Abrir menu principal
Mikkel Hansen
Hansen em 2016
Handebol
Apelido Messi do handebol[1]
Categoria Adulta
Representante Dinamarca
Nascimento 22 de outubro de 1987 (32 anos)
Helsingor, Dinamarca
Nacionalidade Dinamarquês
Compleição Peso: 93 kg Altura: 1,92
Posição Armador Esquerdo
Clube Dinamarca Virum-Sorgenfri HK (2003–2005)
Dinamarca GOG Svendborg TGI (2005–2008)
Espanha Barcelona Handball (2008–2010)
Dinamarca AG København (2010–2012)
França Paris Saint-Germain HB (2012–)
Período em atividade 2003 – presente
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Rio 2016 Equipe
Campeonato Mundial
Ouro Dinamarca e Alemanha 2019 Equipe
Prata Suécia 2011 Equipe
Prata Espanha 2013 Equipe
Campeonato Europeu
Ouro Sérvia 2012 Equipe
Prata Dinamarca 2014 Equipe

Mikkel Hansen (Helsingor, 22 de outubro de 1987) é um jogador de handebol profissional dinamarquês que atua como armador esquerdo. Atualmente defende o Paris Saint-Germain Handball.

Hansen é campeão olímpico em 2016, campeão mundial em 2019 e europeu em 2012, sendo vice em 2014. Nos mundiais de 2011 e 2013 ficou com a medalha de prata.[2]

Foi eleito o melhor jogador de handebol do mundo pela IHF em 2011, 2015 e em 2018.[3]

CarreiraEditar

ClubesEditar

Hansen começou a sua carreira na sua cidade natal Helsingor. De lá se mudou para jogar no Virum-Sorgenfri HK e no GOG Svendborg TGI, equipe no qual ele foi campeão dinamarquês em 2007. Em 2008 se transferiu para o Barcelona. No time espanhol foi bicampeão da Copa do Rei e vice-campeão do campeonato nacional. Também chegou à final da Liga dos Campeões da Europa 2009/2010 onde o time catalão perdeu para o THW Kiel da Alemanha por 36 a 34. Depois jogou no AG København onde foi bicampeão dinamarquês: em 2011 e 2012. No fim de 2012 acertou com o Paris Saint-Germain onde foi campeão nacional em 2013.[4]

SeleçãoEditar

Hansen fez sua estreia na seleção dinamarquesa em 5 de Junho de 2007, onde o seu pai Flemming Hansen também jogou. Integrou a delegação dos Jogos Olímpicos em 2008 e 2012. No Campeonato Mundial de 2011, Hansen conquistou com a seleção a medalha de prata. Com 68 gols, ele foi o artilheiro do torneio e melhor armador esquerdo da competição. Ainda em 2011 foi eleito o Melhor Jogador de Handebol.[5] Em 2012, foi campeão Europeu com a Dinamarca. Foi também o melhor armador esquerdo da competição. Nos Jogos Olímpicos de Londres jogou com a seleção dinamarquesa até as quartas de final. No Campeonato Mundial de 2013, foi vice-campeão e também foi escolhido o jogador mais valioso da competição. No Campeonato Europeu de 2014 jogando em casa, a Dinamarca perdeu para a França e ficou com a prata. Hansen foi um dos melhores da competição.[6] Em 2016, conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, derrotando a seleção bicampeã, França, na final por 28-26, sendo considerado a figura da partida com um total de 8 golos e o melhor jogador do campeonato.

Em 2019 conquistou com a seleção dinamarquesa o campeonato mundial, sendo o melhor jogador do campeonato e o artilheiro do mundial com 72 gols.

Principais ConquistasEditar

TítulosEditar

GOG Svendborg TGI
  • Campeão da Liga Nacional: 2007
Barcelona
AG København
  • Bicampeão da Liga Nacional: 2011 e 2012
Paris Saint-Germain
  • Campeão do Campeonato Francês: 2013
  • Campeão da Copa da França: 2014
  • Campeão da Supercopa da França de Handebol: 2014
Seleção Dinamarquesa
  • Campeão Mundial em 2019
  • Campeão Olímpico em 2016
  • Campeão Europeu em 2012

Prêmios IndividuaisEditar

  • Melhor jogador de handebol do mundo pela IHF: 2011, 2015 e 2018
  • Melhor jogador do Campeonato Mundial: 2013 e 2019
  • Melhor jogador das Olimpíadas: 2016
  • Melhor armador esquerdo do Campeonato Mundial: 2011
  • Melhor armador esquerdo do Campeonato Europeu: 2012, 2014 e em 2018

Referências

  1. «Craque dinamarquês marca golaço e justifica título de 'Messi do handebol'». Globoesporte.com. 21 de janeiro de 2014. Consultado em 27 de janeiro de 2014 
  2. «Espanha conquista Mundial de handebol e dinamarqueses falam em "vergonha histórica"». esporte.uol.com.br. 28 de janeiro de 2013. Consultado em 27 de janeiro de 2014 
  3. «Mikkel Hansen e Heidi Loke eleitos melhores jogadores do ano». ESPBrasil.com. 1 de março de 2012. Consultado em 15 de fevereiro de 2014 
  4. «Mikkel Hansen unterschreibt in Paris» (em alemão). handball-world.com. 20 de agosto de 2012. Consultado em 27 de janeiro de 2014 
  5. «Mikkel Hansen e Heidi Loke eleitos melhores jogadores do ano». geralforum.com. Consultado em 27 de janeiro de 2014 
  6. «França frusta Dinamarca e fatura Europeu de Handebol». mais.uol.com. 26 de janeiro de 2014. Consultado em 27 de janeiro de 2014 

Ligações externasEditar