Metalurgia (banda)

Banda Metalurgia foi um grupo musical de jazz-rock instrumental formado em São Bernardo do Campo em 1982,[1] mesmo ano no qual o grupo gravou o disco homônimo que foi considerado o melhor disco instrumental do ano.[2][3] O grupo é um exemplo por onde passaram músicos de grande destaque nacional, como o trombonista Bocato e o baterista Cláudio Baeta.[4] Bocato liderou a Banda Metalurgia e se estabeleceu como um dos melhores instrumentistas do país.[5] Nas composições do grupo, a presença da guitarra é bastante explorada, muito próxima aos discos do jazz-rock internacional, mas sempre em diálogo com elementos percussivos “abrasileirados”, de bases de samba, e com a presença marcante dos muitos instrumentos metais.[6] O nome da banda era um trocadilho com a presença de instrumentos de sopro na banda e as "origens metalúrgicas" de parte dos músicos.[7]

Banda Metalurgia
Informação geral
Origem São Bernardo do Campo
País  Brasil
Gênero(s) jazz-rock instrumental
Período em atividade 1981-1984
Gravadora(s) Som da Gente
Afiliação(ões) Vanguarda Paulista
Ex-integrantes Bocato
Claudinho Baeta

Histórico

editar

A banda Metalurgia foi formada em 1981 na cidade de São Bernardo do Campo.[6] Era o mesmo núcleo de instrumentistas que acompanhava, naquele momento, Elis Regina, entre eles, Claudio Faria, Norberto Camargo, Lino Simão e, principalmente, Itacyr Bocato Júnior, que é o principal compositor e responsável pela gestão da carreira artística da banda. Sobre a importância do contato com Elis na sua trajetória, o trombonista comenta:

Das bandas que compõem o leque da Vanguarda Paulista Instrumental, a Metalurgia é a única que não é radicada na capital de São Paulo.[6] Mesmo sendo da grande ABC, parece enfrentar alguns obstáculos e dificuldades para se inserir no contexto mais amplo de shows e produções relacionados ao pessoal da canção e, principalmente, às bandas de jazz instrumental próximas do Lira Paulistana[8] e da cena independente da capital.[6] A banda lançou um único LP (homônimo), em 1982, pelo selo exclusivamente instrumental Som da Gente.[6] Em 2001, o músico Charles Gavin afirmou que sonhava em levar para a Abril Music o catálogo do selo Som da Gente.[9] Apesar de efêmera, parte dos músicos da banda voltaram a se reunir em 2014 em comemoração aos 461 anos de São Bernardo do Campo, no Parque Municipal Engenheiro Salvador.[10] A banda foi um dos temas do segundo episódio do programa "Projeto Territórios Sonoros do ABC", intitulado "Cidades das Máquinas Sonoras".[11]


Integrantes

editar

Discografia

editar
  • Banda Metalurgia (1982)

Veja também

editar

Notas e referências

  1. «Biografia no Cravo Albin». dicionariompb.com.br. Consultado em 30 de março de 2013 
  2. «Site GD - Jornalismo Comunitário». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 20 de fevereiro de 2024 
  3. Sharine, Por ASCOM SP (24 de agosto de 2017). «Bocato homenageia Wayne Shorter na Funarte SP – Notícias Antigas – FUNARTE». Consultado em 20 de fevereiro de 2024 
  4. Ribeiro, Dalmir (23 de dezembro de 2021). «Cidades das Máquinas Sonoras | TERRITÓRIOS SONOROS DO ABC». Sesc São Paulo. Consultado em 20 de fevereiro de 2024 
  5. Calado, author: Carlos. «Bocato: trombonista quer mais experimentalismo na cena instrumental». Consultado em 20 de fevereiro de 2024 
  6. a b c d e f Ruiz, Renan Branco (2021). «A Vanguarda Paulista Instrumental: jazz e música popular brasileira instrumental na grande São Paulo (1976-1986)». Música Popular em Revista. 8: 27 
  7. Faria, Arthur de (11 de agosto de 2016). Elis: Uma biografia musical. [S.l.]: Arquipelago Editorial Ltda 
  8. Oliveira, Laerte Fernandes de (2002). Em um porão de São Paulo: o Lira Paulistana e a produção alternativa. [S.l.]: Annablume 
  9. «Cliquemusic : Matéria : Charles Gavin resgata as pérolas da Sony». www.cliquemusic.com.br. Consultado em 20 de fevereiro de 2024 
  10. «Ex-integrantes da Banda Mirim do Baeta Neves se juntam». Imprensa ABC (em inglês). 17 de agosto de 2014. Consultado em 20 de fevereiro de 2024 
  11. «Escola Livre de Cinema e Vídeo de Santo André». m.elcv.art.br. Consultado em 20 de fevereiro de 2024 
  12. «Folha de S.Paulo - Show: Em "Tributo a Pixinguinha" Bocato dá toque jazzístico ao compositor - 09/06/97». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 20 de fevereiro de 2024 
  13. a b Comunicação. «Tributo a músicos da Banda Mirim Baeta Neves dá o tom em sessão solene na Câmara Municipal». www.camarasbc.sp.gov.br. Consultado em 20 de fevereiro de 2024 
   Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.