Michel Ferdinand d'Albert d'Ailly

Michel Ferdinand d'Albert d'Ailly, duque de Picquigny, seguidamente (1744) duque de Chaulnes (31 de dezembro de 1714Paris, 23 de setembro de 1769) foi um físico, astrônomo e aristocrata francês. É o pai do físico Louis Joseph d'Albert d'Ailly (1741-1793).

Michel Ferdinand d'Albert d'Ailly
Nascimento 31 de dezembro de 1714
Versalhes
Morte 23 de setembro de 1769 (54 anos)
Paris
Cidadania França
Filho(s) Louis Joseph d'Albert d'Ailly
Ocupação físico, astrônomo
Título Duke of Chaulnes

Como astrônomo e físico, interessou-se particularmente pelos instrumentos científicos e suas coleções. Empregou a maior parte do seu tempo construindo instrumentos e colecionando uma prodigiosa quantidade de objetos raros e curiosos recolhidos no Egito, na Grécia e na China, desde bronzes antigos até amostras de história natural.

PublicaçõesEditar

  • Nouvelle Méthode pour diviser les instruments de mathématiques, na Description des arts et métiers, publicada pela Académie des sciences, 1768, in-fol. de 44 p.
  • Description d'un microscope et de différents micromètres destinés à mesurer des parties circulaires ou droites avec la plus grande précision, Paris, in-fol. de 18 p.
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.