Megapnosaurus rhodesiensis


O Megapnosaurus rhodesiensis foi uma espécie de dinossauro carnívoro e bípede que viveu no início do período Jurássico. Media 2,2 metros de comprimento e pesava aproximadamente 13 quilogramas.[1]

Como ler uma infocaixa de taxonomiaMegapnosaurus rhodesiensis
Coelophysis rhodesiensis.JPG
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Superordem: Dinosauria
Ordem: Saurischia
Subordem: Theropoda
Família: Coelophysidae
Género: Megapnosaurus ou Coelophysis
Espécie: M. rhodesiensis ou C. rhodesiensis

O M. rhodesiensis viveu na África e seus fósseis foram encontrados no Zimbábue e possivelmente na África do Sul.[1] O M. rhodesiensis aparentemente teve papel importante na longa escala de evolução dos dinossauros, a partir dele teriam surgifo mais tarde outros pequenos terópodes. Era muito parecido com o Coelophysis bauri, mas suas patas traseiras eram proporcionalmente mais longas.[1]

Nomenclatura e classificaçãoEditar

A espécie foi originalmente colocada no gênero Syntarsus por M.A. Raath em 1969, mas, por já existir um gênero de besouros com este mesmo nome, Michael Ivie, Adam Ślipiński e Piotr Węgrzynowicz‭ moveram "Syntarsus" rhodesiensis para um novo gênero, Megapnosaurus, cujo nome significa "grande lagarto morto". A validade deste nome, porém, é controversa, pois Raath teria o direito de criar o novo nome, mas, por acharem que este havia morrido, Ivie, Slipinski e Węgrzynowicz‭ fizeram o nome substituto por conta própria. Mais tarde, passou-se a acreditar que Megapnosaurus rhodesiensis deva, na verdade, ser incluído no gênero Coelophysis,[2] embora uma análise filogenética de 2011 da família Coelophysidae tenha determinado que o "Coelophysis" rhodesiensis seja mais próximo do Camposaurus arizonensis do que do Coelophysis bauri.[3]


"Syntarsus" kayentakatae




Panguraptor lufengensis




Coelophysis bauri




Coelophysis rhodesiensis



Camposaurus arizonensis





Cladograma dos celofisídeos baseado na análise filogenética conduzida por Ezcurra & Brusatte, 2011.


Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c Paul, Gregory S. (2016). The Princeton Field Guide to Dinosaurs - 2nd edition. [S.l.]: Princeton Press 
  2. «Megapnosaurus». Prehistoric Wildlife. Consultado em 14 de Abril de 2018 
  3. Ezcurra, M. D., & Brusatte, S. L. (2011). Taxonomic and phylogenetic reassessment of the early neotheropod dinosaur Camposaurus arizonensis from the Late Triassic of North America. Palaeontology, 54(4), 763-772.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre dinossauros é um esboço relacionado ao Projeto Dinossauros e Animais Pré-Históricos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.