Mildred Pierce (minissérie)

Mildred Pierce é uma minissérie estadunidense de 2011, dirigida por Todd Haynes e estrelada por Kate Winslet no papel principal, ao lado de Guy Pearce, Evan Rachel Wood e Melissa Leo. É a segunda adaptação do romance homônimo de James M. Cain, depois do filme Alma em Suplício de 1945 produzido pela Warner Bros. e estrelado por Joan Crawford.

Mildred Pierce
Estados Unidos
Direção Todd Haynes
Produção Ilene Landress
Roteiro James M. Cain
Todd Haynes
Baseado em Mildred Pierce
Elenco Brían F. O'Byrne
Dilber Yunus
Halley Feiffer
Marin Ireland
Morgan Turner
Quinn McColgan
Evan Rachel Wood
Guy Pearce
Hope Davis
James Le Gros
Kate Winslet
Mare Winningham
Melissa Leo
Miriam Shor
Sumi Jo
Gênero television series based on a novel
Música Carter Burwell
Cinematografia Edward Lachman
Companhia(s)
produtora(s)
Killer Films
Distribuição HBO, Hulu, HBO Max
Lançamento 2011, 4 de março de 2012
Prêmios recebidos Primetime Emmy Award for Outstanding Casting for a Miniseries, Movie, or a Special
Satellite Award for Best Miniseries or Television Film
Emmy do Primetime de melhor ator coadjuvante em minissérie ou telefilme
Emmy do Primetime de melhor atriz em minissérie ou telefilme
Prémio Satellite de melhor atriz em minissérie ou filme de televisão
prémio Screen Actors Guild de melhor atriz em minissérie ou telefilme

Estreou na HBO em 27 de março de 2011.

ElencoEditar

ProduçãoEditar

Partes da minissérie foram gravadas em três locais de Nova York: Peekskill, Point Lookout e Merrick.[1]

RecepçãoEditar

Mildred Pierce recebeu críticas geralmente favoráveis. No Metacritic, a minissérie tem uma pontuação média ponderada de 69 em 100, com base em 28 críticas, indicando "revisões geralmente favoráveis".[2] Em um podcast da WBEZ sobre os melhores filmes de 2011, o crítico Jonathan Rosenbaum usou a série como um exemplo de trabalho televisivo comparável aos melhores filmes do ano, chamando-o de melhor trabalho de Haynes até hoje.[3] Salon.com chamou de "uma obra-prima silenciosa e comovente",[4] enquanto Alessandra Stanley do The New York Times, comentou que, embora a minissérie fosse "inabalavelmente fiel ao romance de James M. Cain de 1941", ela não "aproveitou ao máximo o choque mítico de mãe, amante e filha ingrata", e "quase não tão satisfatório quanto o filme noir de 1945".[5]

Stephen King, escrevendo para The Daily Beast e Newsweek, elogiou a atuação de Winslet, Pearce e Wood e admirou a atenção do programa aos detalhes e estrutura,[6] mas reclamou que a adaptação de cinco horas foi "muito longa",[6] e termina com: "Mildred, de Winslet, é uma verdadeira estrela. Como Joan Crawford a teria odiado".[6]

A minissérie foi exibida fora de competição no 68º Festival Internacional de Cinema de Veneza em 2011.[7]

Prêmios e indicaçõesEditar

2012: Golden Globes

  1. Melhor Atriz em Minissérie ou Filme para TV (Kate Winslet) (venceu)
  2. Melhor Minissérie ou Filme Feito para TV (Mildred Pierce) (indicado)
  3. Melhor Atriz Coadjuvante em Série de TV, Minissérie ou Filme feito para Televisão (Evan Rachel Wood) (indicada)
  4. Melhor Ator Coadjuvante em Série de TV, Minissérie ou Filme feito para Televisão (Guy Pearce) (indicado)

2012: Screen Actors Guild Awards

  1. Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme (Kate Winslet) (venceu)
  2. Melhor Ator em Minissérie ou Telefilme (Guy Pearce) (indicado)

2011: Primetime Emmy Awards

  1. Melhor Atriz em Minissérie ou Filme para TV (Kate Winslet) (venceu)
  2. Melhor Ator Coadjuvante em Minissérie ou Telefilme (Guy Pearce) (venceu)
  3. Melhor Composição Musical para minissérie, telefilme e especial (Carter Burwell) (venceu)
  4. Melhor Elenco de Minissérie, Telefilme ou Especial (Laura Rosenthal) (venceu)
  5. Melhor Direção de Arte em Minissérie ou Filme (Mark Friedberg/Peter Rogness/Ellen Christiansen) (venceu)

2011: Satellite Awards

  1. Minissérie ou Filme Feito para TV (Mildred Pierce) (venceu)
  2. Melhor Atriz em Minissérie ou Filme para TV (Kate Winslet) (venceu)

Referências

  1. «The Show». PointHistorical.org. Consultado em 18 de fevereiro de 2020 
  2. «Mildred Pierce». Metacritic. CBS Interactive. Consultado em 18 de fevereiro de 2020 
  3. «Call-in: The best and worst of the year in global film». WBEZ91.5. WBEZ. Consultado em 18 de fevereiro de 2020 
  4. «'Mildred Pierce' is a quiet, heartbreaking masterpiece». Salon.com. Consultado em 18 de fevereiro de 2020 [ligação inativa] 
  5. Stanley, Alessandra (24 de março de 2011). «Television Review: Mildred Pierce». TV.NYTimes.com. Consultado em 18 de fevereiro de 2020 
  6. a b c «Stephen King Reviews HBO's 'Mildred Pierce'». The Daily Beast. 20 de março de 2011. p. 1. Consultado em 18 de fevereiro de 2020 
  7. http://www.heraldsun.com.au/entertainment/photos-e6frf9bo-1226126240982?page=25

Ligações externasEditar