Abrir menu principal
Miguel Oliveira
Miguel de Oliveira
Brasil

Miguel de Oliveira (São Manuel, 30 de setembro de 1947) é um treinador e pugilista brasileiro, campeão mundial pelos médios-ligeiros.

Índice

BiografiaEditar

Um dos maiores pugilistas brasileiros, Miguel possui um cartel com 50 vitórias dentre 56 lutas – sendo 25 vitórias por nocaute – bem como um empate e cinco derrotas.

Em 1970, Miguel tornou-se campeão brasileiro e dois anos depois – então já rankeado na Associação Mundial de Boxe (AMB) e no Conselho Mundial de Boxe (CMB) – venceu o 1° colocado do ranking da AMB e com isso conseguiu o direito de disputar o título mundial.

Em janeiro de 1973, Miguel disputou no Japão o título mundial de boxe. Foi derrotado, mas conseguiu revanche em fevereiro do ano seguinte, mas também foi derrotado por pontos depois de um longo combate.

Porém, em maio de 1975, no Principado de Mônaco, Miguel venceu o então campeão europeu, o espanhol José Duran e alcançou o título mundial dos médios-ligeiros do CMB.

TítulosEditar

  • Campeão brasileiro de boxe em 1970 pela AMB;
  • Campeão mundial de boxe em 7 de maio de 1975 pelo CMB.

CartelEditar

  • 56 lutas
  • 50 vitórias
  • 25 nocautes
  • 1 empate
  • 5 derrotas

Aulas de boxeEditar

Formado em educação física, hoje Miguel dá aulas de boxe recreativo na Academia Cia. Athletica - Kansas, São Paulo, Brasil. Também possui uma academia que evidentemente leva o seu nome, na sua cidade natal.

Treinador de boxeEditar

Dedicando-se às aulas de boxe, por suas mãos passaram centenas de alunos. Profissionalmente, porém, voltou a sentir o sabor de um título mundial ao fazer da sérvia radicada no Brasil, Duda Yankovich, campeã da categoria superleve (63,5k), versão Wiba, em 2006.

  Este artigo sobre um(a) boxeador(a), integrado ao Projeto Desporto, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.