Abrir menu principal
Vista frontal do Millennium Palace

O Millennium Palace é um edifício de apartamentos de alto luxo na cidade de Balneário Camboriú, Estado de Santa Catarina, que até maio de 2018 era o edifício mais alto do Brasil, com 177,3 metros de altura arquitetônica (que inclui elementos estruturais e decorativos, mas não mastros e antenas) e 46 andares acima do solo.[1] Localizado na Avenida Atlântica, 2670, de frente para a praia, na área central da cidade, foi inaugurado em 9 de agosto de 2014,[2] tendo quase o dobro da altura dos prédios vizinhos. Há, porém, cinco outros edifícios em construção na mesma cidade, com inaugurações previstas entre 2018 e 2022, que serão ainda mais altos quando completados: a Epic Tower (190 metros e 50 andares acima do solo),[3] o Infinity Coast (234,7 metros e 69 andares),[4] as duas torres do Yachthouse Residence Club (274 metros e 81 andares cada uma)[5][6] e a One Tower (280 metros e 70 andares).[7]

Em 2017, foi amplamente divulgado que a altura do Millennium Palace estaria para ser ultrapassada pela do edifício Órion Business & Health, em construção em Goiânia, que teria 190 metros e 50 andares, e se tornaria o edifício mais alto do Brasil.[8] Mais tarde, porém, essa informação foi posta em dúvida, pois essa altura só seria verdadeira contando-se um grande mastro com a bandeira do Brasil a ser colocado no alto do edifício.[9] Outras fontes, porém, falam em 183 metros de altura arquitetônica,[10][11] o que ainda tornaria o Órion Business & Health mais alto que o Millennium Palace. Até maio de 2018, porém, o Órion Business & Health ainda não foi inaugurado, o que faz com que o Millennium Palace, por enquanto, ainda mantenha o título. De toda forma, mesmo que confirmado, o reinado do edifício goiano será curto, pois os grandes prédios em construção em Balneário Camboriú superam sua altura.

Índice

Tempestade de janeiro de 2018Editar

Em 23 de janeiro de 2018, uma grande tempestade atingiu Balneário Camboriú, com ventos de até 90 km/h.[12] Isso causou oscilações no Millennium Palace, que chegaram a fazer as piscinas internas dos apartamentos transbordarem, o que foi mostrado num vídeo publicado no YouTube que teve grande repercussão e causou algum alarme. A construtora do edifício, porém, informou que não recebeu reclamações e que não houve danos à edificação.[12] Acrescentou ainda que o projeto do Millennium Palace foi submetido a testes em túnel de vento na Inglaterra e o edifício foi projetado para suportar ventos muito superiores à força máxima prevista de ocorrer.[12] O engenheiro Ricardo Dias, professor de Arquitetura e Urbanismo da PUC-PR, explicou que essas oscilações são normais dentro de limites especificados em normas técnicas e previstas no projeto de edifícios, sem que isso acarrete danos à estrutura, embora elementos móveis dentro da estrutura possam se movimentar.[12]

GaleriaEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Emporis - Millennium Palace» (em inglês). Consultado em 5 de maio de 2018 
  2. Cacau Menezes (3 de setembro de 2014). «Millennium Palace». ClicRBS. Consultado em 24 de fevereiro de 2015 
  3. «Emporis - Epic Tower» (em inglês). Consultado em 5 de maio de 2018 
  4. «Emporis - Infinity Coast» (em inglês). Consultado em 5 de maio de 2018 
  5. «Emporis - Yachthouse Residence Club 1» (em inglês). Consultado em 5 de maio de 2018 
  6. «Emporis - Yachthouse Residence Club 2» (em inglês). Consultado em 5 de maio de 2018 
  7. «Emporis - One Tower» (em inglês). Consultado em 5 de maio de 2018 
  8. Albuquerque, Marcelo (2 de fevereiro de 2017). «Goiânia ganha primeiro arranha-céu e passa a ter o prédio mais alto do Brasil». Curta Mais. Consultado em 5 de maio de 2018 
  9. «Chega de fake news: Orion não é o prédio mais alto do Brasil!». GBrasil. 3 de novembro de 2017. Consultado em 5 de maio de 2018 
  10. Túlio, Sílvio (12 de fevereiro de 2017). «Com 183 metros, prédio erguido em Goiânia será o 2º mais alto do Brasil». G1. Consultado em 5 de maio de 2018 
  11. «Emporis - Órion Business» (em inglês). Consultado em 5 de maio de 2018 
  12. a b c d Saraiva, Aléxia (26 de janeiro de 2018). «Temporal em Balneário Camboriú faz prédio mais alto do Brasil balançar 'como um navio'». Gazeta do Povo. Consultado em 5 de maio de 2018 
Precedido por
Mirante do Vale
Edifício mais alto do Brasil
2014 – 2018
177,3 m
Sucedido por
Complexo Orion


  Este artigo sobre arranha-céus é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.