Abrir menu principal

Meet Dave

filme de 2008 dirigido por Brian Robbins
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde março de 2018). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Meet Dave
Pequeno Grande Dave (PRT)
O Grande Dave[1] (BRA)
Capa do DVD.
 Estados Unidos
2008 •  cor •  90 min 
Direção Brian Robbins
Produção Jon Berg
David T. Friendly
Todd Komarnicki
Roteiro Rob Greenberg
Bill Corbett
Elenco Eddie Murphy
Elizabeth Banks
Gabrielle Union
Ed Helms
Scott Caan
Kevin Hart
Gênero comédia
ficção científica
Música John Debney
Cinematografia J. Clark Mathis
Edição Ned Bastille
Companhia(s) produtora(s) Regency Enterprises
Friendly Films
Dune Entertainment
Guy Walks Into a Bar Productions
Deep River Productions
Distribuição 20th Century Fox
Lançamento Estados Unidos 11 de julho de 2008
Brasil 8 de agosto de 2008
Portugal 4 de setembro de 2008
Idioma inglês
Orçamento US$58 milhões
Receita US$50,650,079
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Meet Dave, (br: O Grande Dave / pt: Pequeno Grande Dave) é um filme de comédia de ficção científica familiar dos Estados Unidos de 2008 dirigido por Brian Robbins e estrelado por Eddie Murphy. O filme foi escrito por Bill Corbett e Rob Greenberg.[2][3] O filme foi lançado pela 20th Century Fox e Regency Enterprises em 11 de julho de 2008.[2]

SinopseEditar

Em seu apartamento em Nova York, um garoto chamado Josh Morrison (Austyn Lind Myers) olha através de seu telescópio para um objeto caindo do céu. É uma esfera de metal do tamanho de uma bola de golfe que voa pela janela e cai em seu aquário, drenando de forma rápida a água junto com o peixinho. Ele decide mostrá-la na apresentação da aula de ciências de sua escola.

Alguns meses depois, uma bola de fogo enorme cai na água perto da Ilha da Liberdade. Ela é revelada como sendo uma nave espacial que se assemelha a um ser humano (Eddie Murphy), controlado por 100 pequenos alienígenas humanóides. O capitão (também interpretado por Murphy) pilota a nave espacial a partir do convés de comando localizado em sua cabeça, com a ajuda de seu segundo em comando Número 2 (Ed Helms), e a pesquisadora Número 3 (Gabrielle Union). A nave espacial parece muito com um humano, mas os alienígenas não sabem como agir em sociedade e a nave exibe inúmeros superpoderes. Enquanto isso, um policial supersticioso chamado Dooley (Scott Caan) tira o molde do "rosto" da nave, que ficou marcado o local do acidente, e, convencido de que está lidando com um alien, decide procurá-lo.

Os alienígenas precisam salvar seu planeta, Nil, de uma crise energética. Eles precisam de sal, que eles planejam conseguir drenando oceanos da Terra usando a esfera de metal, sendo que a missão deles é recuperá-la. Após a nave ser atropelada pela mãe solteira de Josh, Gina Morrison (Elizabeth Banks), o capitão decide fazer amizade com Gina e Josh, dizendo-lhes que seu nome é Dave Ming Cheng, com base em uma análise rápida de nomes comuns da Terra, e comentário de Gina que ele se parece mais com um Dave do que um Ming Cheng. Eles, então, veem a esfera em uma fotografia tirada na apresentação de ciências. Após um almoço com Gina, "Dave" vai para a escola de Josh, onde ele finge ser um professor substituto e, eventualmente, é capaz de falar com o garoto sozinho. Josh informa-o que a bola lhe foi tirada por um valentão e, com a ajuda do garoto, "Dave" a recupera.

O capitão (via Dave) passa algum tempo com Josh e Gina e percebe que os seres humanos são mais avançados do que eles pensavam, tendo sentimentos e amor, como testemunhar a pintura de Gina ou um homem sem-teto compartilhando seu cobertor com Dave quando ele dorme em uma porta. Ele decide cancelar o plano para drenar os oceanos porque isso iria destruir a vida na Terra. A polícia segue tentando rastrear e capturar Dave. Depois de passar muito tempo na Terra, a maioria da tripulação começa a apresentar novos "sentimentos". Número 2 decide que o comportamento do capitão e do restante da tripulação é inaceitável, então ele assume o comando e aprisiona o capitão. Sob o comando de Número 2, "Dave" foge da delegacia de polícia, sendo seguido pela polícia. Número 3, que tornou-se encantada com o capitão, fica com ciúmes de Gina. Ela coopera primeiro na mudança de comando, mas depois concorda com a opinião do capitão sobre os seres humanos. Ambos são capturados por Número 2, e são expulsos da nave espacial. Nesse meio tempo, Número 17 (Kevin Hart), um dos alienígenas, salta para fora da nave enquanto estava bêbado, a partir do álcool que Dave absorveu. O capitão pede desculpas a Número 3 por ignorá-la, admite que a ama e que quer ficar com ela. De volta à delegacia, Dooley descobre Número 17 em seu café e interroga-o para descobrir onde Dave está indo.

Número 2 leva Dave para o porto, onde ele tenta jogar a esfera de metal no oceano, mas é impedido pelo Capitão e Número 3, que conseguiram ganhar a reentrada na nave. Eles convencem o resto da tripulação que o verdadeiro capitão está no comando de novo. Reintegrado, ele ordena que Número 2 seja preso no "bumbum" da nave para sempre. Enquanto o capitão e Número 2 lutavam pelo controle da nave, a esfera de metal desliza da mão de "Dave" e rola para o oceano. O capitão tenta recuperar a esfera, mas é dito que eles só têm poder suficiente para recuperá-la e salvar a Terra, ou decolarem de volta para casa. O capitão decide salvar a Terra e o resto da tripulação concorda. A bola é recuperada, mas "Dave" desliga por falta de energia, enquanto Dooley e seu parceiro o alcançam e apontam suas armas para ele. Sem energia, os escudos de Dave são desativados, deixando a tripulação indefesa. Josh tenta dizer aos policiais que Dave é inofensivo, mas é ignorado. Ele então pega o taser de Dooley e usa em Dave, recarregando-o. O capitão e Número 3 se revelam para os policiais, que ficam boquiabertos. Número 1 se despede de Josh e Gina, dizendo que agora entende o amor, e Número 17 retorna á nave. Prestes a voar para longe, uma equipe do FBI chega e lança uma rede sobre a nave, derrubando-a. Enquanto os agentes do FBI lutar para prendê-lo, a tripulação de "Dave" evacua para a nave-reserva (um dos sapatos da nave) e volta para casa, deixando para trás tanto a nave maior quanto Número 2. Enquanto todos comemoram na nave-reserva, o capitão pede a mão de Número 3 em casamento. Ela aceita, eles se beijam e o filme termina com a música "Shining Star", do Earth, Wind & Fire.

ElencoEditar

ProduçãoEditar

 
Set do filme na Estátua da Liberdade em junho de 2007.

O roteirista Bill Corbett originalmente lançou a história para o SciFi.com, o site do Syfy, que anteriormente levou ao ar Mystery Science Theater 3000, onde Corbett trabalhou como escritor e ator. O conceito foi abandonado e Corbett, juntamente com outros ex-alunos mst3k, em vez disso desenvolveram a minisérie online The Adventures of Edward the Less para o site. Corbett mais tarde reviveu a idéia para um filme e discutiu isso com o amigo e colega escritor Rob Greenberg, que se tornaria seu parceiro de roteiro para o projeto. Apesar de ambos os escritores reconhecerem várias outras "pequenas pessoas dentro de grandes pessoas"[4] filmes assim tinham sido feitos no passado, Corbett pensou que o aspecto de um todo Star Trek como tripulação operando um orifício de um ser humano teria alguma originalidade.[4]

Durante as filmagens, Meet Dave foi transferido de Paramount Pictures (que lançou muitos dos primeiros filmes de Murphy) para 20th Century Fox.[4]

Meet Dave foi escrito sob o título Starship Dave, mas os executivos do estúdio insistiram em uma mudança de título, em parte, por causa do fraco desempenho de bilheteria de The Adventures of Pluto Nash, uma comédia de ficção científica que também estrelou Eddie Murphy em 2002. Corbett disse que os executivos também queriam que o título mudasse porque sentiram que tendo qualquer aparência de ficção científica no título iria isolar uma grande percentagem de audiências. Corbett, sem sucesso, argumentou contra a mudança do título, que ele descreveu como "além do genérico" e disse que era repetitiva de uma comédia lançada no início do ano chamado Meet Bill.[4]

Embora o projeto como ele foi originalmente concebido apelou para crianças e público um pouco mais velho, o roteiro final foi destinado a um público de base familiar, muito mais solidamente. Corbett e Greenberg escreveram o rascunho original e alguns projetos subsequentes e, apesar de terem sido dado os únicos créditos da escrita, Corbett disse que outros escritores "já brincavam através do script também"[4] incluindo um escritor sem nome, que passou uma semana adicionando o material depois da versão final ter sido apresentada. Uma grande quantidade de improviso e reescrita também foi feito no set, e Corbett e Greenberg tinham pouco controle criativo durante as filmagens. Corbett disse que a maioria das pessoas que trabalharam foram agradáveis e algumas das notas do estúdio foram úteis, mas que Meet Dave, em última análise sofria de umas "coisas muito cozidas."[4]

Filmagem era esperada para começar em março de 2007. No início de junho, eles estavam filmando cenas na Estátua da Liberdade, em Nova Iorque. Houve também algumas filmagens no início de 2007 em uma escola primária, em Pasadena, Califórnia.

Meet Dave começou a receber críticas e virulência meses antes de ser realmente lançado, especialmente pelos fãs de cinema obstinados comparando Corbett com o Comic Book Guy personagem em Os Simpsons. Greenberg gostava de ler os comentários negativos sobre o Internet Movie Database, enquanto Corbett disse que "em vez de tomar um banho de ácido"[4] do que lê-los. Corbett, que não viu o último filme até que depois de ter sido amplamente divulgado, disse que não sabia como o resultado final sairia:

Parte de mim é orgulhoso e quer possuir este filme, promovê-lo, geralmente celebrá-lo e estamos ansiosos para todas as possibilidades que podem surgir a partir da experiência. E uma parte igualmente reais de mim quer me trancar em um quarto escuro por um mês e fingir que nunca aconteceu. Por que o último? Porque a verdade é que eu não tinha um pouco de controle sobre o produto final, e Hollywood tende a chupar coisas. Muitas vezes, muito mal.[4]

Trilha sonoraEditar

Meet Dave: Original Motion Picture Soundtrack
Meet Dave
Trilha sonora de John Debney
Lançamento 18 de julho de 2008
Gênero(s) Trilha sonora, música cinematográfica
Duração 42:54
Gravadora(s) Varèse Sarabande

Meet Dave: Original Motion Picture Soundtrack foi composta por John Debney e lançado pela Varèse Sarabande. Ele gravou sua trilha com o Hollywood Studio Symphony na Newman Scoring Stage, em fevereiro de 2008.[5]

N.º Título Duração
1. "Orb Arrives On Earth"   1:33
2. "Dave Comes to Earth"   1:41
3. "Gina Runs Into Dave"   2:21
4. "Dave's System Check"   2:22
5. "Addressing the Crew"   1:00
6. "Drunken Man In Alley"   1:40
7. "Whipping Eggs"   1:13
8. "A Kiss In the Park"   0:56
9. "Welcome to Old Navy"   1:54
10. "Deli Robbers"   1:53
11. "Gina's Painting"   1:24
12. "Urban Camping With Dave"   1:32
13. "Dave to the Rescue"   1:19
14. "Standoff"   0:59
15. "I'm In Charge Now"   1:18
16. "Evil Dave Blasts Police Station"   1:22
17. "Reinforcements Arrive"   0:48
18. "Never Argue With a Female"   1:11
19. "Betrayal / Mini Dave and No. 3"   2:55
20. "Saved By the Bus / Dave's True Feelin"   1:31
21. "Hailing a Cab"   0:44
22. "The Battle Begins"   2:09
23. "I Am Dave Ming Chang"   2:04
24. "Saving Earth"   1:22
25. "Power Shutdown"   1:23
26. "Mini Dave Apologizes"   2:55
27. "Blast Off and Return"   2:12

LançamentoEditar

Eddie Murphy ignorou a estréia de Meet Dave, porque ele estava trabalhando em um novo filme, a comédia de 2012 A Thousand Words.[6] O roteirista Bill Corbett também perdeu a estréia, que segundo ele foi devido a planos de família, "não é um ato de protesto, por si só".[4]

RecepçãoEditar

BilheteriaEditar

Meet Dave abriu em 11 de julho de 2008, em 3,011 cinemas nos Estados Unidos e Canadá, e arrecadou um valor estimado de $5,300,000, ocupando o sétimo na bilheteria.[7] Executivo de distribuição da 20th Century Fox Bert Livingston disse sobre o fracasso que custou $55 milhões para fazer: "Foi um conceito difícil de atravessar. É perturbador para todos nós e para Eddie. Ele é muito engraçado nisso. Apenas que as pessoas suficiente não vieram."[8]

Além disso, em seu terceiro fim de semana, ele quebrou o recorde de maior número de perdas de cinema para um filme em grande lançamento, perdendo 2,523 cinemas.[9]

O filme arrecadou apenas $11,803,254 na bilheteria doméstica norte-americana. O filme teve melhor desempenho em outras partes do mundo, fazendo um registro no exterior de $38,846,825 e trazendo o bruto mundial para $50,650,079. O filme não conseguiu recuperar o seu orçamento de produção, tornando-se um bomba de bilheteria.

Resposta da críticaEditar

Meet Dave recebeu em sua maioria críticas negativas. Site Rotten Tomatoes dá ao filme uma pontuação de 19%, base em apenas 19 comentários positivos de 100.[10] Outro do mesmo gênero Metacritic deu ao filme um índice de aprovação de 43/100 com base em 26 comentários classificados nos comentários "mistos ou médios".

Fraco desempenho do filme tornou-se uma piada para comediantes, com Jay Leno dizendo que o título do filme ia ser alterado para Grande Dave: Nçai Blockbuster insinuando que o filme deveria ter sido um lançamento diretamente em vídeo. No episódio "Friends of Peter G" de Family Guy, durante o número da música "Mr. Booze", Carl mencionou que desde que ele começou a beber, ele nunca deixou o seu sofá e tem visto todos os filmes já feitos. Meet Dave é o primeiro filme chamado para fora, e Carl menciona que ele já viu.

Bill Corbett disse que gostaria de gravar uma faixa Meet Dave em RiffTrax, um site com comentários em áudio para download registrada por Mystery Science Theater 3000 Michael J. Nelson e outros comentaristas regulares, incluindo Corbett. Corbett disse que a faixa não era provável que jamais será registrado desde que comédias raramente funcionam como paródias.[4] A referência ao filme foi incluído no RiffTrax Presents em comentário para Planeta dos Macacos gravado por Matthew J. Elliott (em que ele sugeriu que a intenção original do cineasta tinha sido lançar o personagem de Charlton Heston para o espaço dentro de um gigante Eddie Murphy), bem como o comentário de The Day After Tomorrow gravado por Corbett e Kevin Murphy, em que Bill afirma que os fenômenos naturais que atingem Los Angeles eram "quase tão grande como um desastre de bilheteria de Hollywood como Meet Dave.

Foi nomeado para dois Framboesa de Ouro, Pior Ator (Eddie Murphy) e Pior Casal na Tela (Eddie Murphy em Eddie Murphy).[11]

Referências

  1. O Grande Dave no AdoroCinema (Brasil)
  2. a b Rechtshaffen, Michael (11 de julho de 2008). «Eddie Murphy falls to Earth in misguided comedy». Reuters 
  3. «Biography of Bill Corbett». RiffTrax. Consultado em 3 de maio de 2007 
  4. a b c d e f g h i j Corbett, Bill] (10 de julho de 2008). «Meat, Dave?». RiffTrax. Consultado em 2 de fevereiro de 2009. Arquivado do original em 5 de maio de 2009 
  5. Dan Goldwasser (19 de fevereiro de 2008). «John Debney scores Starship Dave». ScoringSessions.com. Consultado em 26 de fevereiro de 2008 
  6. «Eddie Murphy Misses His Movie Premiere». People. 9 de julho de 2008. Consultado em 2 de fevereiro de 2009 
  7. «Meet Dave (2008) - Weekend Box Office Results». Box Office Mojo. IMDB. Consultado em 13 de julho de 2008 
  8. «Demon rakes in millions at box office». CNN. 13 de julho de 2008. Consultado em 13 de julho de 2007 [ligação inativa] 
  9. «Biggest Theater Drops». Box Office Mojo. IMDB 
  10. «Meet Dave (2008)». Rotten Tomatoes. Flixster. Consultado em 12 de dezembro de 2012 
  11. http://www.razzies.com/history/29thNoms.asp

Ligações externasEditar