Abrir menu principal

Morioka (盛岡市 Morioka-shi) é uma cidade japonesa, capital da província de Iwate.

Em 2003 a cidade tinha uma população estimada em 287.672 habitantes e uma densidade populacional de 588,11 hab./km². Tem uma área total de 489,15 km².

Japão Morioka

盛岡市

 
Morioka e Monte Iwate
Morioka e Monte Iwate
Bandeira de Morioka
Bandeira
Brasão de armas de Morioka
Brasão de armas
Localização de Morioka
País  Japão
Área
- Total 886 47 km²
População (1 de setembro de 2015)
 - Total 299,169
    • Densidade 337 hab./km²

Recebeu o estatuto de cidade em 1 de Abril de 1889.

Morioka está localizado em: Japão
Morioka
Localização de Morioka no Japão

Índice

HistóriaEditar

A área da cidade de Morioka de hoje tem sido habitada desde o período Paleolítico japonês. Foram encontrados vários resquícios e tumbas dos períodos Jomon, Yayoi e Kofun. Os Emishi habitaram a área no período Heian. Durante a era Enryaku do período Heian, Sakanoue no Tamuramaro, foi mandado ao norte, ao Castelo Shiwa em 803 DC, como centro militar para expandir a dominação da dinastia Yamato na província de Mutsu. A área foi depois dominada pelo clã Abe até a sua destruição durante a Primeira Guerra dos Nove Anos (Guerra Zenkunen) pelos clãs Minamoto e Kiyohara. Os Kiyohara por sua vez foram derrotados na Guerra Gosannen e a área ficou sob o controle do clã Ōshū Fujiwara com sua base em Hiraizumi, ao sul de Morioka. Depois o clã Ōshū Fujiwara foi destruído por Minamoto no Yoritomo no começo do período Kamakura, o território foi disputado por muitos clãs samurais até o clã Nanbu, de Sannohe, ao norte, expandir seu território durante o período Sengoku e construir o Castelo Kozukata em 1592.

Seguindo a Batalha de Sekigahara e o reconhecimento formal do Domínio de Morioka pelo xogunato Tokugawa, o Castelo Kozukata foi renomeado Castelo Morioka. Seu nome foi trocado de 森岡 para 盛岡 (ambos lidos "Morioka").[1] Durante a Guerra Boshin da restauração Meiji, o domínio de Morioka foi um membro chave do Ōuetsu Reppan Dōmei pró-Tokugawa. Depois do começo do período Meiji, o antigo Domínio de Morioka tornou-se a prefeitura de Morioka em 1870, e parte da prefeitura de Iwate a partir de 1872. Com a adoção do sistema de municipalidade em 1889, a cidade de Morioka foi estabelecida e feita a capital de Iwate. A cidade passou a ser conectada por trem a Tóquio em 1890, e saiu da Segunda Guerra Mundial com muito poucos danos, tendo sido atingida por somente dois aviões de pequeno porte.

Em 10 de janeiro de 2006, a vila de Tamayama (do Distrito de Iwate) foi agregada a Morioka. Morioka foi proclamada uma cidade central em 2008, com maior autonomia local.

Durante o terremoto de Tōhoku de 2011, Morioka foi atingida por um terremoto de 6,1 graus, e por várias réplicas, mas com poucos danos além de extensivos cortes de energia.

GeografiaEditar

Morioka está localizada na Bacia Kitakami no centro da Prefeitura de Iwate, à confluência de três rios, o Kitakami, o Shizukuishi e o Nakatsu. O Rio Kitakami é o segundo mais extenso no lado do Pacífico do Japão (depois do Rio Kuso) e o mais extenso na região de Tohoku. Corre pela cidade de norte a sul e tem algumas barragens dentro dos limites da cidade, incluindo as barragens Shijushida e Gando. Um vulcão ativo, Monte Iwate, domina a vista ao nordeste da cidade. O Monte Himekami está ao note e o Monte Hayachine pode às vezes ser visto ao sudeste.

Montes de MoriokaEditar

Lista de montes de Morioka:

Rios de MoriokaEditar

Lista de rios de Morioka:

Lagos e lagoas de MoriokaEditar

Lista de lagos e lagoas de Morioka:

Cidades vizinhasEditar

ClimaEditar

Morioka tem um clima de transição entre o clima subtropical e continental. É úmido, chuvoso e de neve, também uma característica normal para a área: segundo a classificação climática de Köppen com uma média de 23,4 °C em agosto, e de -1,9 °C em janeiro, cai na classificação subtropical, pelos invernos serem mais suaves que o padrão de -3 °C para o clima continental. As diferenças de temperatura ainda assim estão muito associadas ao clima continental moderado.

Dados climatológicos para Morioka, Iwate (1981-2010)
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima média (°C) 1,8 2,9 7,0 14,4 19,7 23,5 26,4 28,3 23,6 17,6 10,6 4,6 15,03
Temperatura média (°C) -1,9 -1,2 2,2 8,6 14,0 18,3 21,8 23,4 18,7 12,1 5,9 1,0 10,24
Temperatura mínima média (°C) -5,6 -5,2 -2,2 3,0 8,5 13,8 18,1 19,6 14,6 7,3 1,5 -2,4 5,92
Precipitação (mm) 53,1 48,7 80,5 87,5 102,7 110,1 185,5 183,8 160,3 93,0 90,2 70,8 1 266,2
Umidade relativa (%) 73 70 67 65 69 75 80 79 80 77 75 74 69
Horas de sol 116,9 127,5 160,4 173,7 185,4 154,7 128,5 149,1 123,7 145,8 116,9 101,6 1 684,2
Fonte: [2] 10-1-2016

Atrações locaisEditar

EsportesEditar

Templos e santuáriosEditar

 
Festival Sansa Odori em Morioka
  • O Hoon-ji é um templo budista Sōtō Zen que foi originalmente construído em Sannohe pelo 13º lorde do clã Nanbu, Nanbu Moriyuki, em 1394, e trazido a Morioka pelo 27º lorde, Nanbu Toshinao. Ele foi considerado o templo principal entre os 280 operados pelo clã Nanbu. Uma característica notável é o Rakan-dō, construído em 1735 e reconstruído em 1858. Sua estátua central Rushana butsu é relatada como feita por Kōbō-daishi. No Rakan-dō há estátuas dos 500 Rakan, que foram feiras em Quioto e depois trazidas a Morioka. Incluídas estão representações de Kublai Khan e Marco Polo. É também um templo Zen ativo para treinamento de monges.[5]
  • Mitsuishi (literalmente, "três pedras") é um santuário xintoísta que tem três grandes pedras no chão com manilhas ao redor delas para representar a história "Oni no tegata", que é uma lenda que explica o surgimento do nome da Prefeitura de Iwate. De acordo com a lenda, houve um dia um Oni ou demônio que sempre atormentava e agredia as pessoas locais. Quando o povo orou ao espírito de Mitsuishi para pedir proteção, o demônio imediatamente ficou preso nas pedras e fez a promessa de nunca mais perturbar as pessoas de novo. Como um sinal de promessa, o demônio deixou uma marca da sua mão em uma dessas pedras, assim começando o nome "Iwate", literalmente significando "rocha mão".[6]

CulináriaEditar

Morioka atrai turistas com lámens locais como jajamen, reimen, e wanko soba. A fabricação de cerveja também uma indústria que prospera na cidade. Nanbu Senbei, um tipo de biscoito de arroz local, é considerado uma especialidade local.

EducaçãoEditar

MídiaEditar

Cidade-irmãEditar

GaleriaEditar

Ligações externasEditar

ReferênciasEditar