Mercedes-Benz Group

Nota: "Daimier AG" redireciona a este artigo. Para outros significados veja Daimler.

Mercedes-Benz Group com sede em Stuttgart, Alemanha, é um fabricante de automóveis de passageiros e veículos comerciais. A Daimler-Benz foi formada com a fusão da Benz & Cie. e Daimler-Motoren-Gesellschaft em 1926. A empresa foi renomeada para DaimlerChrysler ao adquirir a fabricante de automóveis estadunidense Chrysler Corporation em 1998, e foi novamente renomeada como Daimler AG após vender a Chrysler em 2007. Em 2022, para fazer uma estratégia nas politicas da empresa, a Daimler foi renomeada para Mercedes-Benz Group.[1] A sua marca mais conhecida é a Mercedes-Benz. É o 2ª maior fabricante de camiões[carece de fontes?] e a 36ª maior fabricante de carros (2013).[2] A empresa também é fornecedora de serviços financeiros.[3]

Mercedes-Benz Group
Mercedes-Benz Group
Razão social Mercedes-Benz Group AG
Nome(s) anterior(es) Daimler-Benz (1926-1998)
DaimlerChrysler (1998-2007)
Daimler AG (2007-2022)
Empresa de capital aberto
Cotação FWBMBG
Atividade Indústria Automotiva
Fundação 28 de junho de 1926 (97 anos)
Sede Mercedesstr. 137
70327 Stuttgart
Baden-Württemberg,  Alemanha
Área(s) servida(s) Mundo
Proprietário(s) Investidores institucionais (69,9%)
Investidores privados (20,1%)
Kuwait Investment Authority (6,9%)
Renault-Nissan (3,1%)
Pessoas-chave Dieter Zetsche (CEO, Presidente do Conselho Executivo)
Empregados 304.000 (2019)
Produtos Automóveis, Motores, Eixos, Transmissões, Componentes, Engenharia, Finanças
Subsidiárias
Faturamento €129.872 bilhões (2014)
Antecessora(s) Benz & Cie. (1883–1926)
Daimler-Motoren-Gesellschaft (1890–1926)
Website oficial www.daimler.com

Em 2014, a Daimler AG possui ações numa série de marcas de comidas, bebidas, camisetas, carros, autocarros, caminhões e motociclos, incluindo Mercedes-Benz, Mercedes-AMG, o Smart Automobile, Freightliner, Western Star Trucks, Thomas Built Buses, Setra, BharatBenz, Mitsubishi Fuso,[4][5][6] bem como ações na Denza, KAMAZ, Beijing Automotive Group, Tesla Motors, MV Agusta e Renault-Nissan. A marca Maybach foi fechada no final de 2012, mas foi recriada em novembro de 2014 como "Mercedes-Maybach", uma edição ultra luxuosa do Mercedes-Benz Classe S.

História

editar

Em 14 de maio de 2007, foi anunciada a venda da Chrysler para o Cerberus Capital Management, tendo em vista a não-realização das sinergias prevista na época da fusão.[7] Consequentemente, a DaimlerChrysler mudou seu nome para Daimler.

Em setembro de 2019, a Daimler anunciou que irá acabar com o desenvolvimento de novos motores de combustão, passando a dedicar os seus recursos aos veículos eléctricos.[8] Em 2019, a Daimler tem cerca de 304 000 funcionários em todo o mundo.

Em novembro de 2019, anunciou que iria eliminar pelo menos dez mil empregos em todo o mundo até 2022 para financiar a transição para os veículos elétricos.[9]

Cronologia da empresa

editar
  • Benz & Company, 1883-1926
  • Daimler Motoren Gesellschaft, 1890-1926
  • Daimler-Benz, 1926-1998
  • DaimlerChrysler, 1998-2007
  • Daimler, 2007-2022
  • Mercedes-Benz Group, 2022-Atualmente

Marcas

editar
  • Daimler Trucks
    • Commercial vehicles
      • Freightliner
      • Mercedes-Benz (truck group)
      • Mitsubishi Fuso
      • Thomas Built Buses
      • Sterling Trucks
      • Western Star
      • BharatBenz
    • Componentes
      • Alliance Truck Parts
      • Detroit Diesel
  • Daimler Buses
    • Mercedes-Benz Buses
    • Orion Bus Industries
    • Setra
  • Mercedes-Benz Vans
    • Mercedes-Benz (vans group)
  • Daimler Financial Services
    • Mercedes-Benz Bank
    • Mercedes-Benz Financial
    • Daimler Truck Financial


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Imagens e media no Commons


Notas e Referências

  1. «Daimler rebranded as Mercedes-Benz AG». Autocar (em inglês). 1 de fevereiro de 2022. Consultado em 6 de janeiro de 2023 
  2. «Global 2000: World's Biggest Auto Companies 2013». Forbes (em inglês). 17 de abril de 2013. Consultado em 6 de janeiro de 2023 
  3. «Welcome to Daimler Mobility». Daimler Mobility AG (em inglês). Consultado em 6 de maio de 2021 
  4. «Daimler – Brands & Products». Daimler AG (em inglês). Consultado em 6 de janeiro de 2023. Arquivado do original em 7 de novembro de 2015 
  5. «Six Brands of our Trucks». Daimler Truck AG (em inglês). Consultado em 6 de janeiro de 2023 
  6. «Mercedes-Benz Group at a Glance». Mercedes-Benz Group (em inglês). Consultado em 6 de janeiro de 2023 
  7. "Cerberus Takes Over Majority Interest in Chrysler Group and Related Financial Services Business for EUR 5.5 Billion (US$ 7.4 billion) from DaimlerChrysler Arquivado em 16 de maio de 2007, no Wayback Machine.." DaimlerChrysler: Relato da imprensa, 14 de maio de 2007.
  8. «Daimler stops developing internal combustion engines to focus on electric cars» (em inglês). Electrek. 19 de outubro de 2019 
  9. «Daimler quer eliminar pelo menos dez mil empregos para financiar transição para veículos elétricos». SAPO. Consultado em 29 de novembro de 2019 

Ligações externas

editar
  Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.