Maurício Valladares

Maurício Valladares (Rio de Janeiro, 22 de julho de 1953)[1] é um fotógrafo, jornalista, radialista e DJ brasileiro.[2]

Maurício Valladares
Nascimento 22 de julho de 1953 (68 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Ocupação fotógrafo, jornalista, radialista e DJ

Aos 20 anos de idade, Valladares foi incentivado pela família para se dedicar à fotografia. O fotojornalismo era considerado por ele o que mais lhe interessava esteticamente. Viajou para a Inglaterra em 1973, onde testemunhou apresentações ao vivo das maiores bandas de rock da época. Saiu e retornou para a Inglaterra em 1975, onde permaneceu até 1982.[3]

Maurício é ligado ao mundo musical em suas quatro atividades profissionais. Como fotógrafo trabalhou com artistas da MPB e do rock nacional ao longo de sua carreira. Foi responsável pelas capas dos LP's dos Paralamas do Sucesso (Cinema Mudo e Os Grãos), Legião Urbana (Legião Urbana, primeiro LP da banda brasiliense) e Ed Motta (Piquenique). Foi fotógrafo do Jornal do Brasil e da Revista de Domingo, além de ser o fotógrafo oficial dos Paralamas do Sucesso, responsável por lançar um livro sobre a banda e 2006.[3][4] Suas prieiras fotos profissionais foram da banda Led Zeppelin, publicadas no jornal O Globo, em 1975 e em veículos de comunicação ingleses, como o semanário New Musical Express.[3] Seu trabalho fotográfico tem registros de artistas como Gilberto Gil, Lulu Santos, Rita Lee, Hermeto Pascoal, Bob Marley, David Bowie, Led Zeppelin e The Who.[2]

Como jornalista, Valladares atuou tanto escrevendo quanto fotografando para as publicações Jornal da Música, nos anos 1970, e posteriormente na Revista Bizz, Som Três e Pipoca Moderna.[4]

Em sua carreira de radialista, Valladares começou a trabalhar na Rádio Fluminense em 1982, após retornar de Londres, e foi responsável por lançar bandas internacionais desconhecidas do público brasileiro até então, como The Cure, New Order e U2, além de revelar bandas nacionais como Legião Urbana, Paralamas do Sucesso, Capital Inicial e Biquíni Cavadão. Também trabalhou na Rádio Globo FM e Rádio Cidade.[4]

Referências

  1. «Maurício Valladares». Dicionário Cravo Albin. Consultado em 3 de novembro de 2020 
  2. a b «Memorial Vale recebe fotógrafo das estrelas em mais uma edição do 'Foto em Pauta'». Hoje em Dia. Consultado em 3 de novembro de 2020 
  3. a b c «Fiel Espectador». Rolling Stone. Consultado em 3 de novembro de 2020 
  4. a b c «Maurício Valladares». Lurixs. Consultado em 3 de novembro de 2020