Abrir menu principal

Miguel Ângelo Falcão de Oliveira (Almada, 4 de Janeiro de 1995)[1] é um piloto de motociclismo português que participa na categoria de MotoGP com a equipa Red Bull KTM Tech 3.[2]

Ganhou experiência em Moto3, tendo corrido na equipa da Estrella Galicia 0,0 em 2012 e na Mahindra Racing team em 2013 e 2014.[3]

Em Setembro de 2014 assinou com a Red Bull KTM Ajo chegando ao título de vice-campeão em 2015.[4][5]

Depois da passagem pela Leopard no ano de estreia em Moto2 (2016), reingressou na equipa da Red Bull KTM Ajo[6][7], a qual teve em 2017 a sua temporada de estreia na categoria intermédia, terminando a época em 3º lugar, a apenas 2 pontos do 2º classificado[8].

Ainda em 2017, Miguel Oliveira iniciou um projecto pedagógico pioneiro em Portugal – o Oliveira Cup.

Este Troféu Escola de Motociclismo, como o seu mentor, é dirigido a jovens dos 10 aos 14 anos de idade e tem como intuito encontrar o seu “sucessor”. Contou no primeiro ano com 12 pilotos e prepara-se para uma nova edição, em 2018.

Paralelamente, e com o mesmo intuito, Miguel Oliveira tem ainda um papel preponderante na preparação de jovens talentos provenientes do Oliveira Cup que se iniciam no Campeonato Nacional de Velocidade, sob a chancela da Miguel Oliveira Fan Club Racing Team[8]

No início de 2018, foi eleito Desportista do Ano, na categoria de Atleta Masculino, pela Confederação do Desporto de Portugal, assim como nomeado Embaixador Global da Integridade e Transparência no Desporto pela Sport Integrity Global Alliance (SIGA).

Durante o Grande Prémio de Jerez foi confirmado que Miguel Olivieira iria competir no MotoGP até 2020 na equipa Red Bull KTM Tech 3 com motos iguais à equipa de fábrica.

O piloto venceu, em 3 de Junho de 2018, o Grande Prémio de Itália em Moto2, sexta prova do campeonato do mundo de motociclismo de velocidade, cumprindo as 21 voltas em 39.42,018 minutos.[9]

TemporadasEditar

Temp. Cat. Moto Equipa Corridas Vitórias Pódios Poles V.Ráp. Pts Pos
2011 125cc Aprilia Andalucia Banca Civica 44 11 0 0 0 0 44 14º
2012 Moto3 Suter Honda Estrella Galicia 0,0 44 17 0 2 0 0 114
2013 Moto3 Mahindra Mahindra Racing 44 17 0 1 1 3 150
2014 Moto3 Mahindra Mahindra Racing 44 17 0 1 0 0 110 10º
2015 Moto3 KTM Red Bull KTM Ajo 44 17 6 9 1 3 254
2016 Moto2 Kalex Leopard Racing 44 14 0 0 0 0 36 21º
2017 Moto2 KTM Red Bull KTM Ajo 44 18 3 9 2 3 241
2018 Moto2 KTM Red Bull KTM Ajo 44 18 3 12 0 1 297
2019 MotoGP KTM Red Bull KTM Tech 3 88 7 0 0 0 0 12
Total 136 12 34 4 10 1258

Vida pessoalEditar

Em 2003, após a separação dos pais, Miguel ficou a viver com o pai que acabou por se juntar a outra mulher tinha Miguel 13 anos. A madrasta tinha dois filhos e em 2016, Miguel iniciou uma relação com Andreia filha da madrasta[10].

Referências

  1. «motogp.com · Miguel Oliveira». www.motogp.com (em espanhol). Consultado em 28 de fevereiro de 2017 
  2. O Jogo (19 de Novembro de 2018). «A potência, o peso e até os travões: o que Miguel Oliveira irá encontrar na MotoGP» 
  3. Group, Global Media (22 de setembro de 2016). «Miguel Oliveira tem Moto GP à vista». O Jogo 
  4. Group, Global Media (8 de novembro de 2015). «Moto3 - Miguel Oliveira vice-campeão mundial». DN 
  5. Group, Global Media (8 de novembro de 2015). «Perfil - 20 anos e vice-campeão mundial. Quem é Miguel Oliveira». DN 
  6. Group, Global Media (13 de setembro de 2016). «Motociclismo - Miguel Oliveira na equipa oficial KTM no Mundial de Moto2 de 2017». DN 
  7. Group, Global Media (20 de fevereiro de 2017). «As novas cores de Miguel Oliveira para o Moto2». JN 
  8. a b «Miguel Oliveira #44 - Official Website». www.migueloliveira44.com. Consultado em 21 de novembro de 2017 
  9. «Miguel Oliveira vence GP Itália de Moto2» 
  10. «Miguel Oliveira apaixonado pela filha da madrasta» 

Ligações externasEditar