Matéria estranha

Matéria estranha (ou em inglês: Strange matter) é uma combinação de três tipos de quarks: Up, Down e Strange. A matéria estranha tem poder de transformar a matéria comum em strangelets.

Muito se discute sobre a origem da matéria estranha, e até mesmo sobre sua existência.[1] Alguns físicos afirmam que as strangelets podem ter surgido junto com o Big Bang. No entanto, o consenso é que a matéria estranha se origina nos núcleos de estrelas de nêutrons, nos quais a pressão e a densidade são tamanhas para que os núcleos de átomos sejam esmagados, de forma que os quarks que formam seus prótons se separarem, reagrupando seus quarks em strangelets. Em mesmo raciocínio, a matéria estranha consumiria toda a estrela, de dentro para fora, a transformando em uma pasta, uma estrela estranha, ou algo do tipo.

Já foi pesquisado o caso de haver ou ser gerada matéria estranha na Terra, mas a comunidade científica afirma que a única forma relativamente possível de algo do tipo ocorrer é com uma colisão de estrelas estranhas que acarrete no projetar de strangelets à Terra como meteoritos ou átomos.

Pela lógica, se uma quantidade mínima de matéria estranha fosse jogada na Terra seria capaz de destruir ou transformar completamente o planeta.[2]

Referências

  1. «O que é a matéria estranha?». Universo Genial. 15 de agosto de 2013. Consultado em 28 de fevereiro de 2019 
  2. «strange matter Archives». The MIT Post (em inglês). Consultado em 28 de fevereiro de 2019 
  Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.