Abrir menu principal

Mercedes-Benz Classe C

Mercedes-Benz Classe C
Visão Geral
Nomes
alternativos
Mercedes W202, W203, W204 e W205
Produção 1993-presente
Fabricante Mercedes-Benz, grupo Daimler AG

A Classe C é uma linha de modelos médio da Mercedes-Benz. Ela é oferecida em versão sedan, touring e coupe.

Foi Introduzido no mercado mundial em 1993 como um substituto para o 190, os C-Classe foram apelidados de "Baby Benz", como era o menor modelo da marca, até a chegada do Classe A em 1997. O primeiro sedã Classe C W202 foi produzido em 1 junho de 1993, a segunda geração do Classe C W203 saiu da linha de montagem em 18 de julho de 2000. A terceira geração do Classe C W204 foi lançado em 2007.

A plataforma do Classe C tem sido utilizada para vários cupês, incluindo o CLC-Class (e seu antecessor, o Classe C SportCoupé) e o cupê Classe E (e seu antecessor, o Classe CLK). Ela concorre diretamente, no Brasil, com os BMW Série 3, Audi A4 e Volvo S40 (Volvo V50).


Primeira geração (1993-2000)Editar

W202
Visão Geral
Produção 1993-2000
Modelo
Carroceria 4-portas Sedan

4-portas Perua

Ficha técnica
Motor Gasolina:

1,8–2,3 L M111 I4
2,8 L M104 I6
2,4–2,8 L M112 V6
3,6 L M104 I6 AMG
4,3 L M113-E43 V8 AMG
5,4 L M113-E55 V8 AMG
Diesel:
2,0-2,2 L OM604 I4
2,2 L OM611 I4
2,5 L OM605 I5

Transmissão Manual de 5/6 velocidades

Automático de 4/5 velocidades

Layout Motor dianteiro, tração traseira
Dimensões
Comprimento 4.505 mm
Entre-eixos 2.670 mm
Largura 1.720 mm
Altura 1.425 mm
 
 

Esta primeira geração da Classe C obteve sucesso em sua categoria. Seu estilo foi herdado do antecessor, W201 (190) porém com formas mais arredondadas e suaves. Este modelo sofreu uma leve reestilização no ano de 1997.

O Mercedes-Benz W202 é um carro executivo médio que foi produzido pela montadora alemã Mercedes-Benz em 1993-2000, sob o nome de modelo da classe C. Em maio de 1993, a primeira geração Mercedes-Benz C-Class foi introduzida como substituta do 190. O sedan C-Class era o modelo básico da empresa até 1997, quando a Mercedes-Benz lançou o menor A-Class. Os temas de estilo foram herdados da série W201 anterior, mas a nova série tinha um design mais suave e arredondado do que a geração anterior do compacto Mercedes-Benz.

O desenvolvimento começou em uma nova segunda geração de 190 em outubro de 1986, com o trabalho de design iniciando em 1987 sob Bruno Sacco. Em 1988, os primeiros modelos em escala real foram construídos. Em dezembro de 1988, havia sido reduzido para dois finalistas. O design final de Olivier Boulay foi escolhido em 1989 como a proposta vencedora e o design de produção foi congelado em janeiro de 1990, sendo posteriormente patenteado em 19 de dezembro de 1990.[1][2][3][4] Protótipos aproximados foram testados em 1989, com os primeiros protótipos de design de produção iniciando os testes em 1990.

Foram produzidos 1.847.382 modelos W202.[5]

SegurançaEditar

No lançamento, o Classe C possuía um airbag padrão para o motorista, ABS e proteção integrada contra impactos laterais; o airbag do passageiro dianteiro tornou-se padrão a partir de 1995 e, a partir do mesmo período, o controle de tração (ETS nos modelos de 4 cilindros, combinado com diferencial de deslizamento limitado (ASD) ou ASR nos modelos de 6 cilindros) estava disponível como custo extra. Em 1997, o ASR tornou-se padrão nos C 280s equipados com transmissão automática e no C 36 AMG, como ETS nos modelos de 4 cilindros, exceto no C 180 e no C 220 Diesel.

Com a reestilização de 1997, o ASR tornou-se padrão em todos os modelos, exceto nos diesel C 180 e C 220. Este último modelo continuou a oferecer o ETS disponível como custo extra. Além disso, os airbags laterais dianteiros e o Brake Brake (BAS) foram incluídos na lista de recursos de segurança padrão. Os dois modelos básicos finalmente aderiram à ASR em 1998 e, em 1999, o W202 foi o primeiro sedã compacto a oferecer ESP como padrão em toda a gama.

Modelo AMGEditar

 
1995 Mercedes C 36 AMG

Em 1995, a classe C recebeu seu primeiro modelo de desempenho genuíno, o C 36 AMG, para combater o novo BMW M3 de seis cilindros. Desenvolvido com a AMG, a casa de tuning que agora se tornara uma subsidiária da Daimler-Benz, possuía suspensão com regulagem de corrida (abaixada em 25 mm) e nos EUA, uma caixa de câmbio automática de quatro velocidades, seguida por um padrão caixa automática de cinco velocidades. O motor de 3.6 L produzia uma potência geral de 280 cv às 5750 rpm e 385 N⋅m às 4000 rpm. Mais tarde, a AMG admitiu que, uma vez que o motor foi montado manualmente, a potência pode variar um pouco de 276 hp a 287 hp (214 kW). O C36 AMG acelera para 97 km / h a 60 km / h a partir de uma parada em 5,8 segundos e a velocidade máxima é limitada eletronicamente a 250 km/h. A velocidade máxima ilimitada foi registrada em 272 km / h (169 mph). Apenas um total de 5200 C36 AMGs foi produzido.

No final de 1997 (modelo de 1998), a AMG lançou um novo carro-chefe da Classe C, o C 43 AMG, equipado com um V8 de 4,3 L, que agora podia atingir 310 cv a 5850 rpm, com um torque de 410 N⋅m a 3250 rpm. Ao contrário do C36, que na verdade era um C280 "pronto para vender" desmontado para ser afinado na fábrica da AMG, o C43 foi o primeiro carro AMG a ser completamente montado na fábrica da Mercedes após a aquisição da AMG pela Daimler-Benz na Alemanha. 1998. O C43 AMG pode atingir um tempo de 0 a 100 km/h em 5,7 segundos para a versão do sedan. O C43 foi o primeiro Classe C a ser equipado com um motor Mercedes-Benz V8.

 
Mercedes-Benz C 43 AMG (US)

Algumas diferenças foram relatadas entre a versão de 1998 e 2000, como o software ECU na versão de 2000, que parece fornecer melhores desempenhos da caixa de velocidades e vida útil mais longa da caixa de velocidades. O modelo 2000 também oferece a capacidade de inclinar com força o volante e mudar manualmente com um portão de mudança tiptronic para todos os W202 e letras estampadas AMG nas pinças de freio (apenas C43).

O carro foi fabricado por pouco mais de dois anos - do final de 1997 à primavera de 2000, para um total de 4.200 unidades, das quais 20% são propriedades e 80% bares, com apenas 25 veículos C 43 do modelo 2000 importado para os EUA.

O C43 é alimentado por uma versão ajustada do motor M113 V8 de 4,3 litros, originalmente encontrado no modelo W210 E 430. Após modificações, este motor fornece 306 PS (225 kW; 302 hp) a 5.850 rpm, até 410 N⋅m (302 lb⋅ft) de torque a 3.250 rpm-5.000 rpm (na manivela) e até 241 hp ( 180 kW) a 6.320 rpm, medidas nas rodas. De acordo com a Mercedes-Benz, o carro pode atingir 250,5 km / h, com limitação eletrônica de velocidade e 270 km / h, sem a transmissão. A transmissão é uma versão modificada por AMG do câmbio de cinco marchas. caixa de câmbio automática (722.6) encontrada no R129 SL 500 de 1998 a 2000. As principais modificações foram feitas para obter uma caixa de câmbio mais nítida e melhor adaptada às mudanças de velocidade mais altas. O sistema de freios também foi retirado do W210 E 55 AMG.

 
Mercedes-Benz C 43 AMG



Segunda geração (2000-2006)Editar

W203
Visão Geral
Produção 2000-2006
 
 

A segunda geração do Classe C foi introduzida em 2000, com um aspecto mais desportivo que a geração anterior, Com a frente inclinada e traseira curta. Suas linhas são similares ao do W220 Classe S. O sedã estreou com motores V6 a gasolina e em linha, quatro cilindros em linha e cinco a Diesel. A maioria dos motores foram herdadas do W202. Este modelo sofreu uma leva reestilização no início de ano de 2004.

Terceira geração (2007-2014)Editar

W204
Visão Geral
Produção 2007-2014
 
 

Este modelo sofreu uma leve reestilização no ano de 2010 para o modelo 2011.

Quinta geração (2014-presente)Editar

W205
Visão Geral
Produção 2014-presente
 
 

.


VendasEditar

Ano Brasil
2008[6] 2.023
2009[7] 1.828
2010[8] 3.996
2011[9] 6.394
2012[10] 4.579
2013[11] 5.022
2014[12] 4.649
2015[13] 7.638
2016[14] 4.485
2017[15] 4.926
2018[16] 5.281

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mercedes-Benz Classe C
  Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Patent USD346570 – Automobile – Google Patents
  2. http://register.dpma.de/DPMAregister/gsm/register?GSNR=M9008365-0001
  3. Mercedes-Benz-Blog: Mercedes-Benz-Blog TRIVIA: Meeting point Mercedes – 25 years of the C-Class
  4. europe.autonews.com/article/19970303/ANE/703030836/a-class-sets-new-record-for-mercedes
  5. «W202 Produktionszahlen». C-Klasse-Forum (em alemão). Consultado em 24 de novembro de 2019 
  6. «Emplacamentos de sedãs grandes em 2008». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  7. «Emplacamentos de sedãs grandes em 2009». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  8. «Emplacamentos de sedãs grandes em 2010». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  9. «Emplacamentos de sedãs grandes em 2011». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  10. «Emplacamentos de sedãs grandes em 2012». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  11. «Emplacamentos de sedãs grandes em 2013». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  12. «Emplacamentos de sedãs grandes em 2014». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  13. «Emplacamentos de sedãs grandes em 2015». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  14. «Emplacamentos de sedãs grandes em 2016». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  15. «Emplacamentos de sedãs grandes em 2017». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  16. «Emplacamentos de sedãs grandes em 2018». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2019