Mercado Municipal de Castro Verde

O Mercado Municipal de Castro Verde, igualmente conhecido como Centro de Promoção do Património e do Turismo, é um espaço público e comercial na vila de Castro Verde, na região do Baixo Alentejo, em Portugal.

Mercado Municipal de Castro Verde
Mercado Municipal de Castro Verde
Nomes alternativos Centro de Promoção do Património e do Turismo
Tipo
Construção 1981
Website Página oficial
Património Nacional
SIPA 26291
Geografia
País Portugal
Coordenadas 37° 41' 58.4" N 8° 05' 03.2" O
Mapa
Localização do edifício em mapa dinâmico

Descrição e história editar

O complexo está situado no centro da vila de Castro Verde, estando o Mercado Municipal situado na Rua de Mértola,[1] enquanto que o Posto de Turismo tem acesso pela Rua D. Afonso I, nas imediações da Igreja das Chagas do Salvador.[2]

O plano para o edifício foi elaborado em 1978 pelo arquitecto Jorge Viana, tendo as obras de construção decorrido entre 1980 e 1981.[1] Em Abril de 2011, a autarquia de Castro Verde iniciou o concurso para a remodelação do edifício do Mercado Municipal, no valor aproximado de 255 mil Euros, comparticipado por fundos comunitários,[3] tendo as obras sido entregues à empresa ICEBLOCK - Sociedade de Construções, S.A..[4] Esta intervenção tinha como finalidade melhorar as condições de funcionamento daquele espaço, e proceder à sua transformação no Centro de Promoção de Património e Turismo.[5] Desta forma, continuaria a ser utilizado como mercado, mas também passaria a albergar uma sala polivalente para exposições e ensaios de música coral, um posto de turismo, uma loja de produtos artesanais e três oficinas para artesãos.[6]

O Centro foi inaugurado em 17 de Outubro de 2012, como parte do programa da Feira de Castro, tendo a cerimónia incluído animação musical por parte dos alunos do programa Viola Campaniça da Escola Secundária de Castro Verde, e a exposição da obra A Janela, da artista Paula Maurício, entre outras iniciativas.[7] Na altura, o presidente da Câmara Municipal, Francisco Duarte, afirmou que o novo espaço era «importantíssimo no mosaico das infra-estruturas que temos para oferta a todos os que nos visitam. Porque assumindo-se como espaço de promoção turística, será a montra do nosso artesanato, dos nossos produtos tradicionais e da nossa especificidade local».[8] Em 4 de Dezembro desse ano, foram oficialmente inaugurados os espaços comerciais no Centro de Promoção de Património e Turismo, que na altura eram ocupados por estabelecimentos de fabrico de artesanato em cerâmica e de produtos relacionados com a apicultura, e uma loja para a sua comercialização.[9] A instalação destes estabelecimentos permitiu uma ampliação da oferta e a promoção dos produtos tradicionais do concelho, reforçando a ligação entre os produtores e consumidores.[9]

Ver também editar

Referências

  1. a b GORDALINA, Rosário (2007). «Mercado Municipal de Castro Verde». Sistema de Informação para o Património Arquitectónico. Direcção Geral do Património Cultural. Consultado em 31 de Março de 2021 
  2. «Posto de Turismo». Câmara Municipal de Castro Verde. Consultado em 31 de Março de 2021 
  3. «Castro Verde lança empreitada de remodelação do edifício do Mercado Municipal». Correio Alentejo. 11 de Abril de 2011. Consultado em 31 de Março de 2021 
  4. «Obras em curso» (PDF). O Campaniço (89). Castro Verde: Câmara Municipal de Castro Verde. Novembro de 2011. p. 8. Consultado em 5 de Agosto de 2021 
  5. «Mercado Municipal: Autarquia lançou concurso para empreitada de remodelação» (PDF). O Campaniço (87). Castro Verde: Câmara Municipal de Castro Verde. Maio de 2011. p. 5. Consultado em 17 de Julho de 2021 
  6. «Centro de Promoção do Património e do Turismo abre em Castro Verde». Diário do Alentejo. Ano LXXXI (1592). Beja: Associação de Municípios do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral. 26 de Outubro de 2012. p. 10. Consultado em 31 de Março de 2021 – via Issuu 
  7. «Centro de Promoção de Património e Turismo: Um novo espaço para promover o património do nosso território e potenciar o turismo» (PDF). O Campaniço (90). Castro Verde: Câmara Municipal de Castro Verde. Fevereiro de 2012. p. 9. Consultado em 8 de Agosto de 2021 
  8. «Castro Verde inaugura Centro de Promoção do Património e do Turismo». Correio Alentejo. 17 de Outubro de 2012. Consultado em 31 de Março de 2021 
  9. a b «Centro de Promoção de Património e Turismo: Oficinas / Lojas já abriram ao público» (PDF). O Campaniço (92). Castro Verde: Câmara Municipal de Castro Verde. Março de 2013. p. 5. Consultado em 4 de Agosto de 2021 
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre o Mercado Municipal de Castro Verde

Ligações externas editar


  Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.