Michael Regan

político norte-americano
(Redirecionado de Michael S. Regan)

Michael Stanley Regan é um regulador ambiental americano que atualmente serve como Administrador da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (a EPA, na sigla em inglês) no governo Joe Biden. Antes disso serviu como secretário do Departamento de Qualidade Ambiental da Carolina do Norte. Ele é um ex-especialista na qualidade do ar da EPA. A 17 de dezembro de 2020, foi relatado que o presidente eleito Joe Biden selecionou Regan para servir como administrador da Agência de Proteção Ambiental em seu governo,[1] assumindo este cargo em 10 de março de 2021, após sabatina e votação no Senado.[2]

Michael Regan
16º Administrador da Agência de Proteção Ambiental
Período 11 de março de 2021 até a atualidade
Presidente Joe Biden
Antecessor(a) Andrew R. Wheeler
2º Secretário do Departamento de Qualidade Ambiental da Carolina do Norte
Período 3 de janeiro de 2017 – presente
Governador Roy Cooper
Antecessor(a) Donald van der Vaart
Dados pessoais
Nome completo Michael S. Regan
Nascimento 6 de agosto de 1976 (44 anos)
Goldsboro, Carolina do Norte
Nacionalidade norte-americano
Alma mater Universidade Agrícola e Técnica do Estado da Carolina do Norte
Universidade George Washington
Esposa Melvina Regan
Filhos 1
Profissão Ecologista

Educação e JuventudeEditar

Regan nasceu em Goldsboro, na Carolina do Norte. Ele frequentou a Universidade Agrícola e Técnica do Estado da Carolina do Norte, onde formou-se em Ciências da Terra e do meio ambiente. Ele então frequentou a Universidade George Washington em Washington, DC, onde recebeu o título de Mestre em Administração Pública.[3]

CarreiraEditar

Regan começou a sua carreira como regulador ambiental da Agência de Proteção Ambiental durante a administração Clinton e a administração Bush de 1998 a 2008.[4] Ele então ingressou no Fundo de Defesa Ambiental (EDF), onde tornou-se vice-presidente associado de energia limpa e diretor regional do Sudeste.[5] Ele permaneceu no EDF por mais de oito anos.[6]

Departamento de Qualidade Ambiental da Carolina do NorteEditar

Em 2017, o governador da Carolina do Norte, Roy Cooper, escolheu Regan para servir como secretário do Departamento de Qualidade Ambiental da Carolina do Norte.[7] Durante seu mandato, ele lançou o Conselho de Justiça e Equidade Ambiental do estado com uma carta para aconselhar o secretário sobre a melhor forma de promover a justiça ambiental e promover o envolvimento da comunidade, especialmente em comunidades historicamente carentes e marginalizadas.[8] Ele também trabalhou para desenvolver o Plano de Energia Limpa do estado, que visa reduzir as emissões de gases de efeito estufa do setor privado até 2030, e finalmente, avançar para a neutralidade de carbono até 2050.[9] O plano também descreve recomendações e metas para acelerar as inovações em tecnologias de energia limpa, enquanto cria oportunidades para comunidades rurais e urbanas em toda a Carolina do Norte.[10] Além disso, Regan supervisionou o conselho interinstitucional de mudança climática do estado, que tem trabalhado para fazer avançar a promessa do governador Cooper de alcançar a neutralidade de carbono até 2020.[1]

Em janeiro de 2020, Regan assinou um acordo com a Duke Energy para a maior limpeza de contaminação por cinzas de carvão da história dos Estados Unidos. A empresa comprometeu-se a escavar 80 milhões de toneladas de cinzas em sete dos nove depósitos de cinzas de carvão.[11] Em 2018, ele aprovou licenças para oOleoduto da Costa Atlântica , embora o projeto tenha sido posteriormente cancelado.[12]

Administrador da Agência de Proteção AmbientalEditar

A 17 de dezembro de 2020, membros da equipe de transição do presidente eleito Joe Biden disseram à imprensa que o presidente eleito indicaria Regan para servir como o próximo administrador da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos. Se confirmado, Regan tornar-se-ia o primeiro homem negro a dirigir a agência e seria responsável por ajudar a avançar o compromisso do governo Biden de combater as mudanças climáticas, promover inovações em energia verde e abordar os efeitos do racismo ambiental.[13]

Vida pessoalEditar

Regan mora em Raleigh, Carolina do Norte com sua esposa, Melvina, e com o filho.[14]

Referências

  1. a b Friedman, Lisa (17 de dezembro de 2020). «Michael Regan, Biden's E.P.A. Pick, Faces 'Massive Reconstruction and Rebuilding'». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 3 de janeiro de 2021 
  2. Friedman, Lisa (10 de março de 2021). «Senate Confirms Biden's Pick to Lead E.P.A.». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 10 de março de 2021 
  3. «NC DEQ: Michael S. Regan». deq.nc.gov. Consultado em 3 de janeiro de 2021 
  4. «Biden to tap North Carolina environmental regulator Regan to head EPA». POLITICO (em inglês). Consultado em 3 de janeiro de 2021 
  5. «N.C. Governor Roy Cooper names Michael Regan as secretary of environment». Environmental Defense Fund (em inglês). Consultado em 3 de janeiro de 2021 
  6. «Biden needs an EPA chief. Here's the shortlist.». Grist (em inglês). 14 de dezembro de 2020. Consultado em 3 de janeiro de 2021 
  7. «Biden picks Regan for EPA nominee, Haaland for interior head». Hosted (em inglês). 17 de dezembro de 2020. Consultado em 3 de janeiro de 2021 
  8. «NC DEQ: DEQ announces the creation of a Secretary's Environmental Justice & Equity Board». deq.nc.gov. Consultado em 3 de janeiro de 2021 
  9. «Biden Names Michael Regan as EPA Head | Voice of America - English». www.voanews.com (em inglês). Consultado em 3 de janeiro de 2021 
  10. «NC environmental official a contender to lead EPA in Biden administration, sources say». 15 de dezembro de 2020. Consultado em 3 de janeiro de 2021 
  11. Knickmeyer, Ellen. «Biden picks NC environmental chief Michael S. Regan to lead EPA». The Asheville Citizen Times (em inglês). Consultado em 3 de janeiro de 2021 
  12. Reporter, Chronicle. «Regan to Be Named to Head EPA» (em inglês). Consultado em 3 de janeiro de 2021 
  13. «Biden Administration: Here's Who Has Been Named So Far». NPR.org (em inglês). Consultado em 3 de janeiro de 2021 
  14. «NC DEQ: Michael S. Regan». deq.nc.gov. Consultado em 3 de janeiro de 2021