Abrir menu principal
Memorial Aeroespacial Brasileiro
MAB
Tipo Público
Inauguração 19 de fevereiro de 2004
Website www.mab.cta.br
Geografia
Localidade Bandeira de São José dos Campos.svgSão José dos Campos

 São Paulo

 Brasil


O Memorial Aeroespacial Brasileiro (MAB) é um museu brasileiro localizado no município de São José dos Campos, estado de São Paulo. Foi criado em 2004 pelo DCTA - Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (antigo CTA), com o objetivo de preservar a história da indústria aeroespacial do Brasil.[1]

Índice

EspaçosEditar

O MAB, que fica defronte ao Aeroporto de São José dos Campos e da principal unidade da Embraer, terceira maior fabricante de aeronaves do mundo e que nasceu dentro do DCTA, está instalado numa área de 75 mil metros quadrados que preserva a fauna e a flora existentes no campus. Abriga, além do salão de exposição, auditório com capacidade para 120 pessoas. Também estão disponíveis no local estacionamento e uma área para alimentação com vista para o lago.

Seu acervo está disposto em vários ambientes.[2]

Ambiente ensinoEditar

Conta com algumas curiosidades de 1950, como o primeiro aparelho de fax utilizado pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), e painéis que mostram a história do instituto.

Ambiente aeronáuticaEditar

O Ambiente Aeronáutica expõe as primeiras e as principais pesquisas do DCTA, incluindo motores, motor a álcool (veículo Dodge Polara, primeiro veículo à metanol do Brasil), e maquetes de ensaio em túnel de vento.

O segundo protótipo do Bandeirante, primeiro avião desenvolvido e fabricado no Brasil, e um painel dedicado ao tenente-brigadeiro-do-ar Paulo Victor da Silva, considerado o precursor da indústria aeronáutica brasileira, complementam esse setor da exposição.

Ambiente defesaEditar

Ambiente Defesa mostra itens pesquisados e desenvolvidos pelo DCTA e pelas empresas Avibras e Mectron, representando a indústria bélica brasileira com bombas, empenas, suporte com lançadores múltiplos e mísseis.

Ambiente espacialEditar

O Ambiente Espacial traz maquetes dos foguetes Sonda e do VLS-1 (Veículo Lançador de Satélites), semicoifas, propulsores, tubeira e protótipo do giroscópio a fibra óptica; entre outros.

Ambiente pesquisas associadasEditar

O Ambiente Pesquisas Associadas expõe as pesquisas de ponta realizadas pelos institutos do DCTA, como o protótipo de urna eletrônica em funcionamento nas eleições.

O espaço marechal-do-ar Casimiro Montenegro Filho homenageia o fundador do então CTA e do ITA. No local, estão expostos o acervo pessoal do marechal, doado pela família, e um painel com fotos e textos que retratam um pouco de sua vida.

Área de exposição externaEditar

Na área de exposição externa estão aeronaves de fabricação nacional e réplicas dos foguetes do Programa Espacial Brasileiro, entre os quais, em escala natural, o VLS (Veículo Lançador de Satélites), os aviões EMB 110 Bandeirante, EMB 120 Brasília, CBA-123 Vector, Emb-121 Xingu, Embraer 312 Super Tucano e o jato de ataque ítalo-brasileiro AMX[3][4]

Ver tambémEditar

Referências

  1. DCTA, Seção de Tecnologia da Informação -. «Memorial Aeroespacial Brasileiro». www.mab.cta.br. Consultado em 23 de janeiro de 2016 
  2. Campos, Prefeitura Municipal de São José dos. «Memorial Aeroespacial Brasileiro - MAB - Prefeitura Municipal de São José dos Campos». www.sjc.sp.gov.br. Consultado em 23 de janeiro de 2016. Arquivado do original em 31 de janeiro de 2016 
  3. Alexandre Galante. «Para não esquecer: MAB – Memorial Aeroespacial Brasileiro, em São José dos Campos-SP». Poder Aéreo - Forças Aéreas e Indústria Aeronáutica. Consultado em 23 de janeiro de 2016 
  4. «A história da indústria aeronáutica brasileira no Memorial Aeroespacial Brasileiro - AEROIN». AEROIN. Consultado em 23 de janeiro de 2016 

Ligações ExternasEditar