Abrir menu principal
Mork
Informação geral
Origem Brasília, DF
País  Brasil
Gênero(s) Symphonic Black Metal
Período em atividade desde 2006 até 2015
Gravadora(s) Independent
Integrantes Samuel Borges
Rafael
Pedro
Leonardo
Guilherme
Gabriel
Página oficial MySpace oficial

Mork foi uma banda de Black metal sinfônico formada em 2006 em Brasília.[1][2][3][4]

HistóriaEditar

Realmente, para o Mork o título de Dimmu Borgir brasileiro não é em vão. Com o debut EP dos brasilienses, Preposterous, é uma das melhores obras de Black Metal Sinfônico já feitas no Brasil.

Todos os elementos “básicos” do estilo estão presentes no lançamento. Os riffs cortantes de guitarra, o vocal brutal e a forte bateria ficam aqui mais nítidos graças à boa qualidade de gravação do álbum.

Destaque para o vocalista Samuel Borges, que além de cantar, toca baixo e programa os sintetizadores. Estes - ainda bem, não são exagerados, e realmente somam de maneira positiva o todo deste EP.[5][6]

As seis composições são bem bacanas e sem dúvidas “The Misanthropic” e “Heretic Doctrine”, aparecem como as melhores. Vale acrescentar que agora o Mork é um sexteto, completado por Leonardo (sintetizadores) e Guilherme (Baixo).

Não poderia haver uma estreia melhor para o grupo. Mesmo com apenas três anos de existência, a banda já mostra profissionalismo e um direcionamento musical bem lapidado.

IntegrantesEditar

  • Samuel Borges — vocal
  • Rafael — guitarra
  • Pedro — guitarra, vocal de apoio
  • Leonardo — sintetizador
  • Guilherme — Bbaixo
  • Gabriel — bateria

DiscografiaEditar

Referências

  1. Mork Apresentação no Porão do Rock
  2. Novo Metal Entrevista da banda
  3. MetalMedia Administração
  4. «Mork - Fotos da Linha do Tempo | Facebook». www.facebook.com. Consultado em 30 de janeiro de 2016 
  5. Metal Extremo Resenha do álbum
  6. Metal Clube Outra resenha

Ligações externasEditar