Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Movimento de resistência é o conjunto de iniciativas levado a cabo por um grupo de pessoas que defendem uma causa normalmente política, na luta contra um invasor em um país ocupado.

O termo pode também se referir a qualquer esforço organizado por defensores de um ideal comum contra uma autoridade constituída. Assim, movimentos de resistência podem incluir qualquer milícia armada que luta contra uma autoridade, governo ou administração estabelecida ou imposta.

O oposto da resistência, isto é, a colaboração com o invasor, é chamado de colaboracionismo.

ExemplosEditar

Pré-século XXEditar

Segunda Guerra Mundial (antinazismo, antifascismo)Editar

 Ver artigos principais: Antifascismo e Resistência alemã
     
Bandeira do grupo antifascista
italiano Arditi del Popolo.
Insígnia da 1ª divisão
de infantaria da França Livre
com a Cruz de Lorena,
símbolo da resistência francesa.
Selo postal homenageando o grupo da
resistência alemã Orquestra vermelha.

ContemporâneosEditar

 Ver artigo principal: Dissidência

Ver tambémEditar

Referências

  1. COOPER, Frederick. Conflito e conexão: repensando a história colonial da África. Anos 90, Porto Alegre: UFRGS, v. 15, n. 27, p. 21-73, jul. 2008. Data de entrega do fichamento acadêmico.
  2. A ascensão das torcidas antifascistas no futebol
  Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.