Monumento Natural Bosques Petrificados

O Monumento Natural Bosques Petrificados, localizado na província de Santa Cruz, foi criado, em 1954, pelo Estado argentino com o fim de preservar bosques patagônicos que passam por processo de petrificação.

FloraEditar

A flora é rala, capacitada para viver em condições ambientais rigorosas. Vegetais de muitas variações adotam formas compactas e semicirculares, formas típicas da estepe patagônica. Com este aspecto é fácil observar na zona desde cactáceas de grandes flores alaranjadas, além de vários tipos de margaridas nas cores amarela e branca-rosada. Também crescem arbustos, alguns com frutos comestíveis.

FaunaEditar

A fauna é abundante devido a permanente vigilância dos guardas. Protegida de possíveis agressões, a fauna adotou condutas não evasivas; deixam-se apreciar com facilidade nas imediações das araucárias petrificadas. Pode-se observar pequenas manadas de guanacos conformados por um macho com harém de fêmeas e suas crias, assim como alguns lobos cinzas. Há muitas aves e lagartixas.

  Este artigo sobre um parque é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.



Parques nacionais da Argentina  
Baritú | Calilegua | Campo de los Alisos | Los Cardones | Chaco | Copo | El Leoncito | El Palmar | El Rey | Iguazú | Lago Puelo | Laguna Blanca | Lanín | Lihué Calel | Los Alerces | Los Arrayanes | Los Glaciares | Mburucuyá | Monte León | Nahuel Huapi | Predelta | Perito Moreno | Quebrada del Condorito | Río Pilcomayo | San Guillermo | Sierra de las Quijadas | Talampaya | Tierra del Fuego
Monumentos naturais: Baleia-franca-austral | Bosques Petrificados | Huemul | Laguna de Pozuelos | Taruca | Yaguareté
Reservas naturais estritas: Colonia Benítez | Formosa | Otamendi | San Antonio