Abrir menu principal

Os meteoritos HED são um clã (subconjunto) de Acondritos. As letras que forma a sigla (HED) surgia a partir dos três grupos que os compõem, ou seja, howarditos, eucritos e diogenitos.[1] Estes Acondritos tem sua originado a partir de um corpo-mãe diferenciado dos demais e experimentaram um extenso processo ígneo bastante semelhante ao sofrido por rochas magmáticas na Terra. Por esta razão, mais se assemelham às rochas ígneas da Terra.[2]

ClassificaçãoEditar

 
O meteorito Johnstown, um diogenito.

Os meteoritos HED são classificados como:

Os dois últimos grupos contêm um grande número de subgrupos.

Os meteoritos HED compõem cerca de 5% de todas as quedas,[3] que são constituídos por cerca de 60% ​​de acondritos.[4]

OrigemEditar

 
O protoplaneta 4 Vesta.

Acredita-se que todos esses meteoritos tenha se originado na crosta do protoplaneta 4 Vesta, as diferenças são da responsabilidade da história geológica da rocha-mãe. Seus estágios de cristalização foram determinadas a partir dos coeficientes de radioisótopos, entre 4,43 e 4,55 milhões de anos. Os meteoritos HED são meteoritos diferenciados, que foram criados por processos ígneos produzidos no córtex do corpo-mãe.

Referências

  1. «Meteoritos». Meteoritos Brasil. Consultado em 8 de dezembro de 2014 
  2. «HED Group - Meteorites from Vesta» (em inglês). Consultado em 8 de dezembro de 2014 
  3. «Meteoritical Bulletin Database» (em inglês). Consultado em 8 de dezembro de 2014 
  4. «Populations, Pairing and Rare Meteorites in the U.S. Antarctic Meteorite Collection» (em inglês). Consultado em 8 de dezembro de 2014. Arquivado do original em 4 de dezembro de 2004 

Ligações externasEditar