Mictlantecuhtli

deus do povo asteca que governa camada mais profunda do submundo Mictlan
Mictlantecuhtli
Estatueta de Mictlantecuhtli, no Museu Britânico, Londres
Outro(s) nome(s) Micli, Mictlantecuhtli, Senhor do Reino dos Mortos
Reino última camada do submundo
Símbolo aranha, coruja e morcego
Cônjuge(s) Mictecacihuatl
Pais povo mesoamericano pré-hispânico
Região asteca
Festividade Dia dos Mortos

Mictlantecuhtli, também chamado por Micli ou Mictlantecuhtli (na língua asteca Senhor do Reino dos Mortos), marido de Mictecacihuatl, é um deus do povo mesoamericano pré-hispânico asteca, governante da camada mais profunda do submundo, denominada Mictlan, e também é o deus regente do signo do Cão no horóscopo asteca, representado como uma pessoa vestindo uma caveira com dentes salientes, ou como um esqueleto, representado simbolicamente pelos seguintes animais: aranha, coruja e morcego.

Mictecacihuatl tem o papel de zelar pelos ossos dos mortos e presidiu ao longo dos antigos festivais dos mortos, evoluindo da tradição asteca para o Dia dos Mortos moderno, após síntese com tradições culturais espanholas. Sua imagem atual mais aproximada é Imagem:La Catrina, uma representação do artista José Guadalupe Posada.

Segundo a lenda, os mortos, ao entrar no reino de Mictlan, tem sua carne lavada dos ossos por uma ventania de facas. O único alimento no Mictlan eram cobras venenosas.

Mictecacihuatl é conhecida como a Senhora dos Mortos, pois acredita-se que ela nasceu e foi sacrificada. Seu culto muitas vezes se confunde também com cultos mexicanos em honra de Santa Muerte.

Ver tambémEditar

  • Dia dos Mortos (especialmente no México, mas também em outros países da América Latina)
  • Halloween (de origem no festival pagão pré-cristianismo europeu da colheita, de fim de outono, especialmente nos países de cultura anglo-saxã; compare-se com o Dia dos Finados e Dia dos Mortos do folclore católico latinoamericano)


  Este artigo sobre mitologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.