Abrir menu principal

Motion Picture Association of America

Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Motion Picture Association of America ou MPAA é uma entidade sem fins lucrativos com sede nos Estados Unidos formada para defender os interesses dos maiores estúdios produtores de filmes daquele país. Entre os membros estão a Buena Vista Pictures cuja dona é a Walt Disney, a Sony Pictures, a Paramount Pictures, a Viacom, a 20th Century Fox da News Corporation, a Universal Studios da NBC Universal e a Warner Bros. cuja dona é o grupo Time Warner.

Entre as responsabilidades da MPAA está a gerência do controverso sistema de classificação de filmes por faixa etária, as classificações são: G (General Audiences (para Todos), PG (Parental Guidance (Orientação Paterna), PG-13 (Parental Guidance for under 13 (Orientação Paterna para menores de 13 anos), R (Restricted (Restrito) e NC-17 (No One 17 and Under Admitted (Ninguém de 17 anos ou Menos é Admitido). Este sistema é muito criticado tanto pelos mais conservadores que o consideram muito complacente quanto pelos mais liberais que o consideram um meio de censura ou uma restrição à liberdade de expressão. Muitos produtores tentam driblar fazendo edições que agradem os avaliadores para conseguir uma classificação que atinja um público maior. Críticos apontam que a classificação é permissiva demais com a violência e pouco com o sexo.

Outra responsabilidade é defender os interesses dos estúdios em assuntos como direitos autorais e pirataria. A MPAA promoveu diversas ações para coibir a distribuição de filmes através de redes de compartilhamento como o BitTorrent além de tentar identificar os disseminadores de cópias ilegais através destas. Por várias vezes a entidade se envolveu em casos polêmicos em que ela própria estava desrespeitando direitos autorais.

Por reunir todos os grandes estúdios, é de certa forma criticado principalmente pelos produtores independentes por promover uma certa forma de monopólio no setor, dando benefícios para que seus membros tenham facilidades no sistema de classificação.

Ver tambémEditar

DJCTQ

Orientação Parental de TV

  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.