Abrir menu principal

Mirjalol Qosimov - no cirílico uzbeque, Миржалол Қосимов (Tashkent, 17 de setembro de 1970) é um ex-futebolista e atualmente técnico de futebol uzbeque.

Mirjalol Qosimov
Миржалол Қосимов
Informações pessoais
Nome completo Mirjalol Qosimov
Data de nasc. 17 de setembro de 1970 (49 anos)
Local de nasc. Tashkent, Flag of the Soviet Union (dark version).svg União Soviética
Altura 1,74m[1]
Informações profissionais
Posição Treinador
Clubes de juventude
1987 União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Pakhtakor Tashkent
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
19881991
1988
1992
1993
19941996
19971999
1999
20002001
2002
2003
20032004
2005
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Pakhtakor Tashkent
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Dínamo Minsk
Rússia Alania Vladikavkaz
Uzbequistão Pakhtakor Tashkent
Rússia Alania Vladikavkaz
Uzbequistão Pakhtakor Tashkent
Rússia Alania Vladikavkaz
Rússia Krylya Sovetov
=Emirados Árabes Unidos Al-Shabab
Uzbequistão Pakhtakor Tashkent
Rússia Alania Vladikavkaz
Uzbequistão Mash'al Mubarek[1]
112 (12)
001 (00)
025 (03)
021 (12)
064 (25)
000 (00)
011 (02)
045 (06)
000 (00)
000 (00)
024 (03)
021 (06)
Seleção nacional
1987
19922006
Flag of the Soviet Union.svg União Soviética sub-17
Flag of Uzbekistan.svg Uzbequistão
000 (00)
065 (29)
Times/Equipas que treinou
20062007
20072008
20082010
20102014
20122015
Flag of Uzbekistan.svg Uzbequistão
Uzbequistão Bunyodkor
Flag of Uzbekistan.svg Uzbequistão
Uzbequistão Bunyodkor
Flag of Uzbekistan.svg Uzbequistão
Última atualização: quarta-feira, 18 de setembro de 2019

CarreiraEditar

Iniciou a carreira em 1987, nos juvenis do Paxtakor Tashkent, o maior time da então RSS do Uzbequistão. No mesmo ano, integrou a Seleção Soviética sub-17 que foi campeã mundial na categoria. No ano seguinte, em que foi campeão europeu júnior com a URSS, foi ao Dínamo Minsk, mas não se firmou, logo voltando ao Paxtakor. Enquanto cidadão soviético, teve seu nome russificado para Mirdzhalol Kushakovich Kasymov (Мирджалол Кушакович Касымов, em russo).

Após a queda da União Soviética, foi para o Spartak Vladikavkaz. Na primeira temporada veio o surpreendente vice-campeonato na recém-criada Liga Russa. Após uma breve passagem no Paxtakor em 1993, voltou ao clube da Ossétia do Norte, participando da campanha que culminou no título em 1995, e vice no ano seguinte - por algum tempo, a equipe (então Spartak-Alania Vladikavkaz) foi, ao lado do bicho-papão Spartak Moscou, a única campeã russa, e depois o único campeão fora da capital.

Paralelamente, se integrava à Seleção Uzbeque, jogando as Copas da Ásia de 2000 e 2004. Com 65 jogos e 29 gols pelo Uzbequistão, é o maior artilheiro (ao lado de Maksim Shatskix e quem mais jogou pelo país. Encerrou seu ciclo na seleção após a queda nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2006

Qosimov continuou seguindo a rota Paxtakor-Alania até encerrar a carreira, em 2005, tendo jogado também por Krylya Sovetov Samara e Al-Shabab, dos Emirados Árabes. Primeiro técnico do Bunyodkor quando o time adotou tal nome (deixando de chamar-se Quruvchi), Qosimov deixou o comando da equipe para treinar a Seleção Uzbeque, sendo substituído por ninguém menos que Zico no clube, mas em 2010 retornou ao Bunyodkor para o lugar do pentcampeão em 2002 com a seleção brasileira Luiz Felipe Scolari.

Referências

  1. a b PlayerHistory.com. «Mirjalol Qosimov» (em inglês). Consultado em 8 de dezembro de 2008 

Ligações externasEditar