Mauri Sérgio Moura de Oliveira

político brasileiro

Mauri Sérgio Moura de Oliveira (Xapuri, 15 de setembro de 1954) é um servidor público e político brasileiro filiado ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB) que foi prefeito de Rio Branco.[1]

Mauri Sérgio
Vereador Rio BrancoRio Branco
Período 1983-1987
Deputado estadual do Acre
Período 1987-1991
Deputado federal pelo Acre
Período 1991-1996
Prefeito Rio BrancoRio Branco
Período 1997-2001
Antecessor(a) Jorge Viana
Sucessor(a) Flaviano Melo
Dados pessoais
Nascimento 15 de setembro de 1954 (66 anos)
Xapuri, AC
Cônjuge Maria de Nazaré Barbosa de Oliveira
Partido MDB (2018-2019)
MDB (1980-presente)
Profissão servidor público

Dados biográficosEditar

Filho de Sílvio Antonio Araújo de Oliveira e Maria Iris de Moura Oliveira. Filiado sucessivamente ao MDB e PMDB foi eleito vereador de Rio Branco em 1982 e deputado estadual em 1986 licenciando-se do mandato para assumir a Secretaria de Administração no governo Flaviano Melo[2] sendo eleito deputado federal em 1990 e 1994[1] e como parlamentar votou a favor do impeachment de Fernando Collor em 1992.[3]

Eleito prefeito de Rio Branco em 1996 abdicou ao mandato parlamentar em favor de Regina Lino e antes da posse teve que lidar com a decisão do vice-prefeito Chicão Brígido que renunciou ao cargo a fim de permanecer como deputado federal, porém o mesmo foi Secretário Especial de Representação Política e Cidadania entre maio e agosto de 1997 o que permitiu a convocação de Adelaide Neri. Mesmo com direito à reeleição preferiu apoiar a candidatura vitoriosa de Flaviano Melo no ano 2000. Após o término do mandato Mauri Sérgio disputou, sem sucesso, mandatos de deputado federal, vereador e deputado estadual.

Referências