Mitsubishi G4M

O Mitsubishi G4M, apelidado pelos aliados de "Betty", foi um avião de guerra japonês da Segunda Grande Guerra. O Mitsubishi G4M era um bombardeiro naval baseado em terra, era muito leve, tinha pouca blindagem e levava muito combustível para aumentar seu alcance de voo. Por essas razões o "Betty" era um alvo fácil, pois com apenas poucos tiros o "Betty" explodia, vindo daí o apelido "isqueiro voador" ("the flying lighter" e outros como: "the one-shot lighter", "the flying Zippo", "the flying cigar").

G4M
"Betty"
Mitsubishi G4M1 do Kokutai 801
Descrição
Tipo / Missão Bombardeiro médio
País de origem  Japão
Fabricante Mitsubishi Heavy Industries
Quantidade produzida 2435
Primeiro voo em 1940 (82 anos)
Introduzido em junho de 1941
Aposentado em 1945
Variantes 21 variantes
Tripulação 7 (G4M1, Model 11)
Especificações (Modelo: G4M1, Model 11)
Dimensões
Comprimento 19,97 m (65,5 ft)
Envergadura 24,89 m (81,7 ft)
Altura 4,9 m (16,1 ft)
Área das asas 78,13  (841 ft²)
Alongamento 7.9
Peso(s)
Peso vazio 6 741 kg (14 900 lb)
Peso carregado 9 500 kg (20 900 lb)
Peso máx. de decolagem 12 860 kg (28 400 lb)
Propulsão
Motor(es) 2 x motores radiais a pistão Mitsubishi MK4A-11 "Kasei" de quatorze cilindros
Potência (por motor) 1 530 hp (1 140 kW)
Performance
Velocidade máxima 428 km/h (231 kn)
Velocidade de cruzeiro 315 km/h (170 kn)
Alcance bélico 2 852 km (1 770 mi)
Alcance (MTOW) 5 040 km (3 130 mi)
Teto máximo 8 500 m (27 900 ft)
Razão de subida 8,83 m/s
Armamentos
Metralhadoras / Canhões 1 x canhão Tipo 99 de 20 mm (0,787 in)
4 x metralhadoras Tipo 92 de 7,7 mm (0,303 in)
Bombas 1 x torpedo Tipo 91 Kai-3 de 830 kg (1 830 lb) ou
1 x bomba de 800 kg (1 760 lb) ou
4 x bombas de 250 kg (551 lb)
Notas
Dados de: Airreview's Japanese Navy Aircraft in the Pacific War[nota 1]

HistóricoEditar

Apesar de tudo, oMitsubishi G4M foi o avião japonês de seu tipo mais produzido durante a guerra, atuou em toda a região do Pacífico e participou do afundamento dos navios britânicos HMS Repulse e HMS Prince of Wales. O "Betty" também transportou o almirante Isoroku Yamamoto (Yamamoto voou no "Betty" indo em direção a uma armadilha dos aliados, o avião foi abatido e Yamamoto morreu). O "Betty" também transportou a comitiva que assinaria a rendição do Japão.

No final de sua carreira o "Betty" foi utilizado para transportar a aeronave kamikaze Ohka.[1]

VariantesEditar

A primeira produção do G4M foi concluída em abril de 1941 e não foi descontinuada até o final da guerra.[2]

  • G4M1 Modelo 11: 1172 exemplares (incluindo protótipos)
  • G4M2 modelos 22, 22 Ko e 22 Otsu: 429 exemplares
  • G4M2a, modelos 24, 24 Ko, 24 Otsu, 24 Hei e 24 Tei: 713 exemplares
  • G4M3 modelos 34 Ko, 34 Otsu e 34 Hei: 91 exemplares
  • G6M1: 30 exemplares
  • Produção total de todas as versões: 2.435 exemplares

Ver tambémEditar

Notas

  1. Aoki 1972, pp. 128–136.

Referências

  1. «The Mitsubishi G3M & G4M». airvectors.net (em inglês). greg goebel. Consultado em 15 de janeiro de 2022 
  2. «Mitsubishi G4M3 Model 34 BETTY». Smithsonian Institution (em inglês). Smithsonian Institution. Consultado em 15 de janeiro de 2022 

BibliografiaEditar

  • Aoki, Hideo. "Kugisho Suicide Attacker "Oka" (MXY7) Baka." Airreview's Japanese Navy Aircraft in the Pacific War. Tokyo: Kantosha Co. Ltd., 1972.

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Mitsubishi G4M
  Este artigo sobre uma aeronave é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.