Abrir menu principal

Matt Brown (lutador)

Matt Brown
Mattbrown.jpg
Informações
Nascimento 10 de janeiro de 1981 (38 anos)
Xenia, Ohio, Estados Unidos
Nacionalidade norte-americano
Outros nomes The Immortal
Altura 1,83 m
Peso 77 kg
Divisão Meio-médio
Médio
Envergadura 191 cm[1]
Modalidade Boxe, kickboxing jiu-jítsu brasileiro
Posição Destro
Luta por Cincinnati, Ohio
Equipe The JG MMA And Fitness Academy
Graduação      Faixa marrom em judô
     Faixa marrom em jiu-jítsu
Cartel nas artes marciais mistas
Total 37
Vitórias 21
Por nocaute 13
Por finalização 6
Por decisão 2
Derrotas 16
Por nocaute 2
Por finalização 10
Por decisão 4
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog
última atualização: 31 de janeiro de 2018

Matt Burton Brown (Xenia, 10 de janeiro de 1981) é um lutador de artes marciais mistas norte-americano, atualmente ele compete no peso-médio do Ultimate Fighting Championship. Brown competiu no The Ultimate Fighter 7, e foi eliminado no 9° episódio pelo campeão Amir Sadollah por Finalização.

Carreira no MMAEditar

The Ultimate FighterEditar

Brown foi um dos 32 lutadores escolhidos para lutar por um contrato de seis dígitos do UFC no The Ultimate Fighter: Team Rampage vs. Team Forrest. Brown entrou oficialmente no reality após derrotar Josh Hall por Nocaute Técnico na luta preliminar. Brown seguiu para as quartas de final ao derrotar Jeremy May por Nocaute no primeiro round através de chute na cabeça. Brown enfrentou eventual vencedor Amir Sadollah nas quartas-de-final, mas perdeu por Finalização no segundo round.

Ultimate Fighting ChampionshipEditar

Brown fez sua estréia no UFC no The Ultimate Fighter 7 Finale, derrotando Matt Arroyo, por Nocaute Técnico no segundo round. A luta foi uma revanche da luta de 2007, que Brown também venceu por Nocaute Técnico.

Brown perdeu sua segunda luta na organização por Decisão Dividida para Dong Hyun Kim no UFC 88. Kim quase finalizou Brown com um mata-leão no primeiro round, mas se cansou no segundo round. No terceiro, Kim usou seu ground and pound e aplicou cotoveladas em Brown. Todos os três juízes marcaram a luta 29-28, dois deles em favor de Kim. A decisão foi contestada pela torcida americana presente com vaias perceptível. Comentarista Joe Rogan anunciou durante as entrevistas pós-luta que ele acreditava que Brown tinha vencido a luta.

Após Matt Riddle sofrer uma lesão no joelho durante o treino, Brown o substituiu no UFC 91 e enfrentou Ryan Thomas. Brown ganhou por Finalização no segundo round.

Brown voltou a lutar no UFC 96 em 7 de março de 2009, onde enfrentou Pete Sell. Brown derrotou Sell em uma luta um tanto controversa, por Nocaute Técnico no primeiro round.

Brown estava programado para enfrentar Anthony Johnson no The Ultimate Fighter 9 Finale contra Anthony Johnson. No entanto, Johnson se retirou da luta após lesionar o joelho durante os treinos. O UFC começou a procurar um substituto para Johnson, mas Brown também se retirou para curar-se algumas lesões.

Brown enfrentou James Wilks, no UFC 105, derrotando-o por Nocaute Técnico no terceiro round. Brown acertou uma joelhada voadora durante o segundo round, que jogou Wilks contra a tela e no terceiro round, Brown escapou de um estrangulamento que quase terminou a luta. Após fugir da Finalziação, Brown obteve a montada e desferiu vários golpes, fazendo com que o árbitro pararasse a luta concessão Brown tsua terceira vitória consecutiva no UFC, transformando seu recorde no UFC de 4-1.

Durante uma entrevista de rádio realizada por MMAWeekly, Brown afirmou que ele gostaria de Renzo Gracie para sua próxima luta. Brown enfrentou Ricardo Almeida em 27 de março de 2010 no UFC 111. Brown perdeu a luta por Finalização no segundo round.

Brown teve uma revanche com Chris Lytle em 3 de julho de 2010, no UFC 116. Ele perdeu a luta por Finalização no segundo round.

Brown era esperado para enfrentar Rory MacDonald em 20 de novembro de 2010, no UFC 123. No entanto, MacDonald foi forçado a se retirar do card com uma lesão e foi substituído por Brian Foster, que derrotou Brown por finalização no segundo ronud. Depois de sua terceira derrota consecutiva, foi anunciado na ESPN "MMA Live" que Brown tinha sido demitido da organização. No entanto, Ariel Helwani anunciou que Brown não tinha de fato sido liberado do UFC, citando a sua fonte como o UFC em si.

Brown era esperado para enfrentar Mark Scanlon em 3 de março de 2011 no UFC Live: Sanchez vs. Kampmann. No entanto, Scanlon foi forçado a se retirar do card e foi substituído por Matt Riddle. Não muito tempo depois do anúncio Riddle-Brown foi feita, foi anunciado que Riddle tinha sido retirado da luta.

Brown era esperado para enfrentar Rich Attonito 26 de junho de 2011, no UFC on Versus 4. No entanto, o participante do card principal Martin Kampmann foi forçado a se retirar de sua luta com John Howard e Brown foi escolhido como seu substituto, enquanto Attonito enfrentou Daniel Roberts. Brown venceu a luta contra Howard por Decisão Unânime.

Brown era esperado para enfrentar John Hathaway em 5 de novembro de 2011, no UFC 138, substituindo o lesionado Pascal Krauss. No entanto, Hathaway foi forçado a retirar-se da luta devido a uma lesão não revelada e Brown foi retirado do evento. Em vez disso Brown enfrentou Seth Baczynski em 19 de novembro de 2011 às UFC 139. Ele perdeu a luta por Finalização no segundo round. [2]

Brown enfrentou Chris Cope em 4 de fevereiro de 2012, no UFC 143. Brown venceu a luta por Nocaute Técnico no segundo round. [3]

Brown enfrentou Stephen Thompson em 21 de abril de 2012 no UFC 145. Brown deu a Thompson sua primeira derrota profissional, venceu a luta por Decisão Unânime. [4]

Brown enfrentou Luis Ramos em 22 de junho de 2012 no UFC on FX: Maynard vs. Guida, substituindo o lesionado Matt Riddle. Brown ganhou sua terceira vitória seguida no UFC, venceu por Nocaute Técnico no segundo round. [5]

Brown próxima enfrentou Mike Swick em 8 de dezembro de 2012 no UFC on Fox: Henderson vs. Diaz. Apesar de ser um azarão, Brown dominou no chão no primeiro round, ameaçando Swick com uma D'arce choke e sufocando com triângulo. Ele acabou vencendo a luta por Nocaute no segundo round, coroando o ano de 2012 com o recorde de 4-0 Brown. [6]

Brown era esperado para enfrentar Dan Hardy em 20 de abril de 2013 no UFC on Fox: Henderson vs. Melendez.[7] Porém Hardy foi obrigado a se retirar da luta e foi substituído por Jordan Mein.[8] Brown derrotou Mein por Nocaute Técnico no segundo round, na luta que ganhou o prêmio de Luta da Noite.

Brown era esperado para enfrentar Thiago Alves em 17 de agosto de 2013 no UFC Fight Night: Shogun vs. Sonnen, e então Brown enfrentaou Mike Pyle no evento. Brown venceu por nocaute em menos de um minuto de luta.

Brown era esperado para enfrentar o ex-desafiante Carlos Condit em 14 de dezembro de 2013 no UFC on Fox: Johnson vs. Benavidez II. Porém, uma lesão tirou Condit do evento e Brown foi retirado do card.

Brown enfrentou o brasileiro Erick Silva em 10 de Maio de 2014 no evento principal do UFC Fight Night: Brown vs. Silva. Após quase perder a luta no primeiro round, Brown deu a volta por cima e venceu por nocaute técnico no terceiro round. Pela atuação extremamente dominante, o "Imortal" faturou o prêmio de Performance da Noite e o de Luta da Noite.

Semanas após a vitória, Brown foi colocado para enfrentar o ex-desafiante ao título Robbie Lawler em 26 de Julho de 2014 no evento principal do UFC on Fox: Lawler vs. Brown. A luta valia uma chance de disputar o cinturão e Brown perdeu por decisão unânime após cinco rounds, encerrando também sua sequência de sete vitórias seguidas.

Brown era esperado para enfrentar Tarec Saffiedine em 14 de Fevereiro de 2015 no evento principal do UFC Fight Night 60. No entanto, Saffiedine se lesionou e o UFC não achou um substituto para enfrentá-lo a tempo, então o UFC o colocou para enfrentar o ex-campeão Johny Hendricks em 14 de Março de 2015 no UFC 185. Ele foi derrotado por decisão unânime.

Brown era esperado para enfrentar Nate Diaz em 11 de Julho de 2015 no UFC 189. No entanto, Diaz não aceitou a luta e foi substituído por Tim Means. Ele venceu por finalização no primeiro round.

Brown era esperado para enfrentar Kelvin Gastelum em 21 de Novembro de 2015 no The Ultimate Fighter: América Latina 2 Finale: Brown vs. Gastelum. No entanto, uma lesão fez com que ele se retirasse do card e fosse substituído pelo compatriota Neil Magny.

Brown foi escalado para enfrentar o brasileiro Demian Maia em 14 de Maio de 2016 no UFC 198: Werdum vs. Miocic. Após provocar os brasileiros presentes na pesagem, que foi um dia antes da luta, Brown entrou no octógono sendo muito vaiado. Na luta, ele foi dominado por Maia que o finalizou no terceiro round.

Cartel no MMAEditar

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Vitória 22-16   Ben Saunders Nocaute técnico (cotovelada e socos) UFC 245: Usman vs. Covington 14/12/2019 2 4:55   Las Vegas, Nevada
Vitória 21-16   Diego Sanchez Nocaute (cotovelada) UFC Fight Night: Poirier vs. Pettis 11/11/2017 1 3:44   Norfolk, Virginia Igualou o recorde para o maior numero de nocautes nos Meio Médios.
Derrota 20-16   Donald Cerrone Nocaute (chute na cabeça) UFC 206: Holloway vs. Pettis 10/12/2016 3 0:34   Toronto, Ontario
Derrota 20-15   Jake Ellenberger Nocaute Técnico (chute no corpo e socos) UFC 201: Lawler vs. Woodley 30/07/2016 1 1:46   Atlanta, Georgia
Derrota 20-14   Demian Maia Finalização (mata leão) UFC 198: Werdum vs. Miocic 14/05/2016 3 4:31   Curitiba, Paraná
Vitória 20-13   Tim Means Finalização (guilhotina) UFC 189: Mendes vs. McGregor 11/07/2015 1 4:44   Las Vegas, Nevada
Derrota 19-13   Johny Hendricks Decisão (unânime) UFC 185: Pettis vs. dos Anjos 14/03/2015 3 5:00   Dallas, Texas
Derrota 19-12   Robbie Lawler Decisão (unânime) UFC on Fox: Lawler vs. Brown 27/07/2014 5 5:00   San Jose, California Luta da Noite.
Vitória 19-11   Erick Silva Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: Brown vs. Silva 10/05/2014 3 2:11   Cincinnati, Ohio Performance da Noite, Luta da Noite.
Vitória 18-11   Mike Pyle Nocaute (joelhada e socos) UFC Fight Night: Shogun vs. Sonnen 17/08/2013 1 0:29   Boston, Massachusetts Nocaute da Noite.
Vitória 17-11   Jordan Mein Nocaute Técnico (socos) UFC on Fox: Henderson vs. Melendez 20/04/2013 2 1:00   San Jose, Califórnia Luta da Noite.
Vitória 16-11   Mike Swick Nocaute (socos) UFC on Fox: Henderson vs. Diaz 08/12/2012 2 2:31   Seattle, Washington
Vitória 15-11   Luis Ramos Nocaute Técnico (joelhada e socos) UFC on FX: Maynard vs. Guida 22/06/2012 2 4:20   Atlantic City, New Jersey
Vitória 14-11   Stephen Thompson Decisão (unânime) UFC 145: Jones vs. Evans 21/04/2012 3 5:00   Atlanta, Georgia
Vitória 13-11   Chris Cope Nocaute Técnico (socos) UFC 143: Diaz vs. Condit 04/02/2012 2 1:19   Las Vegas, Nevada
Derrota 12-11   Seth Baczynski Finalização (guilhotina) UFC 139: Shogun vs. Henderson 19/11/2011 2 0:42   San Jose, California
Vitória 12-10   John Howard Decisão (unânime) UFC Live: Kongo vs. Barry 26/06/2011 3 5:00   Pittsburgh, Pennsylvania
Derrota 11-10   Brian Foster Finalização (guilhotina) UFC 123: Rampage vs. Machida 20/11/2010 2 2:11   Auburn Hills, Michigan
Derrota 11-9   Chris Lytle Finalização (chave de braço) UFC 116: Lesnar vs. Carwin 03/07/2010 2 2:02   Las Vegas, Nevada
Derrota 11-8   Ricardo Almeida Finalização (mata leão) UFC 111: St. Pierre vs. Hardy 27/03/2010 2 3:30   Newark, New Jersey
Vitória 11-7   James Wilks Nocaute Técnico (socos) UFC 105: Couture vs. Vera 14/11/2009 3 2:26   Manchester
Vitória 10-7   Pete Sell Nocaute Técnico (socos) UFC 96: Jackson vs. Jardine 07/03/2009 1 1:32   Columbus, Ohio
Vitória 9-7   Ryan Thomas Finalização (chave de braço) UFC 91: Couture vs. Lesnar 15/11/2008 2 0:57   Las Vegas, Nevada
Derrota 8-7   Dong Hyun Kim Decisão (dividida) UFC 88: Breakthroungh 06/09/2008 3 5:00   Atlanta, Georgia
Vitória 8-6   Matt Arroyo Nocaute Técnico (socos) The Ultimate Fighter 7 Finale 21/06/2008 2 3:40   Las Vegas, Nevada Estréia no UFC
Derrota 7-6   Chris Lytle Finalização (guilhotina) United Fight League 11/08/2007 2 2:49   Indianapolis, Indiana
Vitória 7-5   Dan Kolbasowski Finalização (chave de braço) FightFest: Black and Blues Tour 06/07/2007 1 1:37   Cleveland, Ohio
Derrota 6-5   Daniel Moraes Finalização (chave de braço) GFC: Evolution 19/05/2007 1 2:32   Columbus, Ohio
Derrota 6-4   Jesse Chilton Finalização (triangulo de braço) Next Level Fighting 8 10/03/2007 3 3:23   Steubenville, Ohio
Vitória 6-3   Douglas Lima Nocaute Técnico (socos) ISCF: Night of Champions 09/02/2007 2 2:50   Tampa, Florida Ganhou o Título Meio Médio do ISCF.
Vitória 5-3   Matt Arroyo Nocaute Técnico (socos) ISCF: Invasion 04/11/2006 2 2:50   Atlanta, Georgia
Vitória 4-3   Jason Nickoson Finalização (triangulo) Fightfest 8 20/10/2006 1 0:51   Cleveland, Ohio
Derrota 3-3   Chris Liguori Finalização (mata leão) CITC 3: Marked Territory 30/09/2006 2 0:42   Lincroft, New Jersey
Derrota 3-2   Mikey Gomez Finalização (mata leão) Absolute Fighting Championships 17 24/06/2006 1 3:35   Boca Raton, Flórida
Vitória 3-1   Brian King Finalização (chave de braço) Broken Reflection 20/05/2006 1 3:27   Toledo, Ohio
Derrota 2-1   Pete Spratt Decisão (unânime) International Freestyle Fighting 1 06/05/2006 3 5:00   Fort Worth, Texas
Vitória 2-0   Joey Whitt Nocaute (socos) GFL: Brawl at the Buckeye 10/02/2006 1 0:39   Columbus, Ohio
Vitória 1-0   Ricardo Martinez Finalização Higher Power Fighting 08/10/2005 1 2:54   Lancaster, Ohio Estréia no MMA

Referências