Abrir menu principal

O modelo norueguês de ciclones é um dos mais antigos modelos de previsão de ciclones extratropicais. O modelo norueguês de ciclones foi desenvolvido pela Escola de meteorologia de Bergen durante e pouco depois da Primeira Guerra Mundial. Nesta teoria, ciclones extratropicais se desenvolvem assim que se deslocam acima e ao longo de um limite frontal, ocludindo-se e alcançando um ambiente barotropicamente frio.[1] O modelo foi desenvolvido completamente de observações meteorológicas de superfície, incluindo a descrição das nuvens perto do limite frontal. O conceito de esteira rolante quente, em meteorologia, que transporta calor e ar úmido logo a frente da frente fria acima da frente quente de superfície, foi desenvolvido a partir deste modelo de ciclones.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Johnson, Shaye. «The Norwegian Cyclone Model» (PDF). Consultado em 11 de Outubro de 2006. Arquivado do original (PDF) em 25 de fevereiro de 2009 
  Este artigo sobre Meteorologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.