Matilde Mastrangi

actriz brasileira

Matilde Raspa Mastrangi (São Paulo, 18 de março de 1953) é uma ex-atriz brasileira. É considerada um dos grandes nomes da era da pornochanchada no cinema brasileiro.[1][2][3][4]

Matilde Mastrangi
Nome completo Matilde Raspa Mastrangi
Nascimento 18 de março de 1953 (71 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileira
Cônjuge Oscar Magrini (c. 1990)
Ocupação atriz
Período de atividade 1971–1999; 2008

Biografia

editar

Carreira profissional

editar

Em 1971, começou a trabalhar como telemoça (dançarina e assistente de palco) do programa Silvio Santos. Como todo ator brasileiro de cinema adulto do período, atuou em pornochanchadas (a partir de 1974), recurso do cinema para driblar a Ditadura Militar. Os filmes em geral eram de baixo orçamento e destinados a uma plateia específica.

Tempos depois, em 1984, ganhou repercussão na mídia ao protagonizar um episódio em que tirou a roupa de improviso[4], recebendo lances em dinheiro por cada peça, quando trabalhava numa festa da alta sociedade - fato que acabou sendo divulgado pela imprensa.[5][6] Foi capa da Revista Playboy em março do mesmo ano.

Após o nascimento da filha, fez somente duas pequenas participações no cinema e refugiou na cidade de Atibaia, onde vive até hoje.[1][2][3]

Se formou em Letras[1] e fez pós-graduação em Teologia. Desde 2001, se converteu à religião evangélica.[3]

Vida pessoal

editar

De origem italiana,[7] Namorou o apresentador Wagner Montes em 1984.[4]

É casada desde 1990 com o ator Oscar Magrini, que conheceu quando filmaram "Perfume de gardênia".[8] Com ele tem uma filha chamada Isabella[2], nascida em 1991.

Carreira

editar

No cinema

editar
Ano Título Personagem Notas
1974 As Cangaceiras Eróticas Cangaceira
1975 Bacalhau Lucélia
Cada um dá o que tem Amiga[9] Episódio: "Uma grande vocação"
1976 Incesto
Já não se faz amor como antigamente Conceição Episódio: "Flor de Lys"
1977 Emanuelle Tropical Lúcia[10]
1980 A Noite das Taras Susana
As Intimidades de Analu e Fernanda
Orgia das Taras[11] Jandira
Palácio de Vênus Juliana
Sócias do Prazer
1981 A Cafetina de Meninas Virgens Meiry
As Taras de Todos Nós Cláudia Segmento: "O Uso Prático dos Pés"
Em Busca do Orgasmo Tilde
Pornô! Ilona
Volúpia ao Prazer Letícia
1982 A Noite das Taras II Malvina
Amor Estranho Amor Olga
1983 Pecado Horizontal Tininha
A Cobiça do Sexo Rosinha
Corpo e Alma de Mulher
Tudo na Cama Marisa
1984 Flor do Desejo Odete
Caçadas Eróticas Rose
Como Salvar Meu Casamento (S.O.S. Sex-Shop) Elisa
Erótica, a Fêmea Sensual Flora
1988 A Dama do Cine Shanghai Secretária
1992 Perfume de Gardênia
1997 Glaura Vizinha Curta-metragem
1999 A Hora Mágica Cantora
2008 Onde Andará Dulce Veiga?' Iracema

Na televisão

editar
Ano Título Personagem
1989 Cortina de Vidro Emanuele
1985 Batalha 85 Jurada
1984 Vereda Tropical Marilinda
1971 Programa Silvio Santos Assistente de Palco

No Teatro[12]

editar
  • 1993/1994 - A Revolta dos Anjos
  • 1990 - Uma Ilha para Três
  • 1984 - O Grande Motel

Referências

  1. a b c «Ex-atriz de cinema, Matilde Mastrangi foge da fama: "Só tenho um artista da família que é o meu marido"». R7.com. 21 de maio de 2015. Consultado em 3 de janeiro de 2022 
  2. a b c «Oscar Magrini celebra casamento com musa da pornochanchada: 'Há 31 anos me aturando'». Extra Online. 23 de julho de 2020. Consultado em 3 de janeiro de 2022 
  3. a b c «Estrela da pornochanchada, Matilde Mastrangi é formada em Letras e recebe aposentadoria de R$ 900». Extra Online. 21 de maio de 2015. Consultado em 3 de janeiro de 2022 
  4. a b c «MATILDE MASTRANGI». Museu da TV, Rádio & Cinema. Consultado em 3 de janeiro de 2022 
  5. «As noites quentes do Gallery». VEJA SÃO PAULO. Consultado em 3 de janeiro de 2022 
  6. «"Rei da Noite" revela episódio com strip de atriz e prisão de Gugu Liberato – Jovem Pan». “Rei da Noite” revela episódio com strip de atriz e prisão de Gugu Liberato – Jovem Pan. 15 de dezembro de 2016. Consultado em 3 de janeiro de 2022 
  7. «Oscar Magrini: "Sou homem-vinho"». Caras. 31 de julho de 2012. Consultado em 7 de agosto de 2022 
  8. «Oscar Magrini celebra casamento com musa da pornochanchada». ISTOÉ Independente. 23 de julho de 2020. Consultado em 3 de janeiro de 2022 
  9. «Cada um dá o que tem». Cinemateca Brasileira. Consultado em 23 de agosto de 2022 
  10. «Emanuelle Tropical». Cinemateca Brasileira. Consultado em 23 de agosto de 2022 
  11. Cinemateca Brasileira Depravação : Orgia das Taras [em linha]
  12. «Espetáculos de Matilde Mastrangi». enciclopedia.itaucultural.org.br. Consultado em 23 de agosto de 2022 

Ligações externas

editar
  Este artigo sobre um ator ou atriz de cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.