Abrir menu principal

Mona Vanderwaal

Personagem de Pretty Little Liars
Mona Vanderwaal
Personagem fictícia de Pretty Little Liars
Mona Vanderwaal.jpg
Dados de produção
Primeira aparição Livros:
Maldosas
Série de TV:
"Piloto"
Última aparição Livros:
Inacreditáveis
Criador(es) Sara Shepard
Intérprete Janel Parrish
Características
Nascimento 18 de fevereiro de 1994
Apelido(s) Mona Perdedora
Mona Louca
Mona 2.0
Alison DiLaurentis
Pseudônimo(s) "A"
Ali Dee
Gênero Feminino
Ocupação(ões) Estudante (previamente)
A (previamente)
Residência(s) Rosewood, Pensilvânia
Relacionamentos
Família Leona Vanderwaal (mãe)
Romance(s) Mike Montgomery
Noel Kahn
Caleb Rivers

Mona Louisa Vanderwaal é uma personagem fictícia da série de livros Pretty Little Liars. Ela é interpretada por Janel Parrish na adaptação para televisão da ABC Family. Mona Vanderwall foi revelada como Original -A no episódio 2x25 UnmAsked e foi a responsável por todos os atos de -A na 1 e 2 temporada da série (exceto na massagem de Emily, que foi feita por Lucas as ordens de MonA)

InterpretaçãoEditar

A plataforma The Hollywood Reporter observou que Torrey DeVitto e Sasha Pieterse atuariam em papéis recorrentes no episódio piloto da série de TV Pretty Little Liars. O site Alloy Entertainment confirmou mais tarde que Pieterse estaria interpretando Alison DiLaurentis e DeVitto seria Melissa Hastings, além de mencionar que Janel Parrish seria Mona Vanderwaal.[1] Em março de 2012, Janel Parrish foi promovida de personagem recorrente para regular para a terceira temporada.[2]

CaracterizaçãoEditar

Mona foi introduzida como a ex-garota impopular em Rosewood que ansiava para ser aceita no grupo de Alison DiLaurentis e foi continuamente ridicularizada por Alison.[3] Lá no fundo, Mona nunca esqueceu o jeito que Alison tinha tratado-a anteriormente, como uma perdedora e idiota. Depois do desaparecimento de Alison, Mona fez amizade com Hanna Marin e elas foram submetidos a uma "extrema reforma" juntas; como resultado, ambas se tornaram populares estudantes, e Mona, ironicamente, começa a agir como Alison adotando sua personalidade, bem como ridicularizando pessoas que a própria Alison já havia intimidado.

Mona é uma pessoa muito autoconsciente. Devido ao assédio moral e rejeição que ela enfrentou quando Alison estava por perto, Mona desenvolveu um complexo em que ela não está feliz com sua vida. Embora ela não mostre esse lado dela em público, Mona sentiu necessidade de permanecer popular, bonita e melhor juntamente de Hanna. É também por isso que ela começou a atormentar as meninas como "A", porque tinha medo de que as meninas roubassem Hanna dela, que era sua única amiga. Ela e Hanna se tornaram melhores amigas quando a multidão de Alison foi dissolvida. Mona percebeu que Hanna não iria desistir da chance de se tornar popular. Sua amizade permaneceu forte até o sempre tão infame "A" começar a torturar as meninas, forçando Hanna a aproximar-se de suas "antigas amigas". As meninas, exceto Hanna, não se importavam muito com Mona, uma fonte de conflito em certos episódios, mas isso acaba sendo muito mais grave do que um simples aborrecimento quando é revelado que esta é a razão pela qual ela se tornou "A" na 1° e 2° temporadas da série.

Mona também pode falar francês, invadir computadores, e fazer impressões de voz. Mona revelou ser "A" no final da segunda temporada. Ela se considera um gênio, mas também tem um transtorno de personalidade limítrofe, de acordo com o seu médico. Resumindo, a Mona é a melhor vilã/boa de todos os tempos.

Rivalidades e amizadesEditar

Mona é mais conhecida por sua rivalidade com Alison, ela originalmente desejava ser aceita no grupo de Alison e foi continuamente ridicularizada por ela. Mona foi revelada estar por trás do desaparecimento de Alison em "A de Afinal", quando ela disse pra ela que devia sumir, e deixar "A" pensar que ela estava morta, mas na verdade ela era "A" na época, e usou isso pra se livrar dela. Sua rivalidade continua, quando Mona forma um exército que consiste em Lucas Gottesman, Melissa Hastings, Jenna Marshall, Sydney Driscoll, as gêmeas Cindy e Mindy, e várias outras pessoas maltratadas por Alison. Quando Alison retorna à escola, Mona encena uma corrida com Alison para provar que ela não mudou, o que sucede quando Alison ameaça torná-la a "Mona perdedora" novamente.

Em meio a suas rivalidades com as meninas e Caleb, Mona era realmente amiga de Hanna Marin. No início da segunda temporada, Hanna descobre que Mona destruiu a carta que Caleb escreveu para ela e, como resultado para de falar com ela. Mais tarde, elas se reconciliam e decidem não deliberar sobre suas vidas românticas uma com a outra. Ela passa o resto da temporada tentando manter sua amizade com Hanna. Mona tinha afirmado que Hanna era a seu única amiga. Ao longo da terceira temporada, Mona estava no Sanatório Radley, onde ela recebeu visitas de Hanna, que estava tentando entrar em acordo com as ações de Mona. Ela permanece em um estado catatônico durante os primeiros episódios, mas lentamente se torna mais ágil e ativa, o que tem sido atribuído a visitas de Hanna e, tenta ajudar Hanna, dando-lhe um código. Ela tenta provar a sua lealdade à Hanna quando ela decide mentir para a polícia, dizendo que ela matou o detetive Wilden depois que ela foi originalmente recrutada por Hanna para ajudá-la a mentir para a polícia.

Mona torna-se um pouco amiga de Emily Fields quando Emily a confronta sobre ter ouvido uma conversa com o diretor, assim como se desculpando por ter sido uma espectadora durante as agressões verbais de Alison. Mona diz a ela sobre os subornos que Tamborelli aceitava para permitir que outro jogador voltasse para as equipes de esportes da escola. Mais tarde, ela ajuda a Emily a voltar à equipe de natação por encontrar provas dos subornos que ele aceitou.

RomancesEditar

Mona foi originalmente romanticamente ligada a Noel Khan. No entanto, quando Mona depois tenta confiar em Hanna sobre Noel, mas ela não presta atenção levando-a a terminar com Noel, deixando-a com o coração partido e na necessidade de conforto, que ela recusa a princípio de Hanna.

Mais recentemente, Mona foi romanticamente ligada com o irmão de Aria, Mike Montgomery. Seu relacionamento tem sido elogiado por Jessica Goldstein de Vulture. Mona rompe-se com Mike em "Me dê Cobertura" após os acontecimentos de "Queda Livre", depois de ser envolvida em um plano de apoio de Ezra quando ele exige que ela abandone Mike em nome da "proteção" — já que Ezra está ficando sem opções e usa seu passado contra ela. Mona e Mike retomam seu relacionamento no episódio da quinta temporada "Ninguém Aqui Me Ama ou Me Entende", quando eles são vistos por Aria em sua casa.

Referências

  1. «Pretty Little Liars on TV!». Alloy Entertainment (em inglês). 28 de janeiro de 2010. Consultado em 5 de novembro de 2015 
  2. Ng, Philiana (19 de março de 2012). «'Pretty Little Liars': Janel Parrish Upped to Series Regular for Season 3». The Hollywood Reporter (em inglês). Prometheus Global Media. Consultado em 5 novembro de 2015 
  3. «Pretty Little Liars - Pilot» (em inglês). ABC Family. Consultado em 5 de novembro de 2015 

Links externosEditar