Material cerâmico

Material cerâmico é um tipo de material não polimérico, não metálico e composto normalmente de elementos químicos metálicos e não metálicos unidos por ligação iônica, ligação covalente ou ambos. Os materiais cerâmicos podem ser cristalinos, parcialmente cristalinos ou amorfos. Eles são formados pela ação do calor e subsequente resfriamento. São bons isolantes e têm temperatura de fusão e resistência muito elevadas. O seu módulo de Young (tendendo ao limite elástico que se forma em um ensaio de tração) é elevado e tem um modo de ruptura frágil.[1][2]

AplicaçõesEditar

Cerâmicas TradicionaisEditar

  • Cerâmica Branca: Louças, Isolantes, Azulejos e Pisos;
  • Cerâmica Vermelha: Tubos, Tijolos, Telhas e Lajotas;
  • Refratários: Tijolos, Moldes, Cimentos e Cadinhos;
  • Construção: Concreto, Gesso e Vidros;
  • Abrasivos: Rebolos e Lixas;
  • Vidros: Garrafas, Louças, Vidros Planos.

Cerâmicas AvançadasEditar

  • Cerâmicas Eletrônicas: Elementos de aquecimento, Isolantes, Substratos e Semicondutores;
  • Cerâmicas aeroespacial: partes de turbinas, isolamento térmico e trocadores de calor;
  • Biocerâmica: próteses e implantes;
  • Refratários avançados; revestimentos e concretos de alto desempenho;
  • Nuclear: Combustíveis;
  • Diversos: Ferramentas de corte, Componentes resistentes á abrasão, blindagem, vitrocerâmicos, Monocristais e Fibras ópticas.[3][4]

Referências