Abrir menu principal
Michel Aoun
Presidente do Líbano
Período 31 de outubro de 2016
a atualidade
Antecessor Tammam Salam (interino)
Dados pessoais
Nascimento 22 de setembro de 1933 (86 anos)
Haret Hreik, Líbano
Partido Movimento Patriótico Livre
Religião Católico Maronita
Profissão Político e militar

Michel Naim Aoun (em árabe: ميشال عون, Haret Hreyk, Baabda, 18 de fevereiro de 1935) é o atual presidente do Líbano, líder do Movimento Patriótico Livre, uma coalizão de maioria cristã, com uma visão secular da política e atual aliado do Hezbollah.

De 22 de setembro de 1988 a 13 de outubro de 1990, Aoun serviu como primeiro-ministro da facção legal dos dois governos rivais em disputa pelo poder na época. Ele declarou "guerra de libertação" contra a ocupação da Síria em 14 de março de 1989.[1] Em 13 de outubro de 1990, as forças sírias invadiram Beirute matando centenas de soldados e civis desarmados; o General Aoun foi detido pela Síria e enviado ao exílio forçado, fugindo para a embaixada francesa e, posteriormente, foi autorizado a viajar para a França. Ele voltaria para o Líbano em 7 de maio de 2005, 11 dias após a retirada das tropas sírias.

Em 2006, como chefe do Movimento Patriótico Livre (FPM), assinou um Memorando de Entendimento com o Hezbollah. Ele visitou a Síria em 2009. [2][3] Aoun é um membro do Parlamento; liderando o Partido do Movimento Patriótico Livre, que tem 27 representantes e é o segundo maior bloco no Parlamento.

Referências

  1. «Aoun, Michel (Naïm)» por rulers.org
  2. «Profile: Michel Aoun». BBC News. 13 de Junho de 2005 
  3. Gambill, Gary C. (13 de Maio de 2003). «The Syrian Occupation of Lebanon». The Middle East Forum 
Comandos Militares
Precedido por
Ibrahim Tannous
Comandante das Forças Armadas Libanesas
1984-1990
Sucedido por
Emile Lahoud
Cargos políticos
Precedido por
Amine Gemayel
Presidente do Líbano
interino

1988–1990
Sucedido por
Elias Hrawi
Precedido por
Selim al-Hoss
Primeiro-ministro do Líbano
1988–1990
Sucedido por
Selim al-Hoss
Escritórios de partidos políticos
Precedido por:
Novo Partido
Líder do Movimento Patriótico Livre Sucedido por:
incumbente