis para reter o título quando o comentarista da FCW Byron Saxton interferiu.[14] Na semana seguinte, Saxton se tornou seu manager.[14] Em novembro de 2010, Ryan viajou para a Europa na turnê do SmackDown, derrotando Chavo Guerrero em Belfast em 4 de novembro e voltando a fazê-lo dois dias depois, em Liverpool.[15][16] Em 3 de fevereiro de 2011, Ryan perdeu seu título para Bo Rotundo.[17]

Raw, Nexus e lesão (2011)Editar

 Ver artigo principal: The Nexus
 
Ryan como parte do The Nexus em abril de 2011.

Griffiths estreou no elenco principal em 17 de janeiro de 2011, no Raw, interferindo em uma luta entre CM Punk e John Cena. Após a interferência, Punk presenteou Ryan com uma braçadeira do 'Nexus', o introduzindo ao grupo.[10][18] Ryan participou da luta Royal Rumble de 2011, mas foi eliminado por Cena.[19] No Raw de 7 de fevereiro, Ryan fez sua primeira luta individual, sendo derrotado por R-Truth por desqualificação.[20] No final de fevereiro, foi anunciado que Punk enfrentaria Randy Orton no WrestleMania XXVII, com cada membro do Nexus enfrentando Orton pelo direito de acompanhar Punk ao ringue no WrestleMania.[21] Ryan foi o último membro do grupo a enfrentar Orton, sendo derrotado em 14 de março, no Raw. Após a luta, Orton chutou a cabeça de Ryan.[22]

Ryan deixou a televisão por quase um mês, retornando no Raw de 11 de abril com os outros membros do New Nexus, atacando Orton.[23]

No Raw de 2 de maio, Ryan foi derrotado por Kane por desqualificação após interferência de Punk, atacando Kane e The Big Show após o combate.[24] No Over the Limit em 22 de maio, Ryan e Punk enfrentaram Kane e Big Show pelo WWE Tag Team Championship, mas foram derrotados.[25]

No Raw de 20 de junho, chamado Power to the People, os fãs escolheram Ryan para enfrentar Evan Bourne. No dia seguinte, a WWE revelou que um erro ocorreu no sistema de votação, e Sin Cara havia sido o escolhido.

Ryan se lesionou nas semanas seguintes.

Retorno e mocinho (2011—2013)Editar

Em 26 de agosto, Ryan retornou em um evento não-televisionado em Jackson, Mississippi. Ele retornou à televisão em 8 de setembro, no WWE Superstars, derrotando JTG e se tornando um mocinho. Na semana seguinte, Ryan derrotou Drew McIntyre. Ele fez seu retorno ao Raw em 26 de setembro, sendo escolhido por Vickie Guerrero para fazer parte do trio de Dolph Ziggler e Jack Swagger contra Air Boom (Kofi Kingston e Evan Bourne) e Zack Ryder. Durante a luta, Ryan traiu seus parceiros, atacando-os e dando a vitória ao time oposto.[26] No SmackDown de 14 de outubro, Ryan participou de uma Battle Royal envolvendo outros 40 lutadores, eliminando quatro competidores antes de ser eliminado por Wade Barrett.[27] Nas semanas seguintes, Ryan salvou Zack Ryder e Santino Marella de ataques de Ziggler e Swagger.[28] No Raw de 7 de novembro, Ryan derrotou JTG e foi anunciado como um membro do time de Randy Orton no Survivor Series. O time de Ryan foi derrotado, com Mason sendo o terceiro eliminado.[29] Após sua aparição no Survivor Series, Ryan lutou apenas lutas não televisionadas pelo resto de 2011.[30] Ryan retornou no WWE Superstars de 19 de janeiro de 2012, aliando-se a Santino Marella para derrotar Curt Hawkins e Tyler Reks.[31] Ryan reapareceu apenas no WWE Superstars de 22 de março, aliando-se a Alex Riley, sendo derrotado por Primo & Epico. Mais tarde, ele apareceu nos bastidores do Raw com A.W.. No entanto, nenhuma aliança firmou-se da aparição. Após meses de inatividade, ele retornou no Raw de 22 de outubro, como um dos lumberjacks da luta entre CM Punk e Sheamus.[32]

NXT (2013—presente)Editar

Quando a WWE transformou o território de desenvolvimento FCW em NXT Wrestling,[33] Ryan retornou ao WWE NXT em 30 de janeiro de 2013, derrotando Sakamoto.[34] Após derrotar Enzo Amore no NXT de 22 de maio,[35] Ryan participou de uma battle royal de 18 lutadores para determinar o desafiante pelo Campeonato do NXT, eliminando 11 participantes, antes de ser eliminado por Adrian Neville.[36] After Ryan beat Colin Cassady,[37] Amore e Cassady aliaram-se contra Ryan nas semanas seguintes.[38]

No wrestlingEditar

Títulos e prêmiosEditar

Referências

  1. a b «Mason Ryan». World Wrestling Entertainment. Consultado em 25 de janeiro de 2011 
  2. a b «Mason Ryan». Florida Championship Wrestling. Consultado em 31 de dezembro de 2010 
  3. «Goliath, Barri Griffiths». Gladiator Zone. Consultado em 11 de agosto de 2010 
  4. a b c d Williams, Andrew (8 de janeiro de 2009). «Gladiator in hot pants trouble». Metro.co.uk. Consultado em 11 de agosto de 2010 
  5. Devine, Darren (4 de janeiro de 2009). «Welsh duo are TV gladiators». Wales Online. Consultado em 11 de agosto de 2010 
  6. a b c Jones, Geraint (5 de agosto de 2010). «Barri wrestles with rise to fame». North Wales Chronicle. Consultado em 11 de agosto de 2010. Arquivado do original em 23 de julho de 2011 
  7. Trewyn, Hywel (27 de novembro de 2008). «Meet North Wales' very own Gladiators». Daily Post (North Wales). Consultado em 11 de agosto de 2010 
  8. «EWA Results». European Wrestling Association. Consultado em 9 de novembro de 2010. Arquivado do original em 11 de junho de 2009 
  9. Jones, Geraint (28 de outubro de 2008). «North Wales wrestler Barri Griffiths off to the USA». North Wales Chronicle. Consultado em 11 de agosto de 2010 [ligação inativa] [ligação inativa]
  10. a b «Welsh wrestler Mason Ryan is a stateside hit». BBC. 20 de janeiro de 2011. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  11. a b Trewyn, Hywel (2 de agosto de 2010). «North Wales man crowned heavyweight champion wrestler of Florida». Daily Post (North Wales). Consultado em 11 de agosto de 2010 
  12. «Mason Ryan». Online World of Wrestling. Consultado em 11 de agosto de 2010 
  13. «Florida Championship Wrestling roster». Florida Championship Wrestling. Consultado em 11 de agosto de 2010. Arquivado do original em 23 de dezembro de 2010 
  14. a b c «Florida Championship Wrestling (2010)». Online World of Wrestling. Consultado em 23 de janeiro de 2011 
  15. Gerweck, Steve (5 de novembro de 2010). «11/4 WWE Results: Belfast, Northern Ireland». WrestleView. Consultado em 5 de novembro de 2010 
  16. Martin, Adam (7 de novembro de 2010). «11/6 WWE Results: Liverpool, England». WrestleView. Consultado em 8 de novembro de 2010 
  17. «Champions Roll Call». Florida Championship Wrestling. Consultado em 20 de fevereiro de 2011. Arquivado do original em 7 de fevereiro de 2012 
  18. Plummer, Dale (17 de janeiro de 2011). «RAW: The Rumble and The Nexus grow». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  19. Plummer, Dale; Tylwalk, Nick (30 de janeiro de 2011). «Super-size Royal Rumble saves biggest surprise for last». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 1 de fevereiro de 2011 
  20. Plummer, Dale (7 de fevereiro de 2011). «RAW: Punk, Nexus battle Elimination Chamber entrants». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 13 de fevereiro de 2011 
  21. Plummer, Dale (28 de fevereiro de 2011). «RAW: Triple H talks Wrestlemania; The Miz loses an ally». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2 de abril de 2011 
  22. Plummer, Dale (14 de março de 2011). «RAW: Cena wrecked on the Road to Wrestlemania». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 18 de março de 2011 
  23. Plummer, Dale (11 de abril de 2011). «RAW: Edge calls it a career». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 12 de abril de 2011 
  24. Plummer, Dale (2 de maio de 2011). «RAW: Happy Birthday Rock». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 8 de maio de 2011 
  25. Hillhouse, Dave (22 de maio de 2011). «Over the Limit: Unpredictability makes for a good show». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 23 de maio de 2011 
  26. Wortman, James. «WWE Raw SuperShow results: Last stop before "Hell"». WWE. Consultado em 27 de setembro de 2011 
  27. Passero, Mitch. «SmackDown results: SmackDown hosts the largest Battle Royal ever the same night it makes TV history». WWE. Consultado em 15 de outubro de 2011 
  28. Murphy, Ryan. «WWE Raw SuperShow results: Kevin Nash brings the hammer down». WWE. Consultado em 26 de outubro de 2011 
  29. «Team Barrett def. Team Orton (Traditional Survivor Series Elimination Tag Team Match)». WWE. Consultado em 11 de novembro de 2011 
  30. http://www.cagematch.net/?id=2&nr=5127&page=4
  31. «WWE Superstars: Dec. 22, 2011 | Matches, Results, Videos, Photos, and More». WWE.com. Consultado em 9 de junho de 2012 
  32. Benigno, Anthony. http://www.wwe.com/shows/raw/2012-10-22/wwe-raw-results-26062125/page-12. Consultado em 27 de outubro de 2012  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  33. «WWE News: FCW name being phased out». Wrestling Observer. Consultado em 14 de agosto de 2012 
  34. James, Justin. «JAMES'S WWE NXT RESULTS 1/30: Tournament continues, Bo Dallas in main event, returns of Bateman, A-Ry & Mason Ryan». Pro Wrestling Torch. Consultado em 3 de junho de 2013 
  35. James, Justin. «JAMES'S WWE NXT REPORT 5/15 & 5/22: El Generico debuts, O'Brian beats two NXT releases in same match, Bray Wyatt debuts mask, Natalya vs. Rae, more developments». Pro Wrestling Torch. Consultado em 3 de junho de 2013 
  36. Trionfo, Richard (29 de maio de 2013). «WWE NXT report: number one contender battle royal; big announcement from Stephanie McMahon; and more». Pro Wrestling Insider. Consultado em 1 de junho de 2013 
  37. Santiago, Andres. «5/23 WWE NXT SPOILERS FROM FULL SAIL UNIVERSITY». PWInsider. Consultado em 8 June  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  38. James, Justin. «JAMES'S WWE NXT REPORT 7/10: Wyatts vs. Team Regal six-man main event, NXT Women's Title tourney continues, Generico (Zayn), Mason Ryan, set-up for Charlotte's debut». Pro Wrestling Torch. Consultado em 14 de julho de 2013 
  39. «Beth Phoenix». Online World of Wrestling. Consultado em 13 de julho de 2008 
  40. Shields, Brian and Kevin Sullivan (2009). WWE Encyclopedia. [S.l.]: DK/BradyGAMES. p. 27. ISBN 978-0-7566-4190-0 
  41. a b Jones, Dion (19 de outubro de 2009). «Tremadog wrestler is off to the US to join WWE». Caernarfon Herald. Consultado em 11 de agosto de 2010 
  42. «We Are One (WWE Version)». Apple Inc. Consultado em 30 de janeiro de 2011 
  43. «CM Punk profile». WWE. Consultado em 12 de outubro de 2010 
  44. «Thanks for using...». The Heroes Lie. Consultado em 27 de setembro de 2011 
  45. «"PWI 500": 101–200». Pro Wrestling Illustrated. 8 de agosto de 2011. Consultado em 8 de agosto de 2011 

Ligações externasEditar